Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: WEXYZA FERREIRA DE LIMA MORAES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WEXYZA FERREIRA DE LIMA MORAES
DATA: 21/07/2020
HORA: 10:00
LOCAL: On line
TÍTULO: “BULINDO NO SAMBA” Nicinha Teles e a representatividade feminina no brinquedo do Cavalo Marinho da Zona da Mata Norte de Pernambuco
PALAVRAS-CHAVES: Representatividade feminina; Nicinha Teles; Cavalo Marinho da Zona da Mata Norte – PE.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A pesquisa investiga a representatividade feminina no brinquedo do Cavalo Marinho,especificamente, a partir da atuação da Mestra Nice do Cavalo Marinho, enquantomulher negra, mãe, brincante, educadora e gestora do Espaço Tradições Culturais, nacidade de Condado-PE. A pesquisa partiu de uma abordagem imersiva, ou seja, de umaaproximação direta e afetiva com a protagonista da investigação e procurou resguardaras formas de constituição do conhecimento do brinquedo, percebidas no trabalho decampo que durou 3 meses, na cidade de Condado-PE. Ainda, pautou-se em referênciasbibliográficas e videográficas, acadêmicas e artísticas, que facilitaram o acesso a dadoshistóricos, estruturais e também conceituais acerca do folguedo. O Cavalo Marinho, porsua vez, envolve dança, música, poesia, louvação, canto, máscaras, gestos, além depeculiaridades de capacidade de improvisação das(os) brincantes. É a partir daobservação do momento da sambada, ou seja, do momento de apresentação pública dobrinquedo, e das relações entre as(os) brincantes do Cavalo Marinho que a pesquisainvestiga como os discursos hegemônicos de uma sociedade patriarcal refletem-se nobrinquedo, reforçando hierarquias de gênero pré-estabelecidas. Assim, a partir daatuação da Mestre Nice que, além de “bulir” na estrutura tradicional por reivindicar aherança da função do Mestre, também desenvolve ações educativas de formação denovos brincantes, a pesquisa ecoa questões emergentes da contemporaneidade nacultura popular e apresenta conflitos geracionais, especialmente relacionadas àrepresentação do feminino no folguedo. Do ponto de vista de sua fundamentaçãoteórica, a pesquisa se afina com autoras (es) que buscam a desconstrução de paradigmascoloniais no pensamento (EVARISTO, 2020; RUFINO&SIMÕES, 2019, 2020;HOOKS, 2014, 2019) bem como criticam reincidências patriarcais((FEDERICI, 2017,2019) e complexificam a perspectiva de fixação da tradição na Cultura Popular (DECARVALHO, 2010) .


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1683953 - MAICYRA TELES LEAO E SILVA
Externo à Instituição - Maria Acselrad
Interno - 1623728 - NEILA DOURADO GONCALVES MACIEL
Notícia cadastrada em: 15/06/2020 20:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata4.fragata4 v3.5.16 -r13092-8d67585eaa