Notícias

Banca de DEFESA: GRASIELA FREIRE DA CUNHA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GRASIELA FREIRE DA CUNHA
DATA: 22/02/2013
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO:

Gestão de resíduos sólidos de serviço de saúde : estudo comparativos em unidade  hospitalares de Aracaju/se.


PALAVRAS-CHAVES:

Resíduos Sólidos de Serviços de Saúde. Gestão de Resíduos. Hospitais de Aracaju. Grau de Conhecimento do PGRSS.


PÁGINAS: 194
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

 

O objeto central desta pesquisa é analisar a gestão dos resíduos sólidos de serviços de saúde (RSS) em unidades hospitalares localizadas na cidade de Aracaju/SE. Especificamente, busca: descrever os procedimentos de segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final dos RSS; analisar o grau de conhecimento dos funcionários das unidades hospitalares sobre a gestão desses resíduos e efetuar análise comparativa das práticas de gestão dos RSS nas unidades hospitalares pesquisadas. Trata-se de uma pesquisa descritivo-exploratória, cuja estratégia de pesquisa adotada foi estudo de casos múltiplos. A coleta de dados foi realizada através de aplicação de questionário semiestruturado, observação in loco, com auxílio de roteiro e com análise de documentos.   A população pesquisada é formada por 285 profissionais pertencentes à equipe clínica (médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem) e higienizadores dos três hospitais analisados, definidos através da técnica de amostragem não probabilística por cotas. As técnicas utilizadas para a análise dos dados foram o software SPSS, a análise de conteúdo e a triangulação dos dados. Verificou-se que todas as unidades de saúde pesquisadas apresentaram problemas com relação à segregação inadequada dos resíduos. Os três hospitais pesquisados apresentam os mesmos procedimentos com relação à segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final dos RSS. Em dois estabelecimentos, os locais utilizados para o armazenamento externo dos resíduos não atendem às normas vigentes. Os hospitais privados apresentaram o PGRSS devidamente atualizado e estruturado e procuram atender às normas vigentes e sua correta aplicabilidade. Constatou-se, entretanto, que os profissionais entrevistados, em todos os hospitais, possuem reduzido grau de conhecimento sobre as questões relacionadas à gestão dos RSS realizada pelas unidades de saúde. De um modo geral, verificou-se que os estabelecimentos avaliados necessitam implantar uma política de capacitação, com utilização de mecanismos atrativos e eficientes para o treinamento dos profissionais envolvidos no manejo dos RSS. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - IZA MARIA FRAGA LOBO
Presidente - 426395 - JENNY DANTAS BARBOSA
Interno - 2273536 - LAURA JANE GOMES
Notícia cadastrada em: 21/02/2013 10:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r12712-85cc87cea5