Notícias

Banca de DEFESA: ITAMARA DE PAULA ANDRADE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ITAMARA DE PAULA ANDRADE ARAUJO
DATA: 27/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: google meet
TÍTULO: MODELOS AGROFLORESTAL, BIODINÂMICO E MANEJO ANIMAL PROPOSTOS PARA A ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA DE LADEIRINHAS “A”, JAPOATÃ/SE
PALAVRAS-CHAVES: Modelo Agroflorestal Sintrópico; Modelo Agrícola Biodinâmico; Ecologia Profunda; Abolicionismo Animal; Pedagogia da Alternância
PÁGINAS: 210
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Esta dissertação aborda sobre possibilidades de mudança nas práticas agrícolas da Escola Família Agrícola de Ladeirinhas “A” considerando modelos ecológicos em Sistema Agroflorestal Sintrópico e Biodinâmico, assim como a inserção de princípios biocêntrico e bioético ao Manejo Animal nas práticas agrícolas. Busca sensibilizar e fomentar um repensar a lida com a terra e seus entes, mediados pelo paradigma da Ecologia Profunda/Buen-Vivir, no sentido de desenvolver empatia, respeito e compaixão a todas as formas de vida. Tem como objetivo principal contribuir com a ressignificação nas práticas agrícolas vigentes na EFAL. De forma específica se propõe estudar os modelos agrícolas ecológicos à luz da Ecologia Profunda; pesquisar a formação integral da Pedagogia da Alternância aplicada à EFAL; observar segundo o Regimento Interno, o PPP, a Matriz Curricular e as práticas agrícolas vivenciadas no âmbito da EFAL; estudar as possibilidades ressignificativas do Calendário Biodinâmico para as práticas da EFAL. Como produto, a elaboração de um caderno pedagógico para práticas agrícolas em Sistema Agroflorestal Sintrópico, com um Calendário Agrícola Biodinâmico. O local proposto para a realização do estudo é a Escola Família Agrícola de Ladeirinhas, situada no povoado de Ladeirinhas “A”, no município de Japoatã/SE. A metodologia aplicada para a realização da pesquisa se constitui, em essência, na aplicação da pesquisa bibliográfica, acrescida de pesquisa documental alinhada ao método fenomenológico. No que se refere ao tipo de pesquisa, considerando os objetivos, esta dissertação adotou o tipo descritiva. Como resultados obteve-se que os modelos ecológicos fundamentados no paradigma ecológico emergente, possibilitam a ressignificação das práticas da EFAL, considerando os princípios do pilar da formação integral. A observação documental do Regimento Interno trouxe a possibilidade da ressignificação das práticas agrícolas em consonância com os princípios da pedagogia da alternância em seu pilar da formação integral. Partindo da observação das práticas segundo a Matriz Curricular, pode-se concluir que estas se distanciam dos modelos agrícolas ecológicos, principalmente no que se refere ao trato animal. Portanto, a ressignificação se mostrou possível de ser contemplada nas práticas agrícolas da EFAL, considerando os modelos elaborados por Rudolf Steiner e Ernst Götsch, propostos na pesquisa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1190318 - NUBIA DIAS DOS SANTOS
Interno - 1583100 - RENATA NUNES AZAMBUJA
Externo ao Programa - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Externo à Instituição - KATIA VIANA CAVALCANTE
Externo à Instituição - ERNESTO JACOB KEIM
Externo à Instituição - AJIBOLA ISAU BADIRU

Notícia cadastrada em: 20/07/2021 17:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r16104-201f40f5e2