A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: JAILSON RODRIGUES PEREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAILSON RODRIGUES PEREIRA
DATA: 19/02/2021
HORA: 10:00
LOCAL: ONLINE
TÍTULO: ESTUDO DOS FLUXOS DE CONHECIEMNTOS NA GESTÃO DO CAMPUS DO SERTÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
PALAVRAS-CHAVES: Gestão do conhecimento; Universidade pública; Modelo de maturidade
PÁGINAS: 95
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

Com a ascensão do conhecimento à condição de ativo mais importante para as organizações no tocante à consecução de seus objetivos, ao enfrentamento e adaptação às transformações trazidas pelos novos tempos, torou-se imprescindível entender como esse ativo intangível flui no ambiente organizacional. Capazes de transmitirem know-how, experiências e habilidades, capitalizando novas oportunidades e inovações, os fluxos de conhecimentos no seio das organizações carecem de análise e entendimento para que possam ser gerenciados a fim proverem tais benefícios. Nesse contexto, esta pesquisa objetivou descrever os fluxos de conhecimentos relativos às atividades administrativas do Campus do Sertão da Universidade Federal de Alagoas, um campus universitário fora de sede localizado na cidade de Delmiro Gouveia. Para o logro desta pesquisa, adotou-se uma metodologia de caráter exploratório e descritivo com abordagem quantitativa. Assumindo-se como um levantamento do tipo censo, este estudo, que pesquisou uma população de 47 servidores, utilizou, como instrumento de coleta de dados, um questionário estruturado autoaplicável online, cujos dados coletados pelos mesmos foram analisados por meio de estatística descritiva, valendo-se de médias aritmética e ponderada e distribuição de frequências relativas. Os resultados constataram que os fluxos de conhecimentos da organização estudada compõem-se majoritariamente por conhecimentos explícitos; fluxos correntes entre membros de departamentos ocorrem sempre, enquanto fluxos entre departamentos e entre esses e suas instâncias superiores, ocasionalmente; o ciclo de vida do conhecimento está atrelado a práticas não baseadas em TI; falhas de comunicação figuram-se como a principal barreira crítica; o clima organizacional favorável às interações pessoais mostraram-se como uma importante facilitador; os processos de Socialização e Internalização ocorrem de forma mais frequente, enquanto os processos de Combinação e Externalização, menos. Concluiu-se haver necessidade de iniciativas em Gestão do Conhecimento sobre determinados fatores para potencializar-se a efetividade dos fluxos, de forma a minimizar suas barreiras, valer-se do ambiente favorável e corrigir determinadas condutas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ISABEL DÍEZ VIAL
Interno - 2550927 - JEFFERSON DAVID ARAUJO SALES
Interno - 1662887 - MARIA ELENA LEON OLAVE
Presidente - 2501207 - VERUSCHKA VIEIRA FRANCA

Notícia cadastrada em: 03/02/2021 12:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - dragao2.dragao2 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e