A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: VINICIUS DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VINICIUS DE OLIVEIRA
DATA: 14/07/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Vídeo conferencias do PROEE
TÍTULO: Avaliação de medidas de prevenção e combate a perdas não técnicas na distribuição de energia elétrica
PALAVRAS-CHAVES: Apoio a decisão multicritério, distribuição de energia elétrica FITradeoff, perdas comercias, perdas não-técnicas.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
RESUMO:

Esse trabalho tem por objetivo avaliar as medidas comumente aplicadas pelas concessionárias distribuidoras de energia na prevenção e combate a perdas não-técnicas, e assim contribuir com o desenvolvimento de estratégias de decisão para o enfrentamento deste problema. As perdas não-técnicas ou perdas comerciais, são perdas de energia elétrica causadas por fraudes e furtos nos circuitos de distribuição. As formas de fraude são as mais diversas possíveis e modificam-se constantemente, fazendo com que seja assunto prioritário em empresas e órgãos reguladores do setor elétrico. A metodologia empregada nesta pesquisa pretende ordenar as ações, de forma a começar pelas que geram os melhores resultados para redução das perdas não-técnicas. As intervenções analisadas foram: regularização de consumidores clandestinos, blindagem do padrão de medição, substituição de medidores, externalização da medição, suspensão do fornecimento de energia para unidades auto religadas e religação a partir de renegociação. Nesse contexto, o estudo realiza observações em 45 circuitos de distribuição que atendem mais de 5.000 consumidores, a fim de coletar informações sobre irregularidades no consumo de energia. Os diagnósticos de cada circuito contemplam três momentos distintos, o primeiro realizado antes da aplicação de ações para o combate a perdas não-técnicas (em média há 10 anos atrás), o segundo feito logo após as intervenções, e o último preparado em 2021. Com a análise das informações coletadas é possível descrever por meio de atributos a anatomia das perdas não-técnicas nestas áreas. Por fim, esta pesquisa tem como propósito desenvolver um modelo, baseado no método de apoio a decisão multicritério Flexible and Interactive Tradeoff, que seja capaz de sustentar de forma axiomática as deliberações dos agentes do setor elétrico responsáveis pela definição das ações de enfrentamento a perdas não-técnicas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1767370 - ANA PAULA HENRIQUES GUSMAO DE ARAUJO LIMA
Presidente - 1532728 - DOUGLAS BRESSAN RIFFEL
Externo à Instituição - ESTÁCIO TAVARES WANDERLEY NETO

Notícia cadastrada em: 30/05/2022 13:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r17715-9ce6d7c69e