Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VÍVIAN LIBÓRIO DE ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VÍVIAN LIBÓRIO DE ALMEIDA
DATA: 31/01/2014
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA UFS
TÍTULO: A POLÍTICA AMBIENTAL E OS MOVIMENTOS SOCIAIS: A PERSPECTIVA DOS AGRICULTORES ECOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE TANCREDO NEVES/BA
PALAVRAS-CHAVES: Agroecologia; Agricultura Familiar; Novas Ruralidades; Desenvolvimento Sustentável
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
SUBÁREA: Sociologia Rural
RESUMO:

O Ambiente Rural depende do resultado da natureza e seus problemas interferem diretamente no desempenho de suas atividades produtivas, os sujeitos envolvidos na promoção do desenvolvimento local têm que estar atentos e atuantes na busca por amenizar impactos resultantes da ação indiscriminada e descontrolada do homem. A relação historicamente constituída entre o homem e o meio ambiente, onde o meio ambiente é pensado dissociadamente dos aspectos produtivos, tem resultado em aspectos negativos no que concernem aos impactos ambientais, principalmente para a Agricultura Familiar, esse fato foi bastante estimulado pela assistência técnica realizada pelo setor público. Esse estudo se dará a partir das ações da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar no Estado da Bahia (FETRAF-BA) que desde 2004, acompanha, forma, e articula Políticas Públicas para agricultores/as familiares com o objetivo de fortalecer e consolidar a Agricultura Familiar a partir do acesso às Políticas Públicas. Dessa forma essa proposta tem o objetivo geral de analisar o papel dos movimentos sociais do campo, a partir das ações da FETRAF – BA, no que concernem as práticas formativas para o enfrentamento das problemáticas ambientais a partir da percepção dos agricultores de base ecológica. A busca pela análise da interlocução das ações entre os Movimentos Sociais e as Políticas Ambientais a partir dos sujeitos do campo nos exige a realização da pesquisa qualitativa com incorporação alguns elementos (estratégias e instrumentos) da pesquisa etnográfica. A metodologia utilizada na pesquisa faz parte de um processo de produção de conhecimentos que implica em uma ação marcada pelas dimensões científicas e políticas propostas e realizada por um conjunto de pessoas, caracterizando uma ação coletiva. A realização de Diagnóstico Rural Participativo (DRP) tem o intuito de valorizar os sujeitos a partir de seus próprios conceitos e critérios de explicação. Com a conclusão do estudo pretende-se entender como se dá a relação entre a Agricultura Familiar e as Políticas Ambientais e à partir dos resultados validar as ações ou traçar novas estratégias que garantam a efetividade da aplicação das Políticas Públicas de forma que favoreçam a execução de recursos públicos a participação e o envolvimento dos atores sociais. Além de servir para embasamento de estudos posteriores pensando nas organizações situadas no estado de Sergipe.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1787443 - EMILIO DE BRITTO NEGREIROS
Interno - 1323516 - CRISTIANO WELLINGTON NOBERTO RAMALHO
Externo à Instituição - TATIANA RIBEIRO VELLOSO
Notícia cadastrada em: 14/01/2014 09:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r12712-85cc87cea5