A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: SIDNEY SALES CAVALCANTE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SIDNEY SALES CAVALCANTE
DATA: 28/07/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 29 (Auditório 1) da Embrapa Tabuleiros Costeiros
TÍTULO: Caracterização das subpopulações espermáticas de tambaqui por meio da análise de cinética e sua relação com a fertilidade
PALAVRAS-CHAVES: Colossoma macropomum, criopreservação, espermatozoides, linearidade
PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
ESPECIALIDADE: Criação de Animais
RESUMO:

A análise de subpopulações espermáticas é uma abordagem, relativamente nova, que possibilita avaliar a coexistência de diferentes grupos de espermatozoides numa amostra. Essa caracterização permite explorar a heterogeneidade dos espermatozoides existentes em um grupo, de forma que seja revelado o seu potencial de fertilidade. O objetivo do presente estudo foi identificar e caracterizar as subpopulações espermáticas de tambaqui por meio da análise da cinética em sistema computadorizado e avaliar sua correlação com a fertilidade. Para isso, os dados de cinética espermática (velocidade curvilinear - VCL; velocidade em linha reta - VSL; velocidade do trajeto médio - VAP; linearidade – LIN; retilinearidade – STR; índice de oscilação dos espermatozoides – WOB; amplitude do deslocamento lateral da cabeça - ALH e frequência do batimento flagelar - BCF) obtidos a partir do sêmen in natura (n = 59.767 espermatozoides) e descongelado (n = 50.680 espermatozoides), foram tabulados, relativizados e avaliados pelo método de análise de agrupamento two-step cluster. Para a correlação com a fertilização, 15 animais foram classificados com base na pré-definição realizada no sêmen in natura e avaliados quanto à sua capacidade de fertilização. Esse procedimento permitiu a identificação de três subpopulações espermáticas no sêmen de tambaqui com alta correlação com a fertilidade. A subpopulação denominada SP1 apresentou um comportamento lento e não linear (VCL = 58,92 µm/s e LIN = 23,15%) e sua correlação com a fertilidade não foi significativa. Já os espermatozoides contidos na subpopulação SP2, foram caracterizados como rápidos e não lineares, onde foi observada uma alta correlação positiva com a fertilidade (r= 0,93). A subpopulação SP3, foi caracterizada como rápida e linear, sendo observada também uma alta correlação positiva com a fertilidade (r = 0,79). O processo de criopreservação dos espermatozoides ocasionou uma redução de 6,38% na quantidade de células contidas na subpopulação SP3 (39,58% no sêmen in natura vs 33,20% no sêmen criopreservado) e um aumento no número de células existentes nas subpopulações SP2 e SP1 (31,60 vs 37,30 e 28,82 vs 29,50, respectivamente para SP2 e SP1). Os padrões de cinética espermática observados dentro de cada subpopulação seguiram uma mesma tendência de comportamento, entretanto, foi verificado uma alteração do comportamento circular para linear em relação ao sêmen in natura. Diante dos resultados obtidos, conclui-se que o sêmen de tambaqui possui 3 subpopulações espermáticas que apresentam um alto número de células com movimentos rápidos, lineares e/ou não lineares os quais estão diretamente relacionados com o potencial de fertilização da espécie. A quantidade de espermatozoides contidos dentro de cada subpopulações pode ser afetada pelo processo de criopreservação, assim como o seu movimento pode ser mais linear.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 035.828.296-93 - ALEXANDRE NIZIO MARIA
Interno - 481.176.765-91 - HYMERSON COSTA AZEVEDO
Externo à Instituição - PAULO CÉSAR FALANGHE CARNEIRO
Externo à Instituição - RODRIGO YUDI FUJIMOTO

Notícia cadastrada em: 11/07/2014 08:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5