A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CAROLINA BARBOSA RÊGO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CAROLINA BARBOSA RÊGO
DATA: 16/05/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do CCET
TÍTULO: CONVERSÃO CATALÍTICA DE ALQUILAROMÁTICOS SOBRE CATALISADORES MICRO-MESOPOROSOS EM REATOR GÁS-SÓLIDO DE LEITO FIXO VISANDO À OBTENÇÃO DE OLEFINAS
PALAVRAS-CHAVES: HZSM-5, MCM-41, sílica mesoporosa, craqueamento catalítico, olefinas.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Tecnologia Química
ESPECIALIDADE: Petróleo e Petroquímica
RESUMO:

Processos de conversão de cargas pesadas de petróleo sobre catalisadores heterogêneos são atualmente bastante importantes no contexto das refinarias nacionais, onde cargas de petróleo pesado como o gás óleo de vácuo apresentam baixo valor agregado e se tornam potenciais materias primas para derivados mais nobres. Estes processos podem ser aprimorados e essas cargas valorizadas obtendo-se produtos de alto valor agregado, principalmente GLP, gasolina e olefinas. O objetivo deste trabalho foi estudar o desenvolvimento de catalisadores heterogêneos micro-mesoporosos e sua aplicação na reação modelo de conversão de isopropilbenzeno em microreator catalítico de leito fixo com fluxo contínuo visando a obtenção de olefinas. Os catalisadores micro-mesoporosos do tipo HZSM-5/MCM-41, HZSM-5/SM, La/HZSM-5/MCM-41 e La/HZSM-5/SM foram sintetizados através do método de mecanosíntese e impregnação por via úmida, respectivamente. Os catalisadores foram caracterizados por difração de raios-X (DRX), adsorção de nitrogênio a 77 K, análise térmica via TG/DTG e através de reações com molécula modelo. Isopropilbenzeno foi usado como molécula modelo e a conversão em olefinas foi avaliada através da formação de propeno. Os difratogramas de raios-X indicaram que os catalisadores sintetizados apresentam os picos característicos da estrutura microporosa (zeólita ZSM-5), da estrutura da sílica mesoporosa desordenada (SM) e da sílica mesoporosa (MCM-41) com alto grau de ordenação hexagonal. Para os catalisadores contendo lantânio, picos devido à presença de óxido de lantânio também foram identificados. Os resultados indicaram que o catalisador compósito La/HZSM-5/MCM-41 foi o mais promissor na conversão do isopropilbenzeno e com alta produção de propeno.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1515782 - MARCELO JOSE BARROS DE SOUZA
Interno - 1542165 - JOSE JAILTON MARQUES
Externo à Instituição - RENAN TAVARES FIGUEIREDO

Notícia cadastrada em: 18/04/2016 12:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5