News

Banca de DEFESA: ALESSANDRO DE ARAÚJO GUIMARÃES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSANDRO DE ARAÚJO GUIMARÃES
DATA: 30/01/2015
HORA: 10:30
LOCAL: Sala de aula do PRODIR
TÍTULO: O MARCO REGULATÓRIO DA INTERNET E O CONFLITO ENTRE PRIVACIDADE DO EMPREGADO E PODER DIRETIVO DO EMPREGADOR
PALAVRAS-CHAVES: Hermenêutica constitucional; Internet; Privacidade, Poder Diretivo; Redes Sociais; Intimidade; Direitos Fundamentais;
PÁGINAS: 124
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Direito
RESUMO:

A dissertação tem por objetivo traçar um panorama do direito do trabalho na sociedade atual, mostrando como a tecnologia está impactando nas relações de emprego, sem no entanto deixar de fazer um resgate histórico do direito do trabalho no Brasil, evidenciando o impacto legal originado pela quebra de paradigmas em decorrência da ampla aplicação da tecnologia da informação nas relações de emprego na sociedade contemporânea.
O trabalho divide-se em quatro partes. Na primeira parte é analisado o surgimento do direito do trabalho, sua evolução no Brasil, bem como os requisitos da relação de emprego e a importância da subordinação jurídica do empregado.No segundo capítulo são analisados os direitos fundamentais, sua aplicabilidade junto aos particulares e na esfera trabalhista à luz da Constituição de 1988. Além disso, serão observados a intimidade, privacidade e honra do trabalhador, direitos fundamentais de proteção à livre iniciativa e à propriedade privada do empregador e o poder diretivo do empregador. Ademais, estuda os limites constitucionais ao poder de direção do empregador e os direitos fundamentais do empregado, deixando claro que a prerrogativa do poder de direção não é absoluta e deve ser exercida dentro dos limites legais, sobretudo com respeito aos direitos fundamentais do empregado.O terceiro capítulo é dedicado a Internet, Redes Sociais e o marco regulatório da internet. O conflito entre privacidade do empregado e a utilização das redes sociais pelo empregador é o foco do quarto capítulo. É feito o estudo das novas formas de monitoramento e uso do poder diretivo pelo empregador. Ao final são expostos os pontos principais do trabalho e deduzidas as conclusões do estudo realizado.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 426547 - EDUARDO LIMA DE MATOS
Presidente - 2618697 - FLAVIA MOREIRA GUIMARAES PESSOA
Interno - 1694022 - HENRIQUE RIBEIRO CARDOSO
Interno - 1483947 - OTAVIO AUGUSTO REIS DE SOUSA
Notícia cadastrada em: 15/01/2015 18:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2019 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r8603-304f2e07d