Notícias

Banca de DEFESA: RICARDO BENEDITO OTONI

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RICARDO BENEDITO OTONI
DATA: 25/11/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CECH - Didática 3
TÍTULO: ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS DA AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS NO LICENCIAMENTO AMBIENTAL DA OPERAÇÃO DE USINAS HIDRELÉTRICAS: UM COMPARATIVO INTERNACIONAL SEGUNDO A SOCIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO.
PALAVRAS-CHAVES: sociologia do desenvolvimento técnico; usinas hidrelétricas; aspectos socioeconômicos; avaliação de impacto ambiental; licenciamento ambiental; inteligência artificial.
PÁGINAS: 358
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Foi investigada a hipótese de que há diferentes aspectos socieconômicos queinfluenciam nas técnicas de avaliação de impacto ambiental no licenciamento ambiental daoperação de usinas hidrelétricas, com potencial de geração elétrica igual ou superior a 300megawatts/hora. Foram escolhidos três países dentre os dez países com maior potênciainstalada de geração de hidreletricidade no mundo: Brasil, Estados Unidos da América eNoruega. A pesquisa identificou, selecionou e analisou, nestes países, suas legislaçõesambientais, técnicas de geração hidrelétrica, técnicas de avaliação de impacto ambiental,documentos relativos ao licenciamento ambiental e pesquisas acadêmicas referentes a umausina hidrelétrica em operação em cada país, no período entre os anos de 2015 e 2018. Osdocumentos analisados confirmaram a hipótese inicial de que há diferenças nos aspectossocioeconômicos que influenciam distintas técnicas de avaliação dos impactos ambientais nolicenciamento ambiental de operação das três usinas hidrelétricas, sob comparativointernacional. Foi identificado que há também aspectos socioeconômicos semelhantes entre astrês usinas e respectivas semelhanças técnicas na avaliação de impactos ambientais nolicenciamento ambiental de operação. Foi elaborada uma síntese das diferenças e semelhançasdestes aspectos socioeconômicos e respectivas técnicas de avaliação de impactos ambientais.Esta síntese possibilitou a elaboração de uma abordagem acadêmica original de inovaçãotecnológica para o gerenciamento ambiental de usinas hidrelétricas. A partir desta síntese foirealizada investigação, quanto à possibilidade de futura adoção do processamento deinformações com o uso de inteligência artificial, para o licenciamento ambiental da operaçãode usinas hidrelétricas. Esta inovação tecnológica original, fruto das investigações na área dasociologia do desenvolvimento técnico e dos dados obtidos nos três países, poderá seraplicada no aprimoramento da avaliação dos impactos ambientais no licenciamento ambientalde operação da usina hidrelétrica de Xingó no Brasil, com possibilidade de aferir-se ganhos deeficiência na gestão ambiental nesta e em outras usinas hidrelétricas no Brasil, EstadosUnidos da América e Noruega.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1655779 - ANTON PETER MULLER
Interno - 327767 - FRANZ JOSEF BRUSEKE
Interno - 426602 - ROGERIO PROENCA DE SOUSA LEITE
Externo ao Programa - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Externo à Instituição - CARLOS EDUARDO SELL
Notícia cadastrada em: 20/11/2019 13:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r10787-147c949b3