A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: LARISSA HORTENCIA SANTOS GOES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARISSA HORTENCIA SANTOS GOES
DATA: 30/04/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 42 da área técnica da Embrapa Tabuleiros Costeiros
TÍTULO: COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA E CARACTERÍSTICA DE FERMENTAÇÃO DA SILAGEM DE DEZ CULTIVARES DE MANDIOCA
PALAVRAS-CHAVES: mandiocultura, nutrição animal, silagem de rama de mandioca.
PÁGINAS: 32
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

A mandiocultura apresenta grande importância na região Nordeste, sobretudo por estar presente em todas as regiões a fazer parte tanto da cultura quanto da economia da região. Esta cultura apresenta uma gama de resíduos que podem ser utilizados na alimentação de animais. Um dos mais importantes é a maniva ou parte aérea que muitas vezes é desperdiçada no campo. Uma das maneiras de se aproveitar este material pode ser a ensilagem, que conservará o material para ser utilizado na época seca, onde há déficit de alimentos para os animais. O objetivo deste trabalho foi verificar a qualidade bromatológica de silagens de mandioca oriundas de duas estações experimentais e de dez cultivares diferentes (Lagoão, BRS Verdinha, Irará, Caravela, 9783/13, BRS Poti Branca, BRS Tapioqueira, Amansa Burro e BRS Caipira) com idade de 10 meses. Foram utilizados para a confecção das silagens mini silos laboratoriais de PVC com 10 cm de diâmetro e 30 cm de comprimento, lacrados com tampas de PVC e presilhas de metal. O material vegetal da mandioca in natura foi colhido no mesmo dia da confecção das silagens. Para cada tratamento foram confeccionados seis mini silos, sendo 3 de cada local de colheita, totalizando 60 repetições, em um delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC). Após 180 dias os silos foram abertos e analisados quanto a sua composição bromatológica. O genótipo influenciou os teores de proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido das silagens (P<0,05), não alterando, entretanto, os parâmetros de fermentação dos materiais quanto ao pH, N-NH3 e ácido lático das silagens (P>0,05). As cultivares Caravela e BRS Caipira apresentaram os melhores parâmetros bromatológicos entre as cultivares estudadas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 768.233.429-00 - CRISTIANE OTTO DE SÁ
Presidente - 627.399.990-20 - EVANDRO NEVES MUNIZ
Externo à Instituição - JOSE HENRIQUE DE ALBUQUERQUE RANGEL

Notícia cadastrada em: 15/04/2015 18:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5