A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Aceito
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ADRIELE RIBEIRO ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIELE RIBEIRO ALVES
DATA: 29/09/2021
HORA: 14:00
LOCAL: google meet
TÍTULO: ATIVIDADES INVESTIGATIVAS COMO APORTE À ARGUMENTAÇÃO EM AULAS DE CIÊNCIAS: ANÁLISE DOS ARGUMENTOS DE ESTUDANTES SOBRE ANFÍBIOS DA ORDEM ANURA
PALAVRAS-CHAVES: Atividades investigativas. Argumentação. Sequência de Ensino Investigativa. Anfíbios da ordem anura.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

As atividades investigativas constituem uma das estratégias pedagógicas que visam à construção do conhecimento pelos estudantes. Nesse processo, eles são instigados a assumirem um papel ativo na resolução de problemas nos três momentos: antes, durante e após as aulas. No contexto do ensino de ciências naturais, elas favorecem a promoção da alfabetização científica, objetivo defendido atualmente tanto nos documentos oficiais, quanto por teóricos e pesquisadores em educação em ciências. Ressalta-se que as atividades investigativas podem ser utilizadas como aporte para o desenvolvimento do processo argumentativo, a fim de que seja dada aos estudantes a oportunidade de aprender em uma relação dialógica com seus pares, tendo o docente como autoridade epistêmica que orienta e faz a mediação pedagógica. Assim, este trabalho apresenta uma pesquisa de mestrado em andamento que tem por objetivo analisar os argumentos produzidos por estudantes ao longo de uma Sequência de Ensino Investigativa (SEI) sobre anfíbios da ordem anura, relacionando tais argumentos à estrutura da sequência. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cuja natureza corresponde a um estudo de caso. A coleta de dados se dará por meio da aplicação da referida SEI à uma turma do 6º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública do interior da Bahia. Devido à pandemia ocasionada pela COVID-19, a coleta de dados será realizada por meio de videoconferências utilizando a plataforma virtual ZOOM. Os dados registrados em áudio e vídeo serão transcritos e, junto aos dados escritos, serão submetidos à análise à luz do Padrão de Argumento de Toulmin (TAP). Espera-se que o desenvolvimento da SEI favoreça o engajamento dos alunos nas atividades e discussões, de modo que eles elaborem argumentos estruturados e complexos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 472.701.795-49 - ADJANE DA COSTA TOURINHO E SILVA
Interno - 2926781 - YZILA LIZIANE FARIAS MAIA DE ARAUJO
Externo à Instituição - FERNANDA CATIA BOZZELI

Notícia cadastrada em: 16/09/2021 15:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r16418-219d26904e