A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VANESSA DAIANY VIEIRA MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANESSA DAIANY VIEIRA MEDEIROS
DATA: 22/12/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Laboratório de Modelagem e Simulação
TÍTULO: Estabelecimento de uma base de informações para a parte arbitrária da força de interação em uma suspensão particulada
PALAVRAS-CHAVES: Suspensão particulada, Interação arbitrária, Modelagem matemática
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
RESUMO:

O escoamento em meios porosos é relevante em diversas áreas de interesse científico e tecnológico. É possível citar uma série de operações unitárias, concernentes à Engenharia de Processos Químicos, envolvendo sua aplicação, como em reatores de leito fixo, filtração, secagem, cromatografia, adsorção, conversores catalíticos para a redução de poluentes automotivos, sedimentação, transporte de sólidos por arraste de fluidos, dentre outras. A ampla aplicação do processo de escoamentos em meios porosos requer, cada vez mais, estudos sobre formulações teóricas, visando uma modelagem mais generalizada que contemple o aparecimento de novos termos nas equações de balanços, como o poder das forças de interação e acoplamentos termodinâmicos, inclusive grandezas arbitrárias quando há algum tipo de restrição. Neste sentido pode ser destacada a formulação teórica para um meio poroso com restrição de incompressibilidade, modelado pela teoria contínua de misturas sem reações químicas, que quando aplicada ao movimento de uma suspensão particulada com restrição de incompressibilidade fornece equações de balanços envolvendo grandezas arbitrárias, onde o relacionamento entre grandezas produz várias formas de sistemas de equações para o movimento de tal suspensão. Soluções exatas, obtidas de um dos sistemas de equações, são usadas para modelagem matemática do movimento gravitacional de suspensões particuladas com restrição de incompressibilidade em proveta, a qual envolve sub-regiões que variam com o tempo e são delimitadas por interfaces em movimento, onde podem ser destacadas as regiões de sedimentação livre e de transição. A região de sedimentação livre é caracterizada pela solução exata constante. A região de transição é caracterizada pela solução exata obtida da suposição velocidade função da porosidade. A compatibilização de tais soluções estabelece os movimentos da onda de aceleração e das interfaces (interface superior descendente e interface inferior ascendente) que dependem de três parâmetros básicos: a velocidade da onda de aceleração, o ponto de encontro entre a onda de aceleração e a interface superior descendente e o ponto de encontro entre as duas interfaces. Para o cálculo desses parâmetros, duas funções velocidades, que podem ser comparadas com dados experimentais disponíveis na literatura, são estabelecidas. Em seguida, são propostas equações para as partes constitutivas da força de interação e de cada tensor tensão, e é possível estabelecer uma base preliminar de informações para o estudo do movimento de uma suspensão particulada com restrição de incompressibilidade. Finalmente, com uso da base preliminar estabelecida, a equação para o cálculo da parte arbitrária da força de interação é determinada.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6426189 - ANTONIO SANTOS SILVA
Interno - 2222671 - PEDRO LEITE DE SANTANA
Interno - 2462308 - EDILSON DE JESUS SANTOS
Externo ao Programa - 426263 - JOSE CARLOS LEITE DOS SANTOS

Notícia cadastrada em: 04/12/2017 17:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5