A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LARA EMANUELLA DA SILVA OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARA EMANUELLA DA SILVA OLIVEIRA
DATA: 10/05/2024
HORA: 14:00
LOCAL: https://conferenciaweb.rnp.br/sala/vanderlei-jose-zacchi
TÍTULO: A NARRATIVA TRANSMÍDIA NO APRENDIZADO DE IDIOMAS: COLABORAÇÃO E INTERAÇÃO EM MÚLTIPLAS PLATAFORMAS
PALAVRAS-CHAVES: Narrativa transmídia, aprendizado de idiomas; redes sociais.
PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

A arte de contar histórias, conhecida também como narração ou storytelling, é algo que o ser humano faz desde os primórdios e é através dela que preservamos a nossa memória, os nossos saberes e a nossa identidade. Além disso, as histórias desempenham um papel fundamental na transmissão de conhecimentos entre as diferentes gerações e na expressão criativa. No cerne desta arte está ainda a capacidade de envolver, entreter, conectar pessoas diferentes e desenvolver a empatia; visto que as histórias permitem a identificação do público com os personagens e situações e isso possibilita que as pessoas vejam o mundo de distintas perspectivas e compreendam melhor a experiência alheia. Assim, é possível dizer que as narrativas nos possuem bem como como nós as possuímos e essa é a forma que temos de propagar a nossa subjetividade e as nossas esperanças. É importante destacar ademais que as histórias detêm a capacidade ressignificar a maneira como vemos o mundo e o modo como nos vemos no mundo o que pode alterar a nossa percepção de como nos encaixamos na sociedade, a nossa autoestima e o nosso senso de propósito. Por ter esse potencial cativante é que é possível acreditar que, aliada às TIC, narrar pode ser uma estratégia valiosa para aprender línguas estrangeiras já que as narrativas fornecem contexto, promovem uma compreensão mais aprofundada da língua e da cultura e estimulam o desenvolvimento de habilidades linguísticas, que incluem compreensão auditiva, leitura e fala; elas podem ainda fomentar a discussão, reflexão e exploração de questões sociais e manter os alunos interessados a longo prazo. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivo principal investigar como a narrativa transmídia pode contribuir para o ensino- aprendizado de idiomas, mais precisamente do espanhol como língua estrangeira. Nosso propósito foi unir tecnologias e redes sociais de modo a facilitar interações e compartilhamento de experiências que transcendessem as fronteiras da sala de aula. Para isso utilizamos a série catalã Merlí e a partir dela construímos uma transmídia que se desenvolveu em diferentes redes sociais de forma colaborativo, dialógica e dentro de um contexto sócio- histórico. A metodologia utilizada para o desenvolvimento da investigação foi do tipo qualitativa interpretativista. Utilizamos os pressuposto teóricos de autores como Jenkins (2009), Matos (2014; 2018); Paraquett (2009, 2007), Moita Lopes (1994, 1996, 2006), Pennycook (2004) entre outros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2329868 - ANA KARINA DE OLIVEIRA NASCIMENTO
Interno - 1654781 - DORIS CRISTINA VICENTE DA SILVA MATOS
Externo à Instituição - RITA DE CÁSSIA SOUTO MAIOR SIQUEIRA LIMA

Notícia cadastrada em: 09/05/2024 09:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19279-bcba364a3c