Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA GABRIELA SANTOS OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA GABRIELA SANTOS OLIVEIRA
DATA: 28/01/2016
HORA: 10:30
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E SOCIOECONÔMICA DO AÇUDE DA MARCELA EM ITABAIANA-SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: Açude, Indicadores Ambientais, MESMIS.
PÁGINAS: 36
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Atualmente diversas crises ambientais vêm assolando o mundo, consequência do formato como foi consolidado o desenvolvimento econômico ao longo dos anos e do crescimento da urbanização sem ordenamento nem planejamento ou de suas práticas agrícolas no campo, no momento em que o homem começa a apossar-se dos recursos naturais, como se estes existissem em função única e exclusivamente de seus interesses. Os meios naturais mais atingidos nesta crise ambiental são: a atmosfera, os recursos hídricos e o solo. O Açude da Macela, região de estudo do presente trabalho, é fator chave da produção olerícola da região agreste de Sergipe, sendo de grande relevância para a população local, contribuindo para o desenvolvimento de pessoas físicas e empresas e fortalecendo ainda a economia e desenvolvimento do Estado. Porém, a área em estudo apresenta-se como uma região que sofre fortes impactos antrópicos, oriundos das atividades agrícolas desenvolvidas no entorno, das atividades industriais, do crescimento da população na região e dos efluentes domésticos lançados da cidade de Itabaiana. Diante destes problemas o objetivo do presente trabalho é avaliar a sustentabilidade ambiental e socioeconômica do açude da Marcela em Itabaiana, por meio da ferramenta de análise de sustentabilidade ambiental MESMIS “Marco para Evaluación de Sistemas de Manejo de Recursos Naturales Incorporando Indicadores de Sustentabilidad”, através da determinação dos pontos críticos e mensuração de indicadores ambientais e socioeconômicos num processo participativo e interdisciplinar. No término do projeto espera-se que este possa contribuir cientificamente para pesquisas futuras no que se reporta às escolhas de indicadores e por conter informações atualizadas sobre a situação do açude, sirva de instrumento para tomada de decisões junto a órgãos municipal e estadual no que concerne a escolhas de medidas para mitigação de impactos ocorridos no Marcela.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Interno - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Interno - 2273536 - LAURA JANE GOMES
Externo ao Programa - 1641977 - MARCIO ANDREI GUIMARAES
Notícia cadastrada em: 08/01/2016 17:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata2.fragata2 v3.5.16 -r13123-abfc75de94