A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: NAYARA VILHENA AGUIAR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NAYARA VILHENA AGUIAR
DATA: 12/09/2019
HORA: 10:00
LOCAL: sala de seminários -PEQ
TÍTULO: EMULSÕES FOTOPROTETORAS LÍQUIDO-CRISTALINAS PRODUZIDAS COM ÓLEO ESSENCIAL DE PIMENTA ROSA (Schinus terebinthifolius Raddi)
PALAVRAS-CHAVES: Pimenta rosa, extração, óleo essencial, emulsão, cristais líquidos, fator de proteção solar.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Processos Industriais de Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Processos Orgânicos
RESUMO:

A incidência dos raios solares ultravioletas (UV) na pele, sem a devida proteção, pode causar o surgimento de eritemas, edemas, melasmas e até câncer de pele, tornando relevante o desenvolvimento de pesquisas que resultem em novas formulações fotoprotetoras. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade de fotoproteção de emulsões líquido-cristalinas produzidas com óleo essencial extraído por hidrodestilação de pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi). A avaliação da cinética do processo de extração mostrou que o óleo disponível na superfície da pimenta rosa foi extraído simultaneamente ao encontrado no seu interior, com constante cinética da etapa de lavagem k1 igual a 0,1324 min-1 e constante cinética da etapa de difusão k2 igual a 0,0074 min-1 e com rendimento aproximado de 1,81% (m/m). A determinação de compostos voláteis do óleo foi realizada por cromatografia gasosa acoplada a espectrômetro de massas, identificando a presença majoritária de monoterpenos (δ-3-careno, α-pineno, α-felandreno e silvestreno). A atividade antioxidante do óleo essencial, avaliada por IC50 e pelo índice de atividade antioxidante (IAA) foi de 473,67 μg mL-1 e de 0,099, respectivamente. O óleo apresentou concentração de fenóis totais de 21,31 mg EAG g-1 de óleo, fator de proteção solar (FPS) de 12,52 e não apresentou citotoxicidade nas concentrações de 12,5, 25 e 200 μg mL-1. As emulsões são consideradas fluidos pseudoplásticos, de acordo com a curva de fluxo realizada por análise reológica, permitindo melhor espalhamento e cobertura na pele. A presença de cristais líquidos cúbicos nas emulsões foi confirmada por microscopia de luz polarizada e reologia oscilatória. As emulsões produzidas mostraram-se com média capacidade de proteção solar com FPS acima de 19. Portanto, o uso de óleo essencial de resíduo agroindustrial de pimenta rosa mostrou potencialidade para produção de emulsões fotoprotetoras líquido-cristalinas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2462308 - EDILSON DE JESUS SANTOS
Interno - 1307447 - PAULO HENRIQUE LEITE QUINTELA
Externo ao Programa - 2698666 - INAURA CAROLINA CARNEIRO DA ROCHA
Externo ao Programa - 2337777 - ROGERIA DE SOUZA NUNES

Notícia cadastrada em: 03/09/2019 16:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5