A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Noticias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RANGEL DOS SANTOS OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RANGEL DOS SANTOS OLIVEIRA
DATA: 29/05/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Veterinária
TÍTULO: Composição Corporal e Exigências Nutricionais de Cordeiros Santa Inês
PALAVRAS-CHAVES: exigências, ovinos,
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Exigências Nutricionais dos Animais
RESUMO:

Existem poucas informações sobre requerimentos nutricionais para ovinos criados no Brasil, de modo que é necessário que se tenha mais pesquisas nessa área, pois são necessárias umas centenas de publicações para que possa se desenvolver uma tabela de exigências nutricionais brasileira para ovinos, onde então será possível fazer uma dieta balanceada para atender as reais necessidades diárias de nutrientes que o animal precisa. Dessa forma, o presente trabalho foi realizado objetivando determinar a composição corporal e exigência de proteína para cordeiros da raça Santa Inês em crescimento. Foram utilizados 24 cordeiros inteiros da raça Santa Inês com idade média de três meses e peso vivo inicial médio de 18,7+_5,8 Kg. Após um período de adaptação de 14 dias, foram selecionados aleatoriamente quatro animais e abatidos para servirem como referência para as estimativas do peso do corpo vazio (PCVZ) e da composição corporal inicial dos 20 cordeiros remanescente. Estes foram distribuídos aleatoriamente em 4 tratamentos, os quais foram: silagem de milho, silagem de capim-elefante + 15% de fubá de milho, silagem da parte aérea da batata doce + 15% de fubá de milho e silagem de sabiá + 15% de fubá de milho, totalizando quatro tratamentos com cinco repetições num delineamento em blocos casualizados. Os resultados foram interpretados por meio de análises de regressão utilizando-se o pacote estatístico o SAS. As equações de regressão específicas para cada tratamento não diferiram entre si (P<0,01) pelo teste F, portanto adotou-se uma equação geral de regressão para o PCVZ em função do PV, e do logaritmo do conteúdo de água, proteína e gordura em função do PCVZ dos ovinos. O conteúdo de proteína e energia corporal e as exigências de proteína e energia se elevam com o aumento do peso vivo de cordeiros Santa Inês. As exigências de proteína e energia metabolizável, proteína bruta e nutrientes digestíveis totais são superiores aos preconizados pelo NRC.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1541968 - ALFREDO ACOSTA BACKES
Interno - 1567364 - ANGELA CRISTINA DIAS FERREIRA
Interno - 627.399.990-20 - EVANDRO NEVES MUNIZ

Notícia cadastrada em: 12/05/2014 15:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - ema1.ema1 v3.5.16 -r17743-f9ff511828