A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: OBDERAN BISPO DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: OBDERAN BISPO DOS SANTOS
DATA: 13/06/2018
HORA: 14:30
LOCAL: sala 47- PROPADM/UFS. Bloco do CCSA2- Primeiro Andar
TÍTULO: COOPETIÇÃO EM AGLOMERAÇÕES COMERCIAIS LOJISTAS: ANÁLISE NO MUNICÍPIO DE LAGARTO – SERGIPE.
PALAVRAS-CHAVES: Comerciantes lojistas. Coopetição. Cluster. Competição.Colaboração.
PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração de Setores Específicos
RESUMO:

A cooperação entre empresas é uma estratégia tão irreversível quanto à globalização, neste sentido, entende-se que as relações entre as organizações que cooperam ao mesmo tempo que competem, proporcionam vantagens capazes de influenciar positivamente seus resultados, promovendo assim, um ganho competitivo em cadeia. É neste cenário que a pesquisa aborda o intrigante e atual fenômeno da coopetição entre organizações comerciais aglomeradas em clusters. Confere ponderar que coopetição é entendida por comportamentos de cooperação competitiva entre empresas, ou seja, concorrentes que cooperam para gerar valor coletivo ao tempo que competem por benefícios individuais. Deste modo, este projeto de pesquisa tem por objetivo principal analisar a influência da cooperação, competição na coopetição entre os comerciantes lojistas associados à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) que conformam um aglomerado na cidade de Lagarto/SE. A partir deste objetivo será possível compreender, de forma geral, o fenômeno da coopetição em uma aglomeração comercial que apresenta características de um agrupamento em Cluster. Este projeto de pesquisa se insere no paradigma positivista, com características do tipo descritivo e abordagem de natureza quantitativa, cuja coleta de dados dar-se-á através da aplicação de um questionário estruturado no qual estão incluídas todas as variáveis latentes que formam o modelo de análise da coopetição desenvolvido por Silva (2016). Espera-se que os resultados permitam comprovar as hipóteses de que quanto maior a cooperação entre os comerciantes lojistas de Lagarto/SE, maior é a coopetição entre eles, e, quanto maior a competição entre os comerciantes lojistas de Lagarto/SE, menor é a coopetição entre eles, como corroborado em outros estudos sobre o tema em questão.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1662887 - MARIA ELENA LEON OLAVE
Interno - 1791750 - FLORENCE CAVALCANTI HEBER PEDREIRA DE FREITAS
Externo ao Programa - 1685892 - LUIZ CARLOS DE SANTANA RIBEIRO

Notícia cadastrada em: 02/06/2018 13:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e