Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: AUDREY ROUSE SOARES TAVARES SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: AUDREY ROUSE SOARES TAVARES SILVA
DATA: 14/12/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 04 da Did VI
TÍTULO: Desenvolvimento de sistema micelar polimérico contendo monoterpeno com ação leishmanicida
PALAVRAS-CHAVES: Leishmania braziliensis, poloxâmeros, polímero tribloco, 3-careno
PÁGINAS: 42
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

As leishmanioses são doenças que apresentam elevada incidência e alta morbidade na população. Exibem manifestações clínicas que pode afetar pele e mucosas ou vísceras. Que geralmente resultam em cicatriz hipopigmentada, lesões não ulceradas distribuídas pelo corpo, deformações na face ou mesmo morte, se não tratada adequadamente. Os medicamentos empregados no tratamento das leishmanioses estão relacionados a um elevado custo financeiro, longo tempo de tratamento, alta toxicidade e eficácia variável. Nesse cenário, novos medicamentos são necessários e produtos naturais se destacam como fonte de novos ativos. O 3-careno, monoterpeno hidrocarbonado, apresentou atividade frente a Leishmania donovani e Leishmania amazonensis. Em pesquisa recente do nosso grupo foi identificada uma elevada toxicidade do 3-careno em amastigotas intracelulares de L. amazonensis. A partir desses dados, o objetivo desse trabalho foi desenvolver micelas poliméricas contendo 3-careno com atividade leishmanicida. Com isso, o 3-careno foi formulado em micelas de polaxâmeros a fim de ser veiculado em meio aquoso e melhorar sua eficácia. Foram obtidas micelas unitárias de P407 e binárias de P407 e P231 contendo 1 mg/mL de 3-careno. Quando caracterizadas, apresentaram tamanho de 18,12 a 29,10 nm, índice de polidispersão menores que 0,5, comportamento reológico de fluido newtoniano e padrões de espalhamento de raios-X a baixo ângulo (SAXS) típico de micelas. Não apresentaram citotoxicidade em células de linhagem L929, nem contra a espécie de Leishmania braziliensis após 24 h de tratamento. Estudos que avaliem as formulações por um período mais longo de tratamento e em outras espécies de leishmania são necessários.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1070197 - CRISTIANE BANI CORREA
Externo ao Programa - 2208516 - ROBERTA PEREIRA MIRANDA FERNANDES
Presidente - 1703964 - SILVIO SANTANA DOLABELLA
Interno - 1337195 - SOCRATES CABRAL DE HOLANDA CAVALCANTI
Interno - 1658460 - VICTOR HUGO VITORINO SARMENTO
Notícia cadastrada em: 29/11/2018 07:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10803-399c5c35c