A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: PAULA DE OLIVEIRA PASSOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAULA DE OLIVEIRA PASSOS
DATA: 29/11/2021
HORA: 13:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: PADRÃO DE DISTRIBUIÇÃO DOS LIQUENS EM UNIDADES DE PAISAGEM DO DOMÍNIO ATLÂNTICO SERGIPANO
PALAVRAS-CHAVES: Georreferenciamento; Paisagens; Fungos liquenizados.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Podemos observar diferentes paisagens, ao olhar o horizonte, e essa diversidade depaisagens é fruto de diferentes interações entre fatores abióticos, bióticos e culturais queali ocorrem. O estudo do Geossistema visa compreender essas relações. O bioma MataAtlântica é caracterizado por apresentar uma enorme biodiversidade, sendo reflexo dapresença de vários habitats, estando presente em 17 estados brasileiras. Desde o processode colonização do país, a Mata Atlântica vem sofrendo drástica redução em sua áreaflorestal, ocasionando assim a redução de habitats de várias espécies. Portanto, conheceras espécies que ainda ocorrem neste ambiente é de suma importância, sendo necessáriotambém compreender de que forma elas se distribuem nas diversas paisagens que ocompõem. Um grupo de organismo que tem sua distribuição influenciada pelas interaçõescom os fatores presentes em seu entorno são os liquens. Estes organismos sãoprovenientes da relação simbiótica existente entre o micobionte (fungos) e os fotobiontes(algas e/ou cianobactérias). Os liquens apresentam uma diversidade morfológica,anatômica e química, além de ocorrer em diversos habitats e substratos. O presentetrabalho visa realizar o levantamento do padrão de distribuição dos liquens crostosos queocorrem no Domínio Atlântico do estado de Sergipe, através do georreferenciamento dasáreas estudadas. Para observar o padrão de distribuição das espécies de liquens foirealizada a análise de 14 fragmentos de Mata Atlântica, localizados no estado de Sergipe,dos quais já existiam dados de ocorrência de espécies. Para tal análise foi realizado adivisão em cinco etapas: 1) identificação das espécies de liquens; 2) elaboração de tabelasno programa Excel com as espécies de liquens depositadas no herbário ISE; 3)determinação dos limites de sítios; 4) descrição dos atributos físico-geográfico em escalaregional; e 5) produção de mapas e quadros de síntese. Como resultado preliminar, foipossível observar a ocorrência de 468 espécies nos 14 fragmentos analisados no DomínioAtlântico de Sergipe, sendo que maioria pertence à família Graphidaceae. A análise dedados ainda está em andamento.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2139764 - DANIEL RODRIGUES DE LIRA
Presidente - 1662824 - MARCELA EUGENIA DA SILVA CACERES
Externo à Instituição - MARIA DE LOURDES LACERDA BURIL

Notícia cadastrada em: 03/11/2021 22:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r18966-bf93dfabd7