News

Banca de DEFESA: MARIA JOSÉ FLORES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA JOSÉ FLORES
DATA: 29/02/2016
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do CCSA 2
TÍTULO: UN APORTE AL PORVENIR DEL CASO GOMES LUND Y OTROS (GUERRILHA DO ARAGUAIA) VS. BRASIL, A LA LUZ DE LA ARGUMENTACIÓN JURÍDICA ARGENTINA ARTICULADA EN EL CASO "SIMÓN", EN EL MARCO DEL SISTEMA INTERAMERICANO DE PROTECCIÓN DE LOS DERECHOS HUMANOS
PALAVRAS-CHAVES: Brasil; Direitos Humanos; Sistema Interamericano; Democracia; Responsabilidade de proteger (responsibility to protect).
PÁGINAS: 313
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Direito
RESUMO:

O presente trabalho aboca-se ao estudo da sentencia da Corte Interamericana de Direitos Humanos no caso Gomes Lund (Guerrilha do Araguaia) vs. Brasil. Após uma década da sua iniciação, e meia da unânime determinação da responsabilidade internacional que cabe ao Brasil, o processo de supervisão do cumprimento da sentença permanece aberto, porque o núcleo da decisão interamericana está pendente de conformidade. Núcleo que atinge a categoria mesma sob que se funda, e com a qual trabalha, o Sistema Interamericano: os direitos humanos. Mas núcleo, também, em que se fundamenta a obrigação par excelência de todos e cada uns dos Estados instituídos sob espírito da democracia, pois a palavra oferece real significação, e esta não é outra que a responsabilidade de proteger os direitos do povo com que grava aos instituídos em seu nome. Assim ló reconhece já o Preâmbulo da Constituição da República Federativa do Brasil:

[O destino do Estado é] assegurar o exercício dos direitos [...] de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos [...]comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias [...].

Nesse marco se aproximaram as vias jurídicas argentinas no contexto do caso ‘Simón’ que decantaram na consolidação do Nunca mais ao terrorismo de Estado. Para que no te rindas, Brasil, porque aún estás a tiempo – parafraseando as belas letras de Mario Benedetti e, mais importante ainda, sem violentar seu pulso.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2030720 - FLAVIA DE AVILA
Externo à Instituição - HERON JOSÉ DE SANTANA GORDILHO
Externo à Instituição - LIVIA GAIGHER BÓSIO CAMPELLO
Presidente - 1698782 - LUCAS GONCALVES DA SILVA
Interno - 1690511 - LUCIANA ABOIM MACHADO GONCALVES DA SILVA
Notícia cadastrada em: 12/02/2016 19:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2019 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r8620-6bce28f66