A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: NATALIA DE JESUS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NATALIA DE JESUS SANTOS
DATA: 27/02/2024
HORA: 14:00
LOCAL: CPPGI
TÍTULO: AVALIAÇÃO DOS MARCOS CLÍNICOS PARA ESTADIAMENTO DO PACIENTE COM ESCLEROSE LATERAL AMIOTROFICA: Uma Revisão Sistemática.
PALAVRAS-CHAVES: Doença neurodegenerativa. Variações Genéticas. Estadiamento. Revisão Sistemática.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença que possui caráterdegenerativo dos neurônios motores superiores e inferiores. O desenvolvimento da ELAadvém de um conjunto de condições genéticas sendo os genes mais comuns o SOD1,C9ORF72, FUS e TARDBP, além disso, fatores relacionados ao ambiente e aoenvelhecimento. OBJETIVO: Realizar revisão sistemática para avaliar os marcossintomatológicos da evolução clínica de pacientes com ELA clássica e suas variantes.METODOLOGIA: Trata-se de uma revisão sistemática em estudo relacionados ao objetivogeral. A busca foi realizada nas seguintes bases de dados: PubMed, Embase, CINAHL,Scopus e Scielo, foram incorporados ao estudo materiais publicados sem restrição de ano eidioma. Os seguintes descritores foram utilizados: Amyotrophic Lateral Sclerosis,Neurodegenerative Diseases, Nervous System Diseases, Motor neuron disease, ALSSpectrum, Prognosis, Clinical outcome, Stratification, Stage, Disease Severity, DiseaseCourse Rate of progression e Signs and Symptoms. Foram incluídos nessa pesquisa desenhode estudo (ensaios clínicos randômicos, coorte, caso-controle, transversal, relato e série decasos), estudos que relatem sobre as manifestações clínicas apresentadas pelos pacientes comELA de ambos os sexos, estudos com uso de escalas utilizadas para o diagnóstico da ELA eque descrevam sobre as variações da ELA: SOD1, C9ORF72, TDP43 e FUS. Como critériosde exclusão foram considerados, para essa revisão, estudos que não descrevam sobre asmanifestações clínicas da ELA, estudos que não abordem SOD1, C9ORF72, TDP43 e FUS. Aavaliação da qualidade metodológica dos estudos incluídos foi realizada através da ferramentade avaliação crítica do Joanna Briggs Institute (JBI). RESULTADOS: Os estudos incluídosdescreveram sobre sinais e sintomas relacionados ao sistema motor, sistema respiratório, aalterações gastrointestinais, a alterações emocionais, cognitivas e de comunicação.CONCLUSÃO: Conclui-se que o desenvolvimento dessa revisão possibilitou organizar osmarcos clínicos, sinais e sintomas da ELA, assim sendo possível visualizar claramente aevolução dos sintomas à medida que a doença progride. Faz-se necessário futuros estudospara reconhecer e organizar esses sinais e sintomas na forma familiar, que não foicontemplada nessa revisão.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1683809 - DEISE MARIA FURTADO DE MENDONCA MARTINS
Externo à Instituição - FERNANDA OLIVEIRA DE CARVALHO
Interno - 1881178 - MARCOS VINICIUS MEIADO

Notícia cadastrada em: 08/02/2024 08:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19110-7eaa891a10