A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ARIADINE BITENCOURT BARROSO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ARIADINE BITENCOURT BARROSO
DATA: 04/07/2018
HORA: 14:00
LOCAL: LAMSIMPRO
TÍTULO: APLICAÇÃO DE MÉTODOS HEURÍSTICOS DE OTIMIZAÇÃO PARA A ESTIMAÇÃO DE PARÂMETROS DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES
PALAVRAS-CHAVES: Modelos matemáticos, lodo ativado, tratamento de efluente e estimação de parâmetros.
PÁGINAS: 10
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Processos Industriais de Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Processos Bioquímicos
RESUMO:

Diferentes modelos matemáticos para a predição das principais variáveis do projeto para uma estação de tratamento de efluentes (ETE) estão propostos na literatura. Esses modelos são importantes para prever o desempenho do processo sob diversas condições operacionais, além de possibilitarem uma análise econômica, bem como da viabilidade de sua implantação. Uma das dificuldades de utilização desses modelos é o elevado número de parâmetros que devem ser conhecidos. Assim, o principal objetivo deste trabalho foi realizar a estimação de parâmetros cinéticos de modelos matemáticos típicos de Estação de Tratamento de Efluente que utiliza o sistema de lodo ativado. Foram escolhidos quatro modelos citados na literatura para a realização do estudo, sendo que o modelo conhecido de Bournazou foi utilizado para realizar as primeiras estimações. Os parâmetros escolhidos foram Yanox, YHear, YA1, YA2, YA3, Sts e µH1. Os modelos escolhidos foram implementados em FORTRAN, resolvidos com a aplicação da sub-rotina DASSL e os parâmetros cinéticos foram estimados por meio do programa ESTIMA associado ao algoritmo Enxame de Partículas. Os dados experimentais utilizados para a estimação foram as concentrações de NH4, NO2, NO3, O2 e substrato ao longo de 10 h de operação. A alimentação de oxigênio foi ajustada para ser inserida no processo a cada 3 h durante o período já citado. Os resultados encontrados para o melhor ajuste relacionado ao primeiro modelo forneceram os seguintes valores para os parâmetros, Yanox = 0,1608 gDQO/gDQO, YHear = 0,3532 gDQO/gDQO, YA1 = 0,5038 gDQO/gN, YA2 = 0,5018 gDQO/gN, YA3 = 0,4068 gDQO/gN, Sts = 2,9048 e µH1 = 4,0629x10-3 h-1.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1715065 - ROGERIO LUZ PAGANO
Interno - 2581604 - CRISTINA FERRAZ SILVA
Interno - 6426189 - ANTONIO SANTOS SILVA

Notícia cadastrada em: 26/06/2018 09:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18154-6e174eae4e