A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: CAROLINE LIMA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAROLINE LIMA DOS SANTOS
DATA: 26/02/2024
HORA: 19:00
LOCAL: Sala 302 - Did VII
TÍTULO: Conflitos linguísticos no jornalismo brasileiro: análise à luz das políticas linguísticas
PALAVRAS-CHAVES: Conflitos Linguísticos; Direito Linguístico, Língua; Línguas Minoritárias, Políticas Linguísticas
PÁGINAS: 204
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

O contato humano, desde a origem da humanidade, é relatado a partir da ocorrência de conflitos que se estendem ao contato linguístico entre duas ou mais línguas no mesmo território. Inicialmente, a diversidade linguística foi considerada pelo campo das políticas linguísticas como um problema das novas nações que precisava ser resolvido, após o fim da Segunda Guerra Mundial. Diante dos cenários políticos, línguas e falantes foram minorizados, tal como, determinadas línguas alcançaram a ponta da pirâmide hierárquica das línguas, sendo denominadas como línguas oficiais, símbolo de um estado e um só povo. Nessa perspectiva, é intensificado a emergência de conflitos e repressões linguísticas, sendo esse fenômeno a base do trabalho em questão. Dessa forma, o objetivo principal desse estudo comprovar por meio de publicações públicas do jornalismo brasileiro a existência de conflitos linguísticos fomentadas pelas relações assimétricas as quais as línguas se encontram no Brasil, partindo das hipóteses que o país não possui um desenvolvimento ideal sobre política e direito linguístico, bem como, que as divergências linguísticas indicam a negação do caráter multilíngue e plurilíngue do território brasileiro. A base teórica é disposta em dois eixos principais, sendo que o primeiro intenciona desenvolver a discussão sobre a Política e o Direito Linguístico, enquanto campo do saber, mediante as concepções de Abreu (2016, 2018, 2020), Calvet (2021), Jonhson e Ricento (2013), Lagares (2018), Mariani (2004), Severo (2013, 2022), Sigales-Gonçalves (2020, 2022), Spolsky (2009, 2012) e Rodrigues (2022). Seguindo pelo debate sobre conflitos de forma macro e micro, através de contribuições da sociologia, antropologia e linguística, com auxílio de Cardoso de Oliveira (2008), Giddes e Sutton (2016), Jacquemet (2000), Lemos (2021) e Montanari (2013), Darquennes (2015) e Watts (2015), no estado da arte do conflito linguístico e relação com a linguística de contato e de Dubinsky e Davies (2018), McRae (1983), Nelde (1996) e Ninyoles (1989) na categorização dos conflitos. Os procedimentos metodológicos da investigação, apoiados em Godoy (1995), sobre a pesquisa qualitativa-documental, delimita os passos da pesquisa em três fases, que correspondem: a busca de mídias jornalísticas em sites de notícias que expõem situações de conflitos linguísticos, seguida da análise de conteúdo e categorização do conflito observado, através da verificação de quais ações políticas provocaram o confronto, tal como o tratamento dos dados analisados a partir das categorias: participantes, domínio, relação entre o indivíduo e o grupo, a finalidade e objeto do conflito e as tipologias de conflitos linguísticos. Os resultados apontam a confirmação das hipóteses iniciais e que as ocorrências dos conflitos estão diretamente relacionadas à negação de direitos linguísticos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2787595 - RICARDO NASCIMENTO ABREU
Interno - 2522010 - ELAINE MARIA SANTOS
Externo à Instituição - CRISTINE GORSKI SEVERO

Notícia cadastrada em: 19/02/2024 08:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19279-bcba364a3c