A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOHN LENNON ANDRADE DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOHN LENNON ANDRADE DE OLIVEIRA
DATA: 06/06/2018
HORA: 08:30
LOCAL: PROPADM - Sala 33
TÍTULO: Práticas de gestão da qualidade, inovação e vantagem competitiva: um estudo empírico das relações
PALAVRAS-CHAVES: Práticas de gestão da qualidade. Inovação. Vantagem competitiva.
PÁGINAS: 63
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração de Empresas
RESUMO:

É comum dentre as organizações a busca de formas com as quais possam melhorar os seus respectivos desempenhos, bem como obter vantagem competitiva frente aos seus

concorrentes. Dentre estas formas encontram-se os esforços em termos de melhoria da

qualidade e desenvolvimento de inovações, que historicamente foram creditadas como

aspectos capazes de trazer vantagem competitiva para as organizações. A busca pelo melhor desempenho em qualidade proporcionou o surgimento de várias práticas de gestão, no esforço de criar formas eficazes de alcançar tal objetivo. No entanto, será que o uso dessas práticas teria alguma influência no desempenho em inovação das organizações? Argumentos sustentam que a utilização de práticas de gestão da qualidade é nociva ao desempenho inovador, assim como também há aqueles que defendem uma influência positiva, ou seja, de que práticas de gestão da qualidade são capazes de potencializar o surgimento de inovações. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é o de investigar as possíveis relações entre práticas de gestão da qualidade e inovação, por meio da realização de um estudo empírico em organizações no estado de Sergipe. Este estudo pode ser classificado como descritivo e exploratório, adotando uma abordagem quali-quantitativa, com coleta de dados feita por survey e entrevistas. A análise quantitativa dos resultados será feita por meio técnicas de estatística multivariada, como análise fatorial confirmatória e modelagem de equações estruturais, e a parte qualitativa ficará por conta da análise de conteúdo. Após as respectivas análises, serão feitas comparações entre as partes qualitativa e quantitativa, bem como com resultados de outras pesquisas na mesma temática.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2501207 - VERUSCHKA VIEIRA FRANCA
Interno - 1662887 - MARIA ELENA LEON OLAVE
Externo ao Programa - 2496157 - DEBORA DE GOIS SANTOS

Notícia cadastrada em: 14/05/2018 10:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e