A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: MATHEUS SANTOS MACEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MATHEUS SANTOS MACEDO
DATA: 29/08/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Vídeo conferencias do PROEE
TÍTULO: Classificação da Hidrofobicidade em Isoladores Elétricos Utilizando Análise de Frequência e RNA
PALAVRAS-CHAVES: Hidrofobicidiade, Isoladores Poliméricos, Processamento Digital de Imagens, Rede Neural Artificial, STRI.
PÁGINAS: 95
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
RESUMO:

As linhas de transmissão realizam o transporte da energia produzida nas centrais geradoras até os centros de distribuição. Nessas linhas, os isoladores desempenham o papel de segregar regiões de potencial elétrico diferente, enquanto realizam a função mecânica de suporte dos cabos. Devido à natureza da sua função, os isoladores estão expostos a esforços elétricos e mecânicos durante toda sua vida útil, além de suportarem a ação do meio ambiente através da irradiação solar, humidade, poluição e demais intempéries. No que tange aos isoladores de alta tensão do tipo polimérico, muito empregados no cenário atual, esses esforços levam à diminuição da sua hidrofobicidade de superfície, permitindo que a umidade se acumule sobre o isolador, facilitando o aumento da corrente de fuga e a probabilidade de ocorrência de uma descarga disruptiva (flashover). Nesse sentido, o presente trabalho apresenta uma metodologia para avaliação e classificação da hidrofobicidade de superfície de isoladores de alta tensão do tipo polimérico com base no método proposto pelo Swedish Transmission Research Institute (STRI). A classificação proposta é realizada de forma automática, utilizando uma rede neural artificial do tipo Perceptron de Múltiplas Camadas, com base no processamento digital de imagens, utilizando informações de frequência espacial. Um método para segmentação de imagens de hidrofobicidade produzidas sob iluminação não uniforme e com baixo contraste também é proposto. Ademais, uma base de imagens contendo 1200 amostras de superfície hidrofóbica em vários estágios de degradação foi criada. Imagens de uma coluna isolante coletadas no ambiente de uma subestação de 500 kV também foram utilizadas para validar o método. Os resultados obtidos foram comparados com outros dois métodos da literatura e pôde-se perceber que a metodologia desenvolvida foi capaz de segmentar e classificar com sucesso imagens de hidrofobicidade de superfície, obtendo uma taxa de acerto superior a 78% para a base de dados utilizada.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1229246 - GEORGE VICTOR ROCHA XAVIER
Presidente - 2178222 - JUGURTA ROSA MONTALVAO FILHO
Externo à Instituição - MARCUS TULIUS BARROS FLORENTINO

Notícia cadastrada em: 16/08/2022 16:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5