Notícias

Banca de DEFESA: ÁUREA JACIANE ARAUJO SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ÁUREA JACIANE ARAUJO SANTOS
DATA: 25/02/2015
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de videoconferencias, proximo ao CPD
TÍTULO: A influência das questões socioambientais referentes ao patrimônio histórico cultural de laranjeiras/Se na legislação urbana do município
PALAVRAS-CHAVES: Patrimônio cultural; conservação; legislação urbanística e ambiental.
PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Esta pesquisa tem como objetivo principal analisar o processo de desenvolvimento urbano do município de Laranjeiras/SE e de que forma a legislação urbanística e ambiental municipal contempla o seu patrimônio material e imaterial no que concerne às questões socioambientais. Pretende-se verificar, se o Direito à cidade (LEFEBVRE, 2008) é respeitado, de modo a auxiliar na compreensão das questões relativas à valorização do patrimônio material e imaterial para uma melhor sociabilidade verificando qual a importância desse patrimônio para a população de Laranjeiras. Visa-se ainda, compreender nesse contexto, as implicações ético-políticas de uma gestão sustentável das cidades. Esta pesquisa se utiliza do método dialético, considerando a necessidade de abordar os fatos dentro do contexto político, social e econômico, de modo a favorecer uma interpretação dinâmica e totalizante da realidade (PEREIRA, 2010). Para alcançar o objetivo, foi feito um levantamento bibliográfico e documental, além da realização de entrevistas com diversos segmentos no âmbito municipal, estadual e federal. Além disso, foram feitas diversas visitas in loco visando conhecer a realidade social do lugar. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva tendo em vista a problemática apresentada. Após a análise dos dados, é possível concluir que os laços de identidade sem dúvida são a base para a ampliação da visão da importância do patrimônio cultural e é fator determinante para a perpetuação da cultura local como um bem a ser preservado de modo que as futuras gerações possam conhecê-la. O que se espera é que os resultados desta pesquisa contribuam para uma forma abrangente de se pensar a comunidade de Laranjeiras, de modo que possa se diminuir os contrastes sociais bem como estreitar os laços entre o povo e seu lugar.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1698693 - EVALDO BECKER
Interno - 426603 - ANTONIO CARLOS DOS SANTOS
Externo ao Programa - 1795083 - CONSTANCA TEREZINHA MARCONDES CESAR
Notícia cadastrada em: 05/02/2015 14:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r13123-abfc75de94