A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: ADRIANO MAX DE CAMURÇA LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANO MAX DE CAMURÇA LIMA
DATA: 20/02/2020
HORA: 08:00
LOCAL: Mini Auditório do CCET UFS
TÍTULO: AVALIAÇÃO DE INIBIDORES DE DEPOSIÇÃO INORGÂNICA APLICADOS PARA PREVENIR A PRECIPITAÇÃO DE CARBONATO DE CÁLCIO
PALAVRAS-CHAVES: Incrustação, Carbonato de Cálcio, Eficiência de inibição, Inibidores.
PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Tecnologia Química
ESPECIALIDADE: Petróleo e Petroquímica
RESUMO:

A variação de temperatura e pressão durante a produção de petróleo configura um cenário propício para o surgimento de depósitos inorgânicos. Ocasionada pelas variações nestes parâmetros e pelos minerais dissolvidos na água produzida com o petróleo, a precipitação mineral provoca inúmeros problemas nos setores industriais. A aplicação de inibidores se faz necessária para retardar ou evitar a deposição inorgânica em máquinas e equipamentos envolvidos nos processos produtivos. Neste trabalho foi avaliada a eficiência de inibição de seis produtos comerciais à base de fosfonato utilizados para prevenir a deposição de CaCO3. O ácido dietileno triaminopentametileno fosfônico (DETPMP) e o ácido amino trismetileno fosfônico (ATMP) comumente utilizados, e quatros produtos novos, o petrolab A (PLBA), petrolab B (PLBB), petrolab C (PLBC) e petrolab D (PLBD). Os testes foram realizados variando-se as temperaturas e dosagens de aplicação dos inibidores. As análises para determinar a concentração de cátions de cálcio foram feitas através da Espectrofotometria de Absorção Atômica. A microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) foi realizada para investigar alterações morfológicas nos cristais provenientes das soluções em que os inibidores apresentaram os melhores resultados. Os resultados mostraram que o ATMP apresentou melhor resultado na temperatura de 60ºC e os inibidores PLBC e PLBD apresentaram melhores resultados nos testes realizados a 80ºC e 100ºC respectivamente. Os cristais provenientes dos experimentos apresentaram deformações morfológicas, com cada inibidor atuando de maneira distinta nas superfícies cristalinas. O teste dinâmico de eficiência revelou que comportamento do inibidor selecionado está diretamente ligado às condições e a configuração do cenário de aplicação do produto, o inibidor PLBD apresentou desempenhos distintos no cenário sintético e no cenário real.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2178474 - ROBERTO RODRIGUES DE SOUZA
Interno - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Externo ao Programa - 1542165 - JOSE JAILTON MARQUES

Notícia cadastrada em: 17/02/2020 10:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5