A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JAMES ROCHA SMITH

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAMES ROCHA SMITH
DATA: 21/10/2022
HORA: 14:00
LOCAL: meet.google.com/ohp-svky-fug
TÍTULO: MATERIAIS PARA O ENSINO DE PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA SOB UMA PERSPECTIVA INTERCULTURAL: DIFERENÇAS ENTRE BRASIL E ITÁLIA
PALAVRAS-CHAVES: Manual didático; PLE; Interculturalidade; Abordagem comunicativa intercultural
PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

A abordagem comunicativa intercultural para o ensino de línguas é impulsionada desde os anos de 1970 mundo afora, graças aos avanços nos estudos da Linguística Aplicada. Com isso, linguistas e editoras iniciaram mobilizações para a criação de materiais didáticos que levassem em conta o elemento cultural associado ao aprendizado de língua. No Brasil, durante a década de 1980, a produção de manuais didáticos de português brasileiro apresentou um crescimento considerável, com livros didáticos que encontramos até hoje em livrarias. Diante disso, o presente trabalho visa a analisar dois dos livros voltados ao ensino de PLE, utilizados no Brasil e na Itália, em contexto de imersão e de não-imersão, alinhados à abordagem comunicativa intercultural em suas práticas. Trata-se de uma pesquisa documental que busca depreender do corpus constituído pelas práticas pedagógicas encontradas nos dois recursos didáticos as propostas que tratam de aspectos culturais/interculturais. Por ser uma pesquisa qualitativa, os resultados podem servir de referência para outras investigações e práticas docentes que tenham interesse pela análise de livros didáticos de PLE em uso na contemporaneidade. Além disso, esta dissertação pretende apresentar reflexões que permitam colaborar com a escolha de materiais por parte dos professores que estejam à procura de livros que queiram promover a consciência de que o aprendizado de um novo idioma inclui entender as características culturais, bem como os mecanismos que possibilitam produzir expressões linguístico-discursivas adequadas a cada situação comunicativa. Especificamente, observou-se preliminarmente que o livro publicado no Brasil propicia questionamentos sobre os aspectos culturais, por meio de momentos de discussão sobre a cultura brasileira; por sua vez, o livro publicado na Itália, parece requerer um esforço maior do professor na criação de momentos de discussão sobre a cultura brasileira. A partir das reflexões elaboradas inicialmente, na continuidade da pesquisa, pretende-se aprofundar a comparação do livro produzido no Brasil com o que se encontra em circulação na Itália, a fim de possa ocorrer uma descrição mais detalhada da organização didática das práticas que possam ser planejadas a fim de que haja articulação entre teoria e prática na análise e compreensão dos possíveis caminhos para o desenvolvimento da perspectiva intercultural seja efetivada no ensino de PLE.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2026538 - ISABEL CRISTINA MICHELAN DE AZEVEDO
Interno - 3043502 - ROANA RODRIGUES
Interno - 013.173.275-78 - CEZAR ALEXANDRE NERI SANTOS
Externo à Instituição - EDUARDO LOPES PIRIS
Externo à Instituição - ALESSANDRA MONTERA ROTTA

Notícia cadastrada em: 20/09/2022 09:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18154-6e174eae4e