A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DJANE DA SILVA SENA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DJANE DA SILVA SENA
DATA: 27/09/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Goolgle Met
TÍTULO: FESTIVAL DE PARINTINS - POR TRÁS DOS BASTIDORES DA ÓPERA CABOCLA.
PALAVRAS-CHAVES: Cultura popular, Semiótica, Etnocenologia, Boi-bumbá e Parintins.
PÁGINAS: 92
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Artes
RESUMO:

O Festival de Parintins é um festejo popular oriundo da região Norte onde os BoisGarantido e Caprichoso duelam num grande espetáculo a céu aberto no meio dafloresta amazônica, na arena denominada bumbódromo onde personagens eelementos imaginários atuam com fio condutor do espetáculo que conduz a maiormanifestação popular do Norte do Brasil no ultimo final de semana de junho.Tendo como ponto de partida, as minhas lembranças de infância, histórias queminha avó contava, o presente trabalho pretende investigar as contribuições doFestival de Parintins para a cultura popular, tendo como objetivo principalexplorar os bastidores do Festival tendo como recorte temporal, o estudo dastransformações no período de 1988 a 2019 pela perspectiva dos que constroem oFestival, mas não aparecem. Ao dar voz para esses agentes culturais que assimcomo minha avó, foram e são, parte integrante e importante da manutenção desteespetáculo, queremos através deste trabalho, contribuir para pesquisas no campodas Culturas Populares sobre o Festival de Parintins. Ao estudar as etapas doprocesso criativo (projeto, produção e execução), pretendo analisar a contribuiçãodesses sistemas para a manutenção do Festival enquanto manifestação da culturapopular, para contribuir não apenas para os estudos das culturas populares, massim do próprio Festival de Parintins que é visto por muitos como um mero produtoda indústria cultural. Como objetivos específicos, pretendo fazer uso das históriasde minha avó como teoria e metodo como um instrumental de análise naconstrução das narrativas que são encenadas no bumbódromo. Faremos uso dasemiótica da cultura como teoria e método, para descrever e contextualizar ossistemas e subsistemas da Semiosfera do Festival de Parintins e assim, identificaros personagens que irão compor esta pesquisa. Para estabelecer a relação entre osdiferentes sistemas de signos que configuram essa rede criativa e entender essegrande sistema semiótico gerador de signos, sistemas e subsistemas, pretendemosusar os conceitos de semiose, de Charles Sanders Peirce, e semiosfera, de IuriLotman, entre outros semioticistas. Tomando os conceitos de semiose esemiosfera, como teoria e método, poderemos aprofundar nossos estudos eentender a organização de cada um desses sistemas. Para entendermos a dinâmicae a evolução dessa manifestação popular, iremos recorrer as bases teóricas econceituais dos fundamentos da Etnocenologia de Armindo Bião e Jean MariePradier. Para dialogar sobre o Festival de Parintins a partir dos estudos culturais,usaremos os conceitos de Burke, Babha e Canclini. Como suporte metodológico,utilizaremos a pesquisa qualitativa participante, além da análise semiótica paramapear a semiosfera do festival de Parintins com seus sistemas e subsistemas.Sobre os personagens principais e secundários desse processo, pretendemosgarantir seu local de fala utilizando entrevistas abertas, adotando o método daobservação participante, atendendo todas as normas de segurança em função dapandemia de Covid-19 e do Conselho de Ética em Pesquisa - CEP.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 4205099 - FERNANDO JOSÉ FERREIRA AGUIAR
Interno - 249.721.695-91 - LOURDISNETE SILVA BENEVIDES
Presidente - 1623728 - NEILA DOURADO GONCALVES MACIEL
Externo à Instituição - VALTER FRANK DE MESQUITA LOPES

Notícia cadastrada em: 27/09/2021 11:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema3.ema3 v3.5.16 -r18154-6e174eae4e