Notícias

Banca de DEFESA: FABIO KOVACEVIC PACHECO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FABIO KOVACEVIC PACHECO
DATA: 29/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do DFA
TÍTULO: Caracterização dos Estilos de Aprendizagem dos Discentes do Curso de Farmácia de um Centro Universitário da Região do Agreste Bahiano.
PALAVRAS-CHAVES: metodologias-ativas, Kolb, estilos de aprendizagem, educação farmacêutica
PÁGINAS: 47
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Gradativamente a percepção de aspectos específicos da educação está sofrendo alterações, as necessidades profissionais evoluem constantemente e demandam uma formação profissional continuada. Espera-se que os novos profissionais, sejam formados na perspectiva de habilidades e competências que ultrapassem o limite técnico-científico, sendo capazes de criar, planejar, implementar e avaliar políticas e ações em saúde para a população e, concomitantemente, resolver problemas. Assim, novas formas de ensino vem sendo desenvolvidas na tentativa de abranger essas necessidades tanto do mercado de trabalho bem como dos profissionais em formação. Essas metodologias são as chamadas ativas, onde o aluno se torna o centro do processo de aprendizagem, não sendo mais o professor o único detentor do conhecimento, sendo aquele que meramente transmite o conhecimento acumulado. Nesta perspectiva, surgiu a necessidade de se compreender se a utilização dessas metodologias é capaz de desenvolver senso crítico nos alunos em formação, como o que se estabelece na literatura, a partir da análise dos seus estilos de aprendizagem ao longo do tempo de formação. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi de Caracterizar os estilos de aprendizagem, a partir da aplicação do ILS, entre estudantes de graduação do curso de Ciências Farmacêuticas do Centro Universitário AGES (UniAGES), no Campus de Paripiranga/BA. Foi realizado um Estudo de Caso, descritivo com delineamento transversal e observacional. Foram avaliados os estilos de aprendizagem de 137 estudantes de diferentes períodos e diferentes turnos da referida IES e dados sociodemográficos e socioeducacionais. A partir do cálculo da média dos scores atingidos no ILS, obteve-se que o Estilo de Aprendizagem predominante era o Divergente (51,1%), seguido do Assimilador (34,3%). Entre os estudantes do sexo feminino também houve a predominância do Estilo Divergente (55,3%) e entre os estudantes do sexo masculino os Estilos Divergente (41,9%) e Assimilador (41,9%) foram responsáveis pelo enquadramento de estilos. O estilo divergente foi predominante na maioria das análises, onde levou-se em consideração período, turno e empregabilidade. Acredita-se que os resultados obtidos refletem o perfil dos estudantes da referida IES, que é privada e apresenta uma estruturação diferenciada de outras IES públicas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1334092 - FRANCILENE AMARAL DA SILVA
Externo à Instituição - FRANCISCO JOSÉ BARBOSA
Presidente - 1694328 - WELLINGTON BARROS DA SILVA
Notícia cadastrada em: 20/03/2017 10:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10787-147c949b3