A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA JULIA DE ARAUJO FEITOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA JULIA DE ARAUJO FEITOSA
DATA: 22/05/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Veterinária (DMV)
TÍTULO: Efeito dos aditivos químicos ou microbianos na ensilagem de capim tanzânia
PALAVRAS-CHAVES: ....
PÁGINAS: 31
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

O maior obstáculo na produção das forragens encontra-se na estacionalidade da produção causada pelas variações sazonais (período chuvoso e outro seco), prejudicando a principal fonte de alimentos dos animais ruminantes que são as forragens, como conseqüência ocorre a redução do ganho de peso. A tecnologia da ensilagem para a conservação de forragens é adotada para conservar alimentos de boa qualidade de forma continua. A utilização da forragem excedente do período chuvoso na forma de silagens é uma prática comum que possibilita ganhos em eficiência de manejo da pastagem e redução dos custos de alimentação no período de escassez. A busca por novas alternativas alimentares contribuiu para o uso do Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia na forma de silagem, pois possuí elevada produção de matéria seca. Entretanto, esta forrageira apresenta um contraste entre o valor nutritivo e a produção, pois para a obtenção de uma silagem de qualidade essa forragem deve ser colhida em uma faixa etária de 60 e 70 dias. No entanto ao serem ensiladas em estádio vegetativo precoce, apresentam algumas limitações ao processo de ensilagem. Nessa fase de desenvolvimento as plantas forrageiras tropicais apresentam alta umidade e elevada capacidade tampão interferindo, portanto no processo de fermentação da silagem originando produtos de baixo valor nutricional. No entanto o uso dos aditivos pode contornar os fatores que limitam o processo de ensilagem dessas forrageiras tropicais. Neste sentido vem sendo utilizado aditivos químicos e microbianos que melhoram a qualidade da fermentação, principalmente no que se refere ao aumento de bactérias desejáveis produtoras de ácido láctico, as quais atuam na redução do pH, melhorando a conservação e qualidade do material ensilado. Os aditivos são adicionados com a finalidade de melhorar a composição nutricional e digestibilidade, bem como alterar a dinâmica da fermentação realizada pelos microrganismos. As principais finalidades da utilização desses aditivos referem-se à elevação das fontes de proteína e energia, além da atuação destes como absorventes de umidade, como exemplos podemos citar a uréia, fubá de milho, melaço e o calcário. Alguns aditivos microbianos estão sendo utilizados para melhorar as características fermentativas, principalmente referentes ao aumento da estabilidade aeróbia das silagens. Entre esses aditivos estão os inoculantes compostos por bactérias heterofermentativas Lactobacillus buchneri. Esses microrganismos vem demonstrando boa capacidade de reduzir a população de leveduras promovendo a elevação da vida útil da silagem, isto é, aumentando a estabilidade da silagem de gramíneas tropicais durante a exposição ao ar. Para se obter sucesso na ensilagem é necessário assegurar uma fermentação láctica que iniba o crescimento de microrganismos indesejáveis, como, por exemplo, os clostrídeos, enterobactérias, leveduras e fungos. A partir do presente trabalho objetiva-se constatar a influência dos aditivos na dinâmica do processo fermentativo da silagem, estabilidade aeróbia e qualidade final do produto, isto é, da silagem de forrageira tropical.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1541968 - ALFREDO ACOSTA BACKES
Interno - 2019408 - BRAULIO MAIA DE LANA SOUSA
Interno - 1684100 - JAILSON LARA FAGUNDES

Notícia cadastrada em: 05/05/2015 10:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5