A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Aceito
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GRAZIELE THAINÁ MACIEL LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GRAZIELE THAINÁ MACIEL LIMA
DATA: 10/12/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Google meet
TÍTULO: Gramáticas Virtuais de Língua Portuguesa: a formação do aluno contemporâneo no espaço digital
PALAVRAS-CHAVES: Gramática; Espaço Virtual; Multiletramentos; Multimodalidades.
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

Para estudar a formação do aluno contemporâneo no espaço digital através da adesão às Gramáticas Virtuais em Língua Portuguesa, foi necessário, primeiramente, trazer à mente o que dizem alguns estudiosos sobre esse assunto. Conforme elucida Menezes de Souza (2011), a percepção da história constitui e afeta a percepção do presente. Desse modo, para Auroux (1992), a gramatização diz respeito ao processo de instrumentalização de uma língua na base de duas tecnologias: o dicionário e a gramática. Assim sendo, o nosso projeto com um viés nos multiletramentos e nas multimodalidades tem o propósito de estudar as Gramáticas Virtuais de Língua Portuguesa, a fim de observar a formação do estudante nesse ciberespaço que manifesta a presença desses instrumentos linguísticos em sites. Para isso, analisamos três Gramáticas Virtuais em LP disponibilizadas em três sites, para identificar suas características em um espaço multimodal. Com isso, pretendemos identificar os conteúdos abordados nesses materiais e como eles são trabalhados para verificar os recursos multimodais (escrito, som, imagem, movimento, vídeo etc.) utilizados para ensinar os assuntos. Como também, queremos traçar um estudo sobre o ensino de gramática na prática do estudante contemporâneo. A proposta deste estudo efetiva-se a partir dos métodos orientados pela pesquisa documental (GIL, 2002), qualitativa (ANDRÉ, 2004) e interpretativista (MOITA LOPES, 1994). Diante disso, com relação ao modo de tratar o corpus, esses instrumentos linguísticos foram retirados de alguns sites no ambiente virtual e capturados em forma de imagem. São eles: “Nova Gramática On-line”, “Gramática.net.br” e “Norma culta: língua portuguesa em bom português”. Os resultados, ainda em fase inicial, evidenciam que esses instrumentos de ensino são resistentes ao que se preconiza nas novas diretrizes (PCN, 1998) e (BNCC, 2017; 2019) para o ensino da língua: a mudança da frase para o texto; a adesão de recursos multimodais e o uso de recursos que poderiam facilitar a compreensão dos conteúdos gramaticais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2329868 - ANA KARINA DE OLIVEIRA NASCIMENTO
Interno - 1324031 - VANDERLEI JOSE ZACCHI
Externo ao Programa - 1997467 - MARLENE DE ALMEIDA AUGUSTO DE SOUZA
Externo ao Programa - 3308805 - MARIA AMÁLIA VARGAS FAÇANHA

Notícia cadastrada em: 29/11/2021 09:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r16940-437a7ad548