Notícias

Banca de DEFESA: ANDRÉ LUIZ RODRIGUES DE ALBUQUERQUE OMENA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRÉ LUIZ RODRIGUES DE ALBUQUERQUE OMENA
DATA: 18/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Prodema
TÍTULO: MAPEAMENTO DAS AÇÕES AMBIENTAIS NO ÂMBITO DOS TERRITÓRIOS DA CIDADANIA DE SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: territórios da cidadania de Sergipe; plano territorial de desenvolvimento rural sustentável; colegiados territoriais; projetos ambientais.
PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Lançado no ano de 2008, o Programa Territórios da Cidadania foi concebido como uma estratégia para o alcance do desenvolvimento regional sustentável e a garantia de direitos sociais. Voltado às regiões mais pobres do país, toma como base a integração entre as três esferas governamentais e a sociedade, mediante a construção de um Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável (PTDRS). O estado de Sergipe conta com quatro Territórios da Cidadania (Alto Sertão, Baixo São Francisco, Sertão Ocidental e Sul Sergipano). Entretanto, sente-se a falta de dados que possam revelar os resultados alcançados pelo programa em nível estadual, especialmente no que diz respeito à contribuição na esfera ambiental, com fins a um modelo de desenvolvimento rural pautado na sustentabilidade. Diante dessa realidade, pretendeu-se avaliar em que medida a dimensão ambiental encontra-se contemplada nos PTDRS dos Territórios da Cidadania de Sergipe. A pesquisa, de caráter quali-quantitativo, adotou o enfoque exploratório sendo consubstanciada com as informações obtidas nas entrevistas realizadas junto a representantes dos Colegiados Territoriais, na observação participante, nos relatórios de execução do programa e na literatura utilizada como referência para o estudo. Os dados obtidos permitem afirmar que a questão ambiental se configura um grande desafio para que as ações desenvolvidas nos Territórios da Cidadania de Sergipe se estabeleçam sobre bases sustentáveis, assim como preceitua o programa. Apesar dos avanços alcançados no que se refere à gestão social do território, mediante o empoderamento e participação ativa da sociedade, tanto nos debates quanto nas proposituras, os mecanismos de controle das ações ambientais por parte da sociedade civil nos Territórios da Cidadania de Sergipe ainda carecem de melhorias, com intervenções mais qualificadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 597.824.555-04 - DANIELA VENCESLAU BITENCOURT
Externo à Instituição - EDINALDO BATISTA DOS SANTOS
Interno - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA
Externo à Instituição - ISABEL CRISTINA BARRETO ANDRADE
Notícia cadastrada em: 17/02/2019 09:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2019 - UFRN - carauna.ufs.br.carauna1 v3.5.16 -r7005-8aafe2a09