A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: GENILMA DANTAS ANDRADE

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GENILMA DANTAS ANDRADE
DATA: 23/02/2024
HORA: 14:30
LOCAL: Sala 103 C Didática VII
TÍTULO: DENÚNCIA E RESISTÊNCIA NO DISCURSO DE CAROLINA DE JESUS NA OBRA QUARTO DE DESPEJO
PALAVRAS-CHAVES: Análise do Discurso, Carolina Maria de Jesus, Quarto de Despejo, Resistência e Denúncia. Análise do Discurso, Carolina Maria de Jesus, Quarto de Despejo, Denúncia e Resistência
PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Teoria e Análise Lingüística
RESUMO:

A partir dos fundamentos da Análise de Discurso francesa, esta pesquisa pretendeu examinar, enquanto trabalho em interface - que abriga estudos teóricos provenientes de vários campos do saber - do processo de subjetivação e da discursividade literária acanônica em Carolina Maria de Jesus. Teve como objetivo precípuo realizar uma análise discursiva da obra Quarto de Despejo: diário de uma favelada (2001), que apresentou grande repercussão e êxito no mercado editorial, na década de 1960. Buscou-se analisar, especificamente, o discurso da referida autora como fruto de denúncia e resistência à sua condição de favelada. Os nossos objetivos específicos, por sua vez, são desdobramentos da questão norteadora. São eles: a) situar historicamente o discurso investigado, considerando suas condições de produção; b) identificar, nos discursos em análise, a construção da subjetividade da autora; c) observar, nas práticas discursivas, traços de ativismo político e resistência. Para a realização dos objetivos deste trabalho, o corpus se constituiu, sobretudo, de sequências discursivas retiradas da obra Quarto de despejo: diário de uma favelada, escrita no período entre 1955 a 1960. Os efeitos de sentido de resistência possibilitam que essa produção literária possa ser reconhecida como literatura de enfrentamento social e contribuem, por fim, para a reflexão sobre a ausência de autoras negras em instituições, apontando, portanto, alguns questionamentos acerca desse silenciamento. Esse estudo fundamenta-se em autores da Análise do Discurso francesa, tais como Foucault (1979, 1995, 2009, 2010, 2014) e Pêcheux (1979, 1990, 1995, 1996, 1997, 2014), Orlandi (1998, 1996, 2005, 2012), embora haja também contribuições de diversos autores, a exemplo de Baumann (1998, 2001, 2003) sobre identidade, de Mussalin (2003), Carvalho (2012), dentre outros. As análises apontam que a escrita de Carolina Maria de Jesus é um ato de denúncia e resistência porque, além de revelar a situação caótica pela qual ela e outros moradores da favela passam, rompe com uma formação imaginária de autor branco, classe média, com alto grau de escolaridade, intelectual. O sujeito-autor ao discorrer sobre a “fome da escrita e a escrita da fome”, pela tessitura do poético, atenta para a formação de uma literatura de denúncia e enfrentamento social. Além do mais, ao materializar sentidos, esse sujeito-autor trabalha o interdiscurso no intradiscurso a fim de construir o seu projeto de escritura, trazendo outros espaços para nossa literatura a partir do seu não-lugar na historiografia da literatura brasileira. Portanto, essa abordagem nos permitiu compreender um pouco mais sobre a condição da mulher negra e como se insere no discurso literário em determinado momento histórico.

Palavras-chave: Análise do Discurso, Carolina Maria de Jesus, Quarto de Despejo, Denúncia e Resistência, Gênero autobiográfico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6426475 - MARIA LEONIA GARCIA COSTA CARVALHO
Externo ao Programa - 3883246 - DENSON ANDRE PEREIRA DA SILVA
Externo à Instituição - JOCELAINE OLIVEIRA DOS SANTOS
Externo à Instituição - JEOVA SILVA SANTANA
Externo à Instituição - FLÁVIO PASSOS SANTANA

Notícia cadastrada em: 30/01/2024 14:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19279-bcba364a3c