A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAROLINE LEITE DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAROLINE LEITE DA SILVA
DATA: 29/04/2016
HORA: 16:00
LOCAL: Miniauditório do CCET
TÍTULO: ESTUDO DA DINÂMICA DA FERMENTAÇÃO EM PROCESSO SEMICONTÍNUO PARA PRODUÇÃO DE ETANOL
PALAVRAS-CHAVES: etanol, reator semicontínuo, modelo cinético
PÁGINAS: 63
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Processos Industriais de Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Processos Bioquímicos
RESUMO:

Neste trabalho foi realizado o estudo cinético da fermentação em batelada e semicontínuo com o objetivo de descrever a produção de etanol utilizando a levedura Saccharomyces cerevisiae. A fermentação alcoólica foi realizada em biorreator sob agitação de 175 rpm, condição de temperatura igual a 32ºC e pH igual a 3,0 para um tempo de 60h. Com o intuito de descrever o comportamento do crescimento microbiano, da formação de produto e do consumo de substratos foram propostos três modelos matemáticos: um modelo clássico baseado nos balanços de massa para o reator batelada; um modelo baseado na cinética microbiana ponderada pela concentração máxima de microrganismo; e, por último, um modelo proposto na tentativa de prever o comportamento de decaimento celular observado experimentalmente. O modelo que melhor se ajustou aos dados experimentais foi o modelo clássico proposto com base na cinética de Monod. Todos os modelos foram implementados em FORTRAN e resolvidos aplicando a sub-rotina DASSL, por fim, o programa ESTIMA foi utilizado para realizar a estimação dos parâmetros cinéticos de cada modelo, a função objetivo adotada foi a de mínimos quadrados. Os valores estimados dos parâmetros obtidos para o modelo que melhor se ajustou aos dados experimentais foram estatisticamente significativos e fisicamente realistas e descreveram com boa precisão os dados experimentais: µmáx = 0,1155 h-1; K1 = 0,8984 h-1; K = 0,4738 h-1; YX/S = 0,0242; YX/P = 0,0451 e KS = 24,3852 g.L-1.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1715065 - ROGERIO LUZ PAGANO
Interno - 1688806 - ANDRE LUIS DANTAS RAMOS
Externo ao Programa - 690.948.450-91 - FRANCINE FERREIRA PADILHA

Notícia cadastrada em: 15/04/2016 15:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18160-36a7f68df5