A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Noticias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALANY CRISTYANE FELIX DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALANY CRISTYANE FELIX DA SILVA
DATA: 10/03/2021
HORA: 08:30
LOCAL: Sala virtual-Google Meet- https://meet.google.com/qey-vabn-bwv
TÍTULO: EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO DE METIONINA SOBRE O DESEMPENHO DE CODORNAS JAPONESAS E SUA PROGÊNIE
PALAVRAS-CHAVES: dieta materna, morfologia intestinal, progênie
PÁGINAS: 27
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

Esse trabalho foi conduzido sobre a hipótese de que a suplementação de metionina na dieta da matriz poderia contribuir com a capacidade de absorção de nutrientes e desempenho da progênie submetida a diferentes dietas. O experimento foi conduzido em esquema fatorial 3 x 3. Três dietas para as matrizes, e para cada tratamento das matrizes, três dietas para sua progênie (dieta sem suplementação de metionina, (SM); dieta com suplementação do nível recomendado de metionina, (DL1); e dieta com suplementação de metionina acima do nível recomendado, (DL2). Matrizes alimentadas com dieta DL1 e DL2 apresentaram maior peso do ovo, maior número de ovos, maior massa de ovo, maior taxa de postura, maior taxa de eclosão e melhor conversão alimentar por massa de ovos que matrizes recebendo dieta SM (P<0,05). Matrizes que receberam dieta DL1 também apresentaram maior peso dos folículos que matrizes que receberam dieta SM (1,28 vs 1,03 g). Na fase incial a progênie de matrizes alimentadas com dieta DL1 e DL2 apresentaram significativamente maior peso aos 15 dias e maior ganho de peso (1-15 dias) que a progênie de matrizes alimentadas com dieta SM (P<0,05). Durante a fase de crescimento, para as progênies de matrizes alimentadas com dieta SM, observamos que aves alimentadas também com dieta SM apresentaram menor peso aos 15 dias de idade, menor peso aos 35 dias e menor ganho de peso que aves recebendo dieta DL1 e DL2 (P<0,05). Para as progênies de matrizes alimentadas com dieta DL1 e DL2, não houve efeito significativo da dieta sobre o peso aos 35 dias e sobre o ganho de peso. Nossos resultados demonstram que a suplementação na dieta da matriz com metionina proporciona melhor desenvolvimento e desempenho da progênie na fase incial, e que na fase de crescimento, progênies de matrizes alimentadas com dietas suplementadas com metionina são capazes de se desenvolver e responder melhor ao ambiente futuro do que progênies alimentadas com dieta sem suplementação de metionina.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2229398 - ANA PAULA DEL VESCO
Externo à Instituição - ANGÉLICA DE SOUZA KHATLAB
Externo ao Programa - 1412570 - VITTOR TUZZI ZANCANELA

Notícia cadastrada em: 10/03/2021 01:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r17722-925b7210d0