A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LARISSA SOARES DE QUEIROZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARISSA SOARES DE QUEIROZ
DATA: 26/06/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de aula do PROPADM (CCSA 02)
TÍTULO: INTENÇÃO DE COMPRA NO SOCIAL COMMERCE: UM ESTUDO SOBRE A PERSPECTIVA DOS CONSUMIDORES BRASILEIROS
PALAVRAS-CHAVES: Social Commerce; Mídias Sociais; Comércio Eletrônico; Adoção de Tecnologia; Intenção de Compra.
PÁGINAS: 92
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração de Setores Específicos
RESUMO:

A aderência dos usuários de Internet as plataformas de mídias sociais para interação com pares, geração e compartilhamento de conteúdo tem modificado as formas de comunicação, trabalho, relacionamento e entretenimento dos indivíduos, de modo que essas ferramentas são cada vez mais utilizadas para fins diferenciados, inclusive fins comerciais. Nesse sentido, o emprego das mídias sociais nas relações comerciais funciona como um veículo para o surgimento do fenômeno denominado social commerce. O social commerce associa atividades online comerciais e sociais para apoiar consumidores no processo de decisão de compra e consumo de bens e serviços, sendo reconhecido como uma segunda geração de comércio eletrônico onde a relação empresa-consumidor é mais interativa. No cenário nacional, o social commerce é uma perspectiva emergente passível de investigação quanto as possibilidades de adoção por parte dos consumidores online. Na esteira desses fatos, este estudo propõe-se a analisar os fatores que influenciam os consumidores online brasileiros para adoção de social commerce, por meio da investigação de intenção de compra. Para tanto, utiliza-se como modelo de pesquisa uma adaptação das propostas teóricas de Hajli (2015) e Dzahaban e Shihab (2016). No intuito de cumprimento do objetivo deste estudo e verificação empírica do modelo proposto, o mesmo assume uma natureza quantitativa, de abordagem exploratória, descritiva e correlacional, optando pela survey como estratégia de pesquisa. Os dados serão coletados a partir das respostas de uma amostra não probabilística ao questionário online e submetidos a análise por modelagem de equações estruturais, possibilitando assim a discussão das relações entre as variáveis latentes e as hipóteses do modelo de pesquisa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1224228 - MARIA CONCEICAO MELO SILVA LUFT
Interno - 6252676 - DEBORA ELEONORA PEREIRA DA SILVA
Externo à Instituição - FRANCISCO VICENTE SALES MELO

Notícia cadastrada em: 12/06/2018 16:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e