Notícias

Banca de DEFESA: SABRINA CERQUEIRA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SABRINA CERQUEIRA SANTOS
DATA: 24/02/2018
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do DFA
TÍTULO: Desenvolvimento de um instrumento para documentar a prática da Dispensação de medicamentos prescritos
PALAVRAS-CHAVES: Farmácias comunitárias; Farmacêuticos; Dispensação; Documentação; Instrumento; Validação
PÁGINAS: 108
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Introdução: os serviços clínicos farmacêuticos, como a Dispensação, têm influência importante sobre a racionalidade do uso de medicamentos. Para qualificar esse serviço, a documentação é uma das etapas essenciais no processo de cuidado, porque gera quantidade de informações específicas e possibilita a avaliação dos resultados. Contudo, no Brasil não existem modelos de documentação aplicáveis à prática da Dispensação. Objetivos: desenvolver e validar um instrumento para documentar a prática da Dispensação de medicamentos prescritos. Metodologia: foi realizado um estudo de desenvolvimento metodológico de fevereiro de 2017 a outubro de 2018, em duas etapas: (i) desenvolvimento do instrumento e (ii) validação de conteúdo do instrumento desenvolvido. A fase de desenvolvimento compreendeu três etapas: (i) elaboração do protótipo com base em revisão sistemática; (ii) brainstorming e (iii) pré-Delphi. Posteriormente foi realizado o processo de validação de conteúdo do instrumento por meio da técnica Delphi. O instrumento foi enviado a 40 especialistas, com experiência em Dispensação, no formato online, via plataforma Google Forms. Os mesmos foram instruídos a avaliarem o instrumento de acordo com a forma e o conteúdo. O consenso foi calculado por meio do Índice de validade de conteúdo (IVC) e os itens foram considerados validados com valores de IVC > 0,80. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe e todos os participantes assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Resultados: na etapa de desenvolvimento foram geradas três versões do instrumento: protótipo; versão 1 (alterado após o brainstorming) e versão 2 (alterado após o pré-Delphi). No processo de validação de conteúdo da versão 2 do instrumento, 23 especialistas retornaram sua avaliação na primeira rodada do Delphi (taxa de retorno de 57,5%) e 17 na segunda (taxa de retorno de 73,9%). Todos os itens obtiveram IVC > 0,83, sendo considerados validados. O instrumento final compreendeu as seguintes seções: informações gerais, identificação de problemas técnicos e legais da prescrição, conduta para a resolução de problemas técnicos e legais da prescrição, medicamentos dispensados, suspeita de problema relacionado ao medicamento (PRM), orientação verbal, orientação escrita, encaminhamento e resultado do encaminhamento. Conclusão: o instrumento desenvolvido e validado apresenta as principais variáveis que devem ser documentadas durante o processo da Dispensação. Assim, o instrumento proposto poderá ser uma ferramenta útil para qualificar esse serviço e aprimorar o processo de cuidado.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 949.166.594-49 - ALFREDO DIAS DE OLIVEIRA FILHO
Externo à Instituição - DANIEL TENÓRIO DA SILVA
Presidente - 1315121 - DIVALDO PEREIRA DE LYRA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 08/02/2018 15:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r10803-399c5c35c