A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MONICA DOS SANTOS FERREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MONICA DOS SANTOS FERREIRA
DATA: 29/07/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Miniauditorio do CCET
TÍTULO: CÁLCULOS TEÓRICOS DE PARÂMETROS JUDD-OFELT: MODELOS PARA ESTUDO DE SISTEMAS LUMINESCENTES CONTENDO ÍONS EURÓPIO TRIVALENTES.
PALAVRAS-CHAVES: Teoria de Judd-Ofelt, Parâmetros de Intensidade, Európio, Processos de transferência de energia, Rendimento Quântico de Emissão.
PÁGINAS: 122
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
RESUMO:

A Teoria de Judd-Ofelt revolucionou os estudos espectroscópicos de lantanídeos, possibilitando descrever, comparar e prever espectros eletrônicos de íons lantanídeos com elevada precisão por meio dos parâmetros Ωλ (λ=2,4 ou 6). Os parâmetros de Judd-Ofelt são necessários para o cálculo das taxas de decaimento radiativo e não radiativo, taxas de transferência e retrotransferência de energia, e com essas quantidades é possível calcular a eficiência quântica e o rendimento quântico de emissão. Contudo, até os dias atuais ainda não há um modelo puramente teórico para obter esses parâmetros. Na tentativa de solucionar esse problema buscamos nesta tese o desenvolvimento de um modelo puramente teórico para o cálculo dos parâmetros de Judd-Ofelt. Devido a experiência do nosso grupo em desenvolver métodos semiempíricos para o cálculo de estrutura eletrônica, propusemos um modelo semiempírico para o cálculo dos parâmetros de intensidade. Embora já tenhamos uma primeira versão do modelo parametrizada, ainda estamos trabalhando para melhorar a exatidão do modelo desenvolvido. Em paralelo, foram realizados três estudos teóricos/experimentais das propriedades luminescentes de sistemas contendo o íon Eu(III), nos quais obtivemos colaborações e ficamos responsáveis pela parte teórica. Nesses estudos, utilizando o software LUMPAC, o complexo [Eu(DBM)3.NTZ] foi sintetizado, teve sua geometria modelada com o Sparkle/RM1 e suas propriedades luminescentes foram calculadas, fornecendo um rendimento quântico de 45,58 %. Três novas classes de complexos foram sintetizadas e caracterizadas: [Eu(cin)3(H2O)(terpy)].H2O (1), [Eu2(cin)6(4,4'- dmbpy)2] (2) e [Eu2(cin)6(banho)2] (3). As propriedades fotoluminescentes mostraram uma relação direta com o número de coordenação e modos de coordenação dos grupos carboxilatos nas estruturas moleculares. O complexo de [Eu2(3-TAA)6(dmbpy)2] foi sintetizado e caracterizado e seu estudo de fotoluminescência mostrou que a transferência de energia do estado tripleto do ligante para o metal é eficiente. Foi possível estimar o rendimento quântico de emissão de aproximadamente 34% para o complexo de Eu(III), que sugere seu potencial uso para o desenvolvimento de dispositivos luminescentes. Dessa forma, o uso de diferentes metodologias levou a investigações pertinentes com base na estrutura dos complexos e seus respectivos parâmetros de intensidade, mostrando a Teoria Judd-Ofelt como recurso indispensável para espectroscopia.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2523631 - ELIANA MIDORI SUSSUCHI
Interno - 1495228 - IARA DE FATIMA GIMENEZ
Interno - 1199304 - NIVAN BEZERRA DA COSTA JUNIOR
Presidente - 2584227 - RICARDO OLIVEIRA FREIRE

Notícia cadastrada em: 27/06/2022 16:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18154-6e174eae4e