A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: FERNANDA COSTA MENEZES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA COSTA MENEZES
DATA: 22/02/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Online
TÍTULO: Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato hidroetanolíco da planta Schinopsis brasiliensis sobre a amostra padrão de Staphylococcus aureus
PALAVRAS-CHAVES: Schinopsis brasiliensis, planta medicinal, Staphylococcus aureus, infecção, doenças infecciosas, tratamento
PÁGINAS: 58
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO:

Há vários tipos de infecções que acometem tanto o homem como os animais, causadas pelo Staphylococcusaureus. Na maioria dos casos, o diagnóstico é clínico e o tratamento, via de regra, baseado no antibiograma. No entanto, aexistência de cepas cada vez mais resistentes aos antibióticos comumente utilizados tem representado um importante desafioao tratamento. Por esta razão, o uso de plantas medicinais e fitoterápicos têm sido avaliados como alternativa. As infecçõespor estas bactérias resistentes geralmente causam maior morbidade, tanto nos seres humanos quanto em animais domésticos, epodem também representar um potencial risco à contaminação e propagação desses microrganismos, consequentementeelevando-se os custos dos tratamentos e a mortalidade. Os fitoterápicos oferecem um índice de toxidade menor e menosefeitos adversos que os antibióticos tradicionais. Por esta razão, o presente trabalho foi proposto para avaliar o uso de umaplanta medicinal como terapêutica alternativa no tratamento destas afecções, avaliando a sua eficácia contra cepas resistentesde S. aureus. Foi realizado um estudo descritivo, analítico e prospectivo que avaliou o efeito do extrato de Schinopsisbrasiliensis em cepas padrão de S. aureus ATCC25923, isoladas da bacterioteca de laboratórios colaboradores. As amostrasreativadas foram analisadas quanto a sensibilidade ao extrato, a concentração inibitória mínima (CIM) e a toxicidade, naperspectiva do desenvolvimento de novo fármaco, que pudesse ter uma grande relevância social, tanto do ponto de vista dasaúde humana e animal, quanto da saúde pública em geral. Observou-se atividade antimicrobiana do extrato etanólico de S.brasiliensis sobre a cepa padrão em estudo, com grau de sensibilidade intermediária, com baixa toxicidade, presumindo-se queessa planta possa ser utilizada como uma alternativa terapêutica, associada ou não a outros fármacos, no combate a infecçõesmultirresistentes aos esquemas antibióticos comuns. Esta pesquisa propiciou, ainda, o aumento do conhecimento sobre aplanta S. brasiliensis, incluindo seus princípios ativos e principais efeitos fitoquímicos, além de aprofundarmos oconhecimento sobre a bactéria S. aureus, os principais tipos de infecções causadas por ela, potencial resistência aosantibióticos comuns, e a busca de soluções alternativas e menos onerosas para o seu tratamento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1079226 - ALEXANDRE LUNA CANDIDO
Interno - 2335200 - CHARLES DOS SANTOS ESTEVAM
Externo à Instituição - SAMUEL BRUNO DOS SANTOS

Notícia cadastrada em: 11/02/2022 12:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r19295-ad7fbbb3d7