A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JEFFERSON WAYNE DA SILVA CARTAXO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JEFFERSON WAYNE DA SILVA CARTAXO
DATA: 29/05/2015
HORA: 08:00
LOCAL: Sala 002 da didática VI UFS
TÍTULO: Qualidade de água e lixiviação de fósforo de alimentos alternativos para o Acará-disco (Symphysodon discus)
PALAVRAS-CHAVES: nutrientes, peixes ornamentais, ambiente.
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

A qualidade da água utilizadas em diversos processos da aquicultura de corte a ornamental têm de grande valia no desenvolvimento dos animais cultivados. A temperatura, concentração de oxigênio dissolvido, pH, condutividade, compostos nitrogenados(Amônia) e de fosforo da água, afetam, positivamente ou negativamente o crescimento e o estado geral de sanidade dos organismos aquáticos.

Devido à facilidade de mensuração a temperatura tornou-se o parâmetro mais comum observado no cultivo de organismos aquáticos, particularizado apenas pela diversificação da espécie e da fase de desenvolvimento em que se encontra. As espécies de peixes tropicais incluindo o Acará-disco normalmente apresentam ótimo crescimento à temperatura de 28 a 31 °C. Tão importante quanto à temperatura, o oxigênio dissolvido (O2) se faz essencial para mantença da vida dos peixes, podendo ser oriundo do processo fotossintético quanto da atmosfera e utilizado de diversas formas desde a decomposição da mateia orgânica e oxidação de íons metálicos (ferro e manganês) e alternando sua concentração ao longo do dia.

O potencial hidrogeniônico ou pH é de fundamental importância a ser considerado em aquicultura, por possuir efeito sobre o metabolismo e processos fisiológicos dos peixes e de outros organismos aquáticos.

Possui uma escala que vai de 0 a 14, no qual o pH 7 indica a absoluta neutralidade, e para o cultivo do Acará-disco se encontra na faixa entorno de 6,4 a 7,0. A condutividade representa a quantidade de íons, ou seja, o teor de sais presentes na água e a alta taxa de decomposição, informando a disponibilidade de nutrientes no meio. No cultivo ornamental do Acará-disco 100 a 200 µS/cm é a faixa que deve ser mantida. A amônia é o composto nitrogenado mais aferido entre os criadores, que não deve ultrapassar os níveis de 0,01 e 0,75 mg/L. Níveis de 0,02 mg/L constantemente em contato com os animais pode causar irritação e inflamação branquial. Fósforo (P) esta entre os resíduos da aquicultura que podem causar eutrofização considerável nas coleções de água. No entanto a otimização de boa praticas de manejo, novas técnicas alimentares e o uso de ingredientes com baixo nível de fósforo na fabricação de rações, podem auxiliar na produção destes organismos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1697805 - JODNES SOBREIRA VIEIRA
Interno - 2021506 - CAROLINA NUNES COSTA BOMFIM
Externo ao Programa - 2189041 - SIDNEI TAVARES DOS REIS

Notícia cadastrada em: 20/05/2015 15:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5