A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANE ANDREA ROCHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANE ANDREA ROCHA
DATA: 14/08/2022
HORA: 15:00
LOCAL: PPGCult
TÍTULO: “SOU PENEDENSE ONDE AS GUERREIRAS MORAM”: CULTURA POPULAR, COTIDIANO E RELAÇÕES SOCIAIS NO GUERREIRO TREME-TERRA NA CIDADE DE PENEDO- ALAGOAS
PALAVRAS-CHAVES: Cultura Popular; Cotidiano; Relações Sociais; Guerreiro Treme-Terra.
PÁGINAS: 127
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Os folguedos populares são manifestações culturais que retratam, em forma de celebração e resistência a vida e a história daqueles que dele participam. A presença e a atuação de mulheres em um grupo de manifestação cultural conferem a este um caráter comunal de troca de saberes e experiências. Acresce que junto ao pensamento interseccional, tanto as mulheres quanto as culturas populares enfrentam hierarquizações e silenciamentos das mais diversas ordens. Subverter as relações hierarquizantes, se empoderar e se impor na sociedade moderna líquida são os desafios do presente de quem vive e participa da cultura popular. Como objetivo, a pesquisa se propõe analisar a perspectiva das integrantes do folguedo Guerreiro Treme-Terra sobre a cultura e arte popular e o cotidiano em que estão inseridas, bem como as relações sociais estabelecidas para o grupo no enfoque e do gênero feminino, da territorialidade e da acessibilidade. No que tange aos procedimentos metodológicos a pesquisa tem como eixo principal o método da cartografia, que possibilita ao pesquisador experienciar a pesquisa de maneira subjetiva junto com as transformações no decorrer do processo. Pela melhor adequação ao que se pretende, serão feitas entrevistas semiabertas individuais e três entrevistas semiabertas com grupos focais utilizando, nestas últimas, a ferramenta photovoice. As análises serão feitas com base na perspectiva exploratória e utilizando a teoria da Análise Temática Dialógica. Nesse sentido, o esperado é que se possa compreender de maneira intrínseca a perspectiva das mulheres integrantes do Guerreiro Treme-Terra sobre o possível caráter transformador social e cultural dessa manifestação em suas vidas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2887582 - LUANA FORONI ANDRADE
Interno - 2247903 - RAPHAELA SCHIASSI HERNANDES
Interno - 1623728 - NEILA DOURADO GONCALVES MACIEL
Interno - 1528756 - FLÁVIA LOPES PACHECO
Externo à Instituição - FABIANA DE OLIVEIRA LIMA

Notícia cadastrada em: 10/08/2022 09:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18156-ca4d4a6fac