A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: JOSE EDNILSON MATOS JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE EDNILSON MATOS JUNIOR
DATA: 13/12/2021
HORA: 10:00
LOCAL: https://meet.google.com/ipa-ztis-wzx
TÍTULO: POLÍTICAS PÚBLICAS BASEADAS EM TECNOLOGIAS SOCIAIS E O DESENVOLVIMENTO DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO: Um Estudo sobre o Programa Cisternas
PALAVRAS-CHAVES: Política Pública. Política Social. Tecnologia Social. Programa Cisternas. Semiárido Brasileiro.
PÁGINAS: 133
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

O debate sobre o tema ‘política pública’ tem sido crescente e faz-se necessário frente a um cenário de agravamento dos problemas sociais. Isso porque as políticas públicas são desenvolvidas a partir de uma demanda da sociedade e possibilitam a resolução e/ou a mitigação dessas problemáticas, por meio de mecanismos que promovam a equidade social. Algumas iniciativas de Tecnologia Social (TS) resultaram em políticas públicas de cunho social, e são exemplos de experiências que foram iniciadas sem o auxílio do poder público, mas que tiveram suas práticas potencializadas e disseminadas ao serem incorporadas como políticas, tal como o Programa Cisternas, que incorporou ao seu escopo - TS originadas a partir da atuação ativa da comunidade, para que os povos habitantes das regiões semiáridas do Brasil (preferencialmente) possam ter condições de vida cada vez melhores. Diante desse contexto, tem-se como objetivo desse estudo analisar os impactos gerados pelo Programa Cisternas no desenvolvimento do semiárido brasileiro. Para tanto, quanto aos procedimentos metodológicos, o estudo tem natureza qualitativa, descritiva e exploratória, paradigma interpretativista, e adotou como estratégia de pesquisa, o estudo de caso único tendo como sujeitos investigados, beneficiários do Programa Cisternas e Representantes das Organizações da Sociedade Civil. A coleta de dados se deu por meio de entrevistas semiestruturadas e análise documental, e para o tratamento desses dados foi adotada a técnica de Análise de Conteúdo por categorização. Os resultados evidenciaram que o Programa Cisternas não se concretiza apenas na figura de um equipamento (a TS), este é apenas a materialização da operacionalização de tal política e seus impactos, na qual destacam-se: melhoria no acesso à água para consumo; mitigação da Desertificação; aumento da capacidade produtiva da região; redução do êxodo rural; aumento de renda e articulação e mobilização entre as comunidades. Tais achados revelam aspectos sociais, ambientais, econômicos e culturais, os quais resultam em transformação social, contribuindo com o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde atua, principalmente do semiárido brasileiro.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉA CARDOSO VENTURA
Interno - 1654859 - MANUELA RAMOS DA SILVA
Presidente - 1224228 - MARIA CONCEICAO MELO SILVA LUFT

Notícia cadastrada em: 03/12/2021 12:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - dragao3.dragao3 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e