A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: DÉBORA TAYANE RODRIGUES DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DÉBORA TAYANE RODRIGUES DOS SANTOS
DATA: 19/04/2022
HORA: 09:30
LOCAL: meet.google.com/psc-yxax-gig
TÍTULO: MODELO DE LABORATÓRIO DE GESTÃO À LUZ DA TEORIA DA APRENDIZAGEM EXPERIENCIAL E SERVICE LEARNING: uma proposta para o curso de Administração da Universidade Federal de Sergipe
PALAVRAS-CHAVES: Aprendizagem experiencial. Service learning. Aprendizagem. Administração. Experiências.
PÁGINAS: 99
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração de Empresas
ESPECIALIDADE: Administração de Recursos Humanos
RESUMO:

O ensino de gestão nos moldes tradicionais vem sofrendo críticas e considerado não suficiente para formação de Administradores que sejam bons profissionais, mas também cidadãos conscientes. Uma das principais críticas é a dicotomia teoria-prática que resulta em uma má preparação dos futuros profissionais. Buscando dirimir o afastamento entre os conteúdos abordados em sala de aula e o contexto real, novas abordagens estão sendo difundidas, dentre elas destacam-se a aprendizagem experiencial e o service learning (SL). Tais metodologias têm como foco a participação ativa do aluno no processo de ensino-aprendizagem e as suas experiências. Ademais, o SL tenta incorporar nesse processo de formação, a integração com a comunidade por meio de serviços comunitários associados aos conteúdos acadêmicos. Isto posto, o objetivo geral dessa pesquisa é propor a criação de um laboratório de gestão com uma metodologia de ensino experiencial, mais especificamente aprendizagem de serviço, para alunos do Curso de Administração da Universidade Federal de Sergipe. Para isso, foi realizada uma pesquisa qualitativa, apoiada, sobretudo no paradigma interpretativista, dividida em duas etapas: exploratória e sistemática. Na primeira foi realizada uma visita informal ao campo, onde a pesquisadora conversou com graduados em Administração e empreendedores, além de aplicar um questionário para os alunos de Administração da Universidade Federal de Sergipe. A segunda etapa foi subdividida em duas fases e consistiu na realização de um focus group com docentes da instituição além de entrevistas individuais. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise do conteúdo e os achados dessa pesquisa demonstram que a presente proposta tem aceitabilidade e pode contribuir positivamente com os públicos interessados, isto é, universidade, alunos e empreendedores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2026687 - LUDMILLA MEYER MONTENEGRO
Interno - 1662887 - MARIA ELENA LEON OLAVE
Externo à Instituição - ANIELSON BARBOSA DA SILVA

Notícia cadastrada em: 18/04/2022 19:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e