A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Noticias

Banca de DEFESA: GILMAR SILVA CARDOSO JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GILMAR SILVA CARDOSO JUNIOR
DATA: 19/07/2017
HORA: 08:00
LOCAL: Mini-auditório do PROZOOTEC/UFS
TÍTULO: Uso do óleo essencial do alecrim em dietas de codornas em crescimento
PALAVRAS-CHAVES: Lippia gracilis Shauer, antibiograma, aditivo, coturnicultura
PÁGINAS: 42
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

Com a proibição do uso de antimicrobianos convencionais como aditivos melhoradores de desempenho por diversos países importadores de carne, diversas pesquisas estão sendo desenvolvidas para substituir estes aditivos na produção animal. Dentre as pesquisas, encontra-se a avaliação de óleos essenciais de plantas aromáticas como possibilidades de exercerem efeitos similares aos aditivos convencionais. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o óleo essencial do alecrim como promotor de desempenho em dietas de codornas japonesas em crescimento. O experimento foi desenvolvido em delineamento inteiramente casualizado, dentro de cinco níveis de óleo essencial de alecrim (0, 100, 200, 300 e 400 mg/kg de ração) e um tratamento com bacitracina, sete repetições e doze aves em cada parcela. Foi realizado teste de antibiograma cuja análise foi realizada de forma descritiva e avaliação dos parâmetros de desempenho das aves submetidos à análise de variância e regressão polinomial. Além disso, utilizou-se o Teste Dunnett para comparar o tratamento sem aditivo versus aos níveis de alecrim. O teste de antibiograma possibilitou observar que o óleo essencial foi efetivo ao inibir o crescimento das bactérias testadas. O desempenho demonstrou que houve redução do consumo de ração e melhora na conversão alimentar com o aumento da inclusão do óleo essencial do alecrim (P≤0,05). Observou-se que o consumo de ração foi aumentado e a conversão alimentar piorada no tratamento com bacitracina (P≤0,05) quando comparado aos demais. Conclui-se que o óleo essencial do alecrim exerce efeito inibitório sobre Salmonella sp. e E. coli e que o mesmo pode ser utilizado como promotor de crescimento por exercer efeito sobre o consumo de ração e conversão alimentar das codornas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2229398 - ANA PAULA DEL VESCO
Interno - 1699576 - CLAUDSON OLIVEIRA BRITO
Presidente - 1996023 - GREGORIO MURILO DE OLIVEIRA JUNIOR
Externo à Instituição - VITTOR ZANCANELA

Notícia cadastrada em: 04/07/2017 16:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r17743-f9ff511828