A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
News

Banca de DEFESA: THEMYRES GABRIELE SANTOS ALMEIDA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THEMYRES GABRIELE SANTOS ALMEIDA
DATA: 29/07/2021
HORA: 08:00
LOCAL: meet.google.com/xct-ajry-sic
TÍTULO: A PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE ATIVIDADES FISICAMENTE ATIVAS: UMA PESQUISA DE IMPLEMENTAÇÃO DA INTERVENÇÃO DO PROJETO ERGUER/ARACAJU
PALAVRAS-CHAVES: Pesquisa de implementação. Atividades fisicamente ativas. Professor.
PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Esta pesquisa de implementação objetiva analisar a percepção dos professores participantes do Projeto ERGUER/Aracaju a respeito da exequibilidade de atividades fisicamente ativas. O intuito é contribuir com o Projeto ERGUER/Aracaju, que iniciou uma intervenção longitudinal (2018-2021) para acompanhar o efeito das atividades fisicamente ativas no comportamento sedentário, no cognitivo e no desempenho acadêmico em alunos que participam delas. A intervenção consiste na realização de atividades de ensino em movimento e de aprendizagem em movimento. A pesquisa acontece em uma escola da rede municipal de Aracaju/SE. Nessa escola, foram formados um grupo de intervenção e um grupo de controle. Por meio desta pesquisa, propõe-se, especificamente, identificar os obstáculos percebidos pelos professores para a implementação das atividades fisicamente ativas; identificar as oportunidades percebidas pelos professores na inserção de mais movimento corporal do aluno no processo de ensino e aprendizagem; categorizar os fatores (des)favoráveis à implementação, assim como analisar as sugestões dadas pelos profissionais a respeito da continuação do Projeto ERGUER/Aracaju. A amostra é composta por três professoras de intervenção do terceiro ano do ano letivo de 2019. Trata-se de uma pesquisa predominantemente qualitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, conversas registradas no WhatsApp e anotações no diário de campo. Para o tratamento e a análise dos dados, utilizou-se o software MAXQDA. Os resultados indicam a falta de tempo para planejar, preparar e executar as atividades. Constatou-se também que a insegurança e a falta de conhecimento das professoras quanto à eficácia das atividades foram fatores que dificultaram a inserção de mais movimento em sala de aula. Como fatores que favorecem a intervenção, se revela a autonomia mantida pelas professoras a respeito das suas escolhas didáticas e metodológicas, bem como as percepções positivas quanto ao bem-estar dos alunos e das suas capacidades sociais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2046405 - ALFRANCIO FERREIRA DIAS
Externo à Instituição - ANDRÉA KARLA FERREIRA NUNES
Externo ao Programa - 3004147 - DANILO RODRIGUES PEREIRA DA SILVA
Presidente - 1838211 - HEIKE SCHMITZ

Notícia cadastrada em: 15/07/2021 10:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r19279-bcba364a3c