A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: MARIA CAROLINE DOS SANTOS FONSÊCA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA CAROLINE DOS SANTOS FONSÊCA
DATA: 05/02/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 302 - Didática VII
TÍTULO: Análise e descrição do verbo volver(se): estudo com base em corpus e dicionários de língua espanhola
PALAVRAS-CHAVES: Léxico-Gramática; Sintaxe; Semântica; Língua espanhola; Verbo volver; Lexicografia.
PÁGINAS: 151
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Teoria e Análise Lingüística
RESUMO:

O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma análise sintático-semântica e lexicográfica do verbo volver(se) em língua espanhola. Para tanto, foram tomados como base para o desenvolvimento desta pesquisa os pressupostos teóricos e metodológicos do Léxico-Gramática (Gross, 1968, 1975) e da Lexicografia (Haensch, 1982; Rey-Debove, 1984; Lara, 1990; Welker, 2004; Humblé, 2008; Barcia Rodríguez, 2016, Moreira; Araújo, 2017; Moreira, 2017 e Zavaglia; Nadin, 2018). A justificativa para o estudo de tal verbo está na multifuncionalidade apresentada pelo volver(se) no banco de dados intitulado Base de datos de Verbos, Alternancias de Diátesis y Esquemas Sintáctico-Semánticos del Español - ADESSE (García-Miguel et al., 2003; García-Miguel, 2012). Ademais, toma-se como referencial para a análise sintático-semântica o trabalho de Rassi e Vale (2013) para o português brasileiro e o trabalho de Borges (2014) e Rodrigues (2021) que desenvolvem uma pesquisa com base em corpus para a língua espanhola. A metodologia deste estudo se dividiu em dois momentos distintos: (i) análise sintático-semântica, em que em um recorte feito no Corpus del Siglo XXI (CORPES) para a região do México foram selecionadas, analisadas e classificadas sintático-semanticamente 200 construções com o verbo volver(se) e (ii) análise metalexicográfica nos seguintes dicionários: Diccionario de la Lengua española (DLE), Wordreference (Kellogg), Diccionario de mexicanismos de la Academia Mexicana de la Lengua (Academia Mexicana de la Lengua, 2010) e o SEÑAS: Diccionario para la Ensenanza de la Lengua Española para Brasileños (Universidad de Alcalalá de Henares, 2001) em que se observou a presença – ou ausência – dos usos de volver(se) identificados na análise sintático-semântica previamente realizada. A partir disso, obteve-se os seguintes resultados: (i) proposta de tipologia verbal para o volver(se) de acordo com o LG tendo 5 classes: Verbo Pleno (locativo, ação de enrolar/girar e reconciliação), Verbo-Suporte (verbo de pseudocopulativo), Verbo Operador causativo, constituinte de Construção gramatical e de Expressão Cristalizada. E (ii) os casos de volver identificados na análise sintático-semântica condizem em grande parte com os apresentados nas entradas dos dicionários, com exceções para casos específicos de provérbios e expressões cristalizadas. Ao fim deste trabalho pode-se afirmar que o mesmo pode contribuir para futuros trabalhos a nível descritivo da língua espanhola. Também vale mencionar o auxílio para/com estudiosos da língua espanhola, inclusive professores, na compreensão e consequentemente ensino do verbo volver(se). No que tange a análise metalexicográfica realizada há uma contribuição com relação a escolha e usos de dicionários como ferramenta didática no ensino de E/LE.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3043502 - ROANA RODRIGUES
Interno - 1490267 - SANDRO MARCIO DRUMOND ALVES MARENGO
Externo à Instituição - GLAUBER LIMA MOREIRA

Notícia cadastrada em: 25/01/2024 07:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19279-bcba364a3c