A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFS

2022
Descrição
  • ANDREZA MOTA DE OLIVEIRA ANDRADE
  • “Narrativas jornalísticas multiterritoriais: a construção dos espaços de vida na morte de uma celebridade em Sergipe”
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 30/05/2022
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa desenvolvida para esta dissertação tem como eixo de sustentação o conceitode “multiterritorialidade”, a partir de Rogério Haesbaert, aplicado a um estudo de caso:a cobertura jornalística do acidente aéreo em que morreu o cantor Gabriel Diniz (em2019, em Estância, Sergipe), realizada pelo Portal G1. Esta plataforma digital agrega osconteúdos produzidos pelas emissoras afiliadas e canais próprios da Rede Globo deTelevisão e atende à estratégia de regionalização midiática da Rede, cuja cobertura desinal alcança 98% do território brasileiro. Tal cobertura envolve narrativascomplementares sobre um personagem construídas a partir dos múltiplos territórios aele relacionados, seja por sua trajetória de vida, seja pelo percurso relacionado aoacidente fatal, ou por sua agenda profissional interrompida. Nesse sentido, a revisão deliteratura inclui também os conceitos de “escalas geográficas aplicadas ao jornalismo”(Aguiar, 2016; 2019) e de “território-rede” (Haesbaert, 2004; 2014), além de reflexõessobre o jornalismo local-regional, o princípio de proximidade e a noção deregionalização. Quanto ao aporte metodológico, foram aplicados procedimentos daAnálise da Cobertura Jornalística (Silva e Maia, 2011) e da Análise Pragmática da Narrativa Jornalística (Motta, 2008; 2017) em um total de 46 matérias coletadas no período que abrange o dia do acidente (27 de maio de 2019) e os três dias seguintes de repercussão do acontecimento. Espera-se que a dissertação contribua com novos olhares sobre a cobertura jornalística de acontecimentos geograficamente abrangentes, em especial a outros modelos de cobertura jornalística multiterritorial, cuja relevância não se resume à notoriedade dos personagens da notícia.

  • CAMILA GABRIELLE OLIVEIRA DE FARIAS
  • A PAUTA DA SECA NA TV SERGIPE: UMA ANÁLISE DA COBERTURA JORNALÍSTICA À LUZ DO JORNALISMO DE SOLUÇÕES,
  • Orientador : VITOR CURVELO FONTES BELEM
  • Data: 30/03/2022
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A região Nordeste é composta por 9 estados no Brasil, que juntos, compõem praticamentetodo o semiárido. Com características como chuvas irregulares, o local também pode serafetado com períodos de seca; um tipo de pauta recorrente na mídia televisiva. A partirde um levantamento bibliográfico sobre o assunto, esse trabalho investigou como otelejornalismo local, especificamente, na TV Sergipe, realizou a cobertura da seca entreos anos de 2017 a 2019, identificando se políticas públicas, técnicas de convivência coma seca ou ações para o combate ao desmatamento da caatinga no estado foram abordadas.O objetivo foi verificar se as soluções apresentadas pela TV Sergipe à questão da secaestavam dentro da perspectiva voltada ao jornalismo de soluções. O recorte temporal foiescolhido por ser posterior à grave seca que atingiu pontos da região. O estado de Sergipefoi escolhido para essa análise porque mais de 50% de seu território integra o semiárido,além da identificação cultural por parte da autora da pesquisa. Como método, a análisede conteúdo foi utilizada, por meio da criação de categorias que investigaram a coberturada seca a partir de diversos agentes como as fontes e agentes de resposta, assim como assoluções propostas. Como resultado, foi possível visualizar uma cobertura que citasoluções e respostas emergenciais, sem apontar os detalhes da implementação, asevidências, assim como as limitações da resposta. Visualizamos também uma coberturasem criticidade de forma predominante em relação ao fenômeno da seca, por meio de umageneralização do local, assim como culpabilização do clima, o que nos levou a refletircomo essa cobertura poderia ser feita a partir do jornalismo de soluções e com um aspectopreventivo de abordagem.

  • ANA RACHEL GONÇALVES PEREIRA
  • QUALIDADE EM JORNALISMO: AVALIAÇÃO DOS INSTRUMENTOS DE TRANSPARÊNCIA E MEDIA ACCOUNTABILITY NA GESTÃO EDITORIAL DAS TVS LEGISLATIVAS DO BRASIL,
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 23/02/2022
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa avalia o grau de adesão às práticas de transparência e de mediaaccountability no jornalismo praticado pelas emissoras legislativas estaduais e federaisdo Brasil. A coleta e análise dos dados foram feitas por meio do software Q-Avalia,desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe, ainda em fase deexperimentação e, portanto, sujeito a aprimoramento, mas que permite a avaliação daqualidade jornalística por meio de um protocolo com indicadores pré-estabelecidos.Para tanto, foram analisados a existência, o conteúdo e o nível de acessibilidade dosinstrumentos de transparência e media accountability a partir dos telejornais produzidospelas TVs legislativas que possuem programação jornalística complementar àstransmissões das sessões parlamentares. Como resultado, disponibilizamos um rankingdas emissoras com seus respectivos níveis de desempenho em relação ao nível de qualidade editorial, aferido de acordo com o nível de adesão aos indicadores de transparência e media accountability implementada por cada uma delas.

2021
Descrição
  • GRAZIELE ANDRADE FERREIRA
  • DIVERSIDADE SOB O COMANDO DO CAPITAL: ESTUDO DE CASO DO NPD ORLANDO VIEIRA
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 29/10/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Tendo como referência de análise o caso do Núcleo de Produção Digital (NPD) Orlando Vieira, projeto da Prefeitura Municipal de Aracaju, vinculado ao Programa Olhar Brasil do Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria do Audiovisual (SAv), implementado, em 2016, no governo do Presidente Luís Inácio Lula da Silva, esse trabalho parte da hipótese de que há uma desigualdade estrutural no sistema econômico vigente, mantida pela promoção de políticas públicas de cultura que preserva o poder econômico em detrimento da diversidade democrática de formas de produção cultural. Nesse sentido, são apresentadas implicações da adoção de políticas de proteção da diversidade cultural, num perímetro de intervenção pública em ações de fomento à produção audiovisual independente, que permitem o reconhecimento de contradições entre a aparência e essência desse modelo de política enquanto mecanismo de resistência a tendências gerais de homogeneização cultural da globalização. Para isso, a presente investigação relaciona pesquisa descritiva, qualitativa, documental e bibliográfica como meio para o trabalho analítico, ancorado teoricamente na perspectiva da Economia Política da Comunicação e da Cultura, além de aportes de estudos sobre diversidade cultural.

  • ALINE BRAGA FARIAS CONCEIÇÃO
  • SONS DA QUEBRADA E DA CALÇADA COMO TERRITÓRIOS DA MÚSICA EM ARACAJU
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 28/10/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A suposta dicotomia registrada nas denominações Som de Calçada e Som de Quebrada, objetos da análise aqui proposta, enseja reflexões e tensões sobre a relação entre música e espaço público na capital sergipana, Aracaju. À revelia do que as denominações dos movimentos podem suscitar, a saber: uma suposta rivalidade entre os coletivos que realizam essas apropriações, os termos “calçada” e “quebrada” denunciam uma lógica de construir cidades e disputar formas de vida. Nossa hipótese é a de que, enquanto movimentos musicais estabelecidos em territorialidades no espaço público urbano, esses fenômenos poderiam demonstrar de que forma a lógica capitalista de produção está presente nas duas dimensões suscitadas pelo Som de Quebrada e Som de Calçada, da indústria cultural e da urbanização. Em ambas as dimensões, calçada e quebrada, enquanto categorias, são símbolos de uma hierarquia das diferenças utilizada na segregação da música e da cidade. Nosso percurso de pesquisa para investigar essa hipótese, se inicia com as observações de campo. Foram realizadas também entrevistas, uma enquete e produção de mapas conceituais pelos participantes do Som de Quebrada e de Calçada. O olhar direcionado aos fenômenos será guiado pelo método dialético do materialismo histórico, partindo do entendimento de que os fenômenos devem ser analisados em sua dimensão de historicidade, totalidade e contradições. No presente texto, trazemos no capítulo 1 a discussão sobre a música, atrelada à indústria cultural, fundamentada nos estudos da Economia Política da Comunicação e da Cultura, na perspectiva latinoamericana. No capítulo 2, destinado a sonoridades e espaço urbano, trazemos a discussão sobre territorialidades e dados a respeito da urbanização da cidade de Aracaju. No capítulo 3, destinado à análise do corpus de pesquisa a partir das discussões realizadas nos capítulos anteriores, apresentamos como os sons de calçada e de quebrada se inserem no espaço da cidade e trazemos os mapas conceituais produzidos pelos participantes, que registram suas trajetórias musicais na cidade, tendo como referência essas apropriações do espaço público, e que revelam como a cidade de Aracaju diz onde cada música deve circular.

  • JOSÉ VICTOR SIQUEIRA
  • “Jornalismo global, internacional ou regionalizado? Um estudo comparativo entre três edições digitais do El País – Espanha, Brasil e México”,
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 22/09/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação apresenta um estudo comparativo de três edições digitais do jornal ElPaís – Espanha, Brasil e México – com o objetivo de investigar se o slogan de“periodismo global”, utilizado em todas as versões do veículo, representa umaabrangência geográfica, em termos de cobertura, ou se trata apenas de uma estratégia deexpansão mercadológica do seu grupo fundador, o PRISA. Para isso, a pesquisa resgatao percurso histórico e territorial do El País, da emergência e consolidação como umdiário de referência na Espanha, ainda nos anos 1970, à sua expansão a outros paíseseuropeus e das Américas ao longo das décadas seguintes. Em seguida, realiza estudosexploratórios até chegar na configuração de uma amostra de 899 reportagens coletadasnas páginas iniciais das três edições, entre os dias 1o e 31 de março de 2021. Os critériosde análise levaram em conta a hierarquização das notícias, a incidência temática e osenquadramentos editoriais dos mesmos conteúdos nas três edições, de modo aidentificar semelhanças e diferenças jornalísticas entre elas, bem como sua coerência ounão com o postulado de “jornalismo global”. A análise do material coletado éfundamentada por uma revisão de literatura sobre “jornalismo global”, “jornalismointernacional” e “jornalismo comparado”, bem como pelos referenciais das geografiasda comunicação. Como principal conclusão, a pesquisa indica que, em vez de global, ojornalismo praticado pelo El País é multiterritorial e regionalizado por critériosgeoculturais (centrados nas culturas hispânica e ibero-americana), e que no Brasilconcorre com os jornais ditos de “referência nacional”.

  • MARCOS ANDRÉ RODRIGUES DE AGUIAR
  • “Saber, sentir e agir: formas de conhecimentos no jornalismo popular e local-regional do jornal Brasil de Fato”
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 27/08/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa propõe bases conceituais para fundamentar o objetivo de investigar se o jornalismo popular e local-regional desenvolvido pelo Brasil de Fato produz formas de conhecimentos específicos. Primeiro, reforçamos o debate do jornalismo como forma de conhecimento (com base em Adelmo Genro Filho e Eduardo Meditsch) e incluímos novas perspectivas, com base no saber, sentir e agir (a partir de contribuições de Paulo Freire, Muniz Sodré, Cremilda Medina e dos autores supracitados). Em seguida, apresentamos as singularidades operacionais do jornal Brasil de Fato e as particularidades conceituais do jornalismo popular e local-regional. Os conceitos foram aplicados à metodologia de Análise de Conteúdo nas edições regionais de Pernambuco, Minas Gerais e Paraná (representando as macrorregiões do país onde existe BdF – Nordeste, Sudeste e Sul). Por fim, ao tecer teoria e prática, a pesquisa aponta indicativos de que o jornalismo popular e local-regional do Brasil de Fato tende a desenvolver conteúdos de caráter dialógico, que promove os saberes; sensível, que estimula um sentir; e uma práxis, que fomenta um agir.


  • DHIONE OLIVEIRA SANTANA
  • “A Narrativa do Câncer nas Telenovelas”.
  • Orientador : RAQUEL MARQUES CARRIÇO FERREIRA
  • Data: 24/08/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Nenhuma outra obra de ficção audiovisual no país conseguiu despertar tanto o interesse

    do público brasileiro quanto as telenovelas. Tendo sua origem ligada a literatura dos romances franceses no século XIX, aqui, o gênero se “abrasileirou”, adotando uma estética própria e temas que se aproximam do cotidiano do público brasileiro, com destaque para questões de relevância social que envolvem a saúde e a doença. Não raramente esses produtos, por meio de merchandising social, abordaram temas como o câncer, doença que atingirá para cada ano do triênio 2020-2022, 625 mil brasileiros. Uma vez que as telenovelas abordam tal condição de saúde, nosso objetivo foi, por meio da análise de conteúdo das telenovelas das 21 horas da Rede Globo de televisão, compreender como ela é retratada. Em estudo, codificamos sete categorias que descreveram: 1. “Perfil dos Personagens”, 2. “Tipos de Câncer”, 3. “Causas do Câncer”, 4. “Descobertas do Câncer e Sintomas”, 5. “Tratamentos Submetidos”, 6. “Estágio do Câncer e Desfecho da Doença”, 7. “Razões Dramáticas”. Notamos que a maioria dos personagens que tiveram a doença são mulheres adultas, de classe social média-alta, com os mais variados tumores (sete tipos ao todo), sem causas médicas claras para a doença, com tratamentos que seguem o recomendado pela literatura médica específica, mas com alta taxa de letalidade. A alta letalidade dos personagens se justificou, do ponto de vista ficcional, pela necessidade de exploração do sofrimento dos mocinho/as, como castigo para atos cruéis, bem como um recurso dramático que permitiu mudanças nos rumos das narrativas analisadas.


  • ALLISTON FELLIPE NASCIMENTO DOS SANTOS
  • EM NOME DA AUDIÊNCIA: estudo de recepção com telespectadores das telenovelas bíblicas exibidas pela Record TV
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 24/08/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Pioneira no ramo de teledramaturgia religiosa no Brasil, a Record TV investe, a partir de 2015, em telenovelas bíblicas, oriundas das escrituras da Bíblia Sagrada. Os Dez Mandamentos e A Terra Prometida, exibidas pela emissora em 2015 e 2016 respectivamente, conquistaram espaço junto às audiências e se tornaram o principal produto da emissora. Desde então, outras tramas desse mesmo cunho foram produzidas e exibidas. Nesse sentido, o projeto apresentou um estudo qualitativo, de caráter exploratório, dos motivos que levariam a audiência a se interessar pelas telenovelas bíblicas, primordialmente em um ambiente onde as telenovelas da Rede Globo de Televisão sempre foram predominantes. Para tanto, propusemos um estudo com o objetivo de compreender as motivações que levam dois grupos específicos de receptores a acompanharem esses produtos ficcionais televisivos: 1- pessoas que se consideram cristãs institucionalizadas (que frequentam a igreja); 2- pessoas que acreditam nos dogmas cristãos, mas não frequentam a igreja, identificando consonâncias e dissonâncias acerca dessas motivações e propondo uma discussão no que concerne a aspectos socioculturais imbricados. Os pressupostos metodológicos fundamentam-se na abordagem teórica dos Usos e Gratificações, sob a perspectiva da Teoria Fundamentada em Dados. Para a obtenção dos dados, foram realizadas entrevistas em profundidade com telespectadores que se autodeclararam consumidores das telenovelas bíblicas, e que fazem parte de uma amostra intencional estratificada para garantir diversidade interna a ela e, potencialmente, gerar pluralidade de respostas, visando a atingir os objetivos propostos por este estudo. Como resultados alcançados, categorizamos 5 principais motivações: Enquanto o público institucionalizado sente-se motivado a acompanhar as narrativas bíblicas pelo 1- Conteúdo Cristão, 2- Integração social/Familiar, a audiência não institucionalizada é motivada por 3- Aprendizagem/ Aconselhamento, 4- Alívio do estresse/relaxamento. Por fim, a única motivação presente em ambos os grupos foi categorizada como 5- Viagem ao passado.

  • GUILHERME RICARDO OLIVEIRA ALVES
  • Aracaju: cidade humana, inteligente e criativa para quem?
  • Orientador : CARINA LUISA OCHI FLEXOR
  • Data: 09/08/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Em meio à emergência por soluções frente aos desafios globais das cidadescontemporâneas, as smart cities (cidades inteligentes) - assentadas na incorporação dasTIC’s - têm se consolidado na agenda das administrações públicas como pronta soluçãopara problemas que acometem o ecossistema urbano, sustentando um argumento demelhoria da gestão urbana e dos índices de qualidade de vida. A cidade de Aracaju temse inserido nesse contexto, notadamente a partir da gestão 2017 de Edvaldo Nogueira,estabelecendo como um dos objetivos de seu Planejamento Estratégico “tornar Aracajuuma cidade humana, inteligente e criativa”, revelando o interesse progressivo daprefeitura nesse modelo de gestão urbana, que constantemente se institui a partir demecanismos de controle, que pautam a ação da tecnologia de qualquer natureza, fatoressaltado pelo filósofo da tecnologia Andrew Feenberg. A pesquisa, então, buscaproblematizar a smartização do cotidiano e da urbe e a retórica das smart cities,estabelecendo para fins de análise ações e soluções que integram o programa de cidadeinteligente desenvolvido a partir de 2017 pela Prefeitura Municipal de Aracaju, a fim deidentificar como esse modelo de gestão assentado majoritariamente nas TIC’s e osrecursos alimentados a partir dessa matriz tecnológica suscitam questionamentos queimpactam no sujeito-cidadão aracajuano, tomando como método de análise o quadroacerca do uso da tecnologia proposto por Feenberg (2003). De abordagem dedutiva ecaráter qualitativo-exploratório, a investigação se desenvolve a partir da revisãobibliográfica e pesquisa documental, além de entrevistas semiestruturadas comoinstrumento de coleta de dados primários.

  • MARILIA SOUZA SANTOS
  • O Consumo da pornografia pelas Mulheres: Usos e Gratificações
  • Orientador : RAQUEL MARQUES CARRIÇO FERREIRA
  • Data: 30/06/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A internet trouxe para a pornografia uma nova possibilidade de consumo, e, consequentemente, um aumento de mulheres acessando tais conteúdos de forma gratuita ou mesmo paga. Esse fenômeno conhecido como “domesticação da pornografia” abriu uma brecha para que o recorte de gênero pudesse ser incluído nos estudos sobre o consumo da pornografia. Outrora tidos como depreciativos e violentos quanto ao papel da mulher, os novos modelos de produções pornográficas têm sido distribuídos pela indústria, sobretudo, a partir do início dos anos 2000, com uma nova abordagem da imagem e do prazer feminino. Da profusão dessa nova dinâmica produtiva e consolidação de um público alvo cativo, surgiu nosso interesse sobre o entendimento da performance, usos e gratificações das mulheres com a pornografia. Nossa investigação parte da abordagem teórica de Usos e Gratificações com a tomada da Teoria Fundamentada em dados ou Grounded Theory como recurso metodológico de pesquisa. Através das entrevistas em profundidade, obtivemos como resultado, a descrição de dois motivos fundamentais para o consumo da pornografia pelas mulheres: 1. aprendizagem e 2. genrenciamento de humor. No trabalho, esses conceitos são explorados de forma a cosntruir o fatores essenciais para ocomportamento de procura e consumo desses produtos audiovisuais pelas mulheres.

  • CAROLINA SANTOS FAGUNDES
  • A TV EM PLATAFORMA: UM ESTUDO SOBRE A TRAJETÓRIA DO GLOBOPLAY E A ATUAÇÃO DE EMISSORAS BRASILEIRAS DE TELEVISÃO ABERTA NO CAMPO DO STREAMING DE VÍDEO
  • Orientador : TATIANA GUENAGA ANEAS
  • Data: 22/06/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O ano de 2020 marca os setenta anos da televisão brasileira. Ao longo desse período,este meio de comunicação conseguiu se adequar às inúmeras tendências de mercado efenômenos que se apresentaram ao longo de sua trajetória de sete décadas. Apopularização do streaming enquanto modelo de distribuição de conteúdo audiovisual éum fato emergente e que trouxe provações à empresas de variados campos, inclusiveaquelas que situadas no campo televisivo, gerando um embate entre lógicas dedistribuição que influenciam nas estratégias de produção, distribuição, divulgação econsumo de obras audiovisuais, bem como o papel da publicidade neste embate demodelos e as questões legais envolvidas no processo de consolidação deste fenômeno.Para este trabalho buscamos analisar a atuação de emissoras de televisão no campo dasplataformas de streaming em atuação no Brasil, tendo como objeto de investigação oGloboplay, produto da Globo, além das iniciativas de emissoras como Record e SBTpara fins comparativos. Para tal, propomos a construção da trajetória social daplataforma nos utilizando conceitos da Teoria dos Campos (Bourdieu, 1992, 1996,2006) como campo, trajetória e capitais de forma a analisar os impactos da tecnologiado streaming no mercado do entretenimento brasileiro e como as empresas do campotelevisivo se comportam frente ao novo cenário imposto pelas dinâmicas destefenômeno.

  • ALICE DOS SANTOS SILVA
  • #MULHERESPODCASTERS: UMA ANÁLISE DA RESISTÊNCIA FEMINISTA NA PODOSFERA BRASILEIRA
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 16/06/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Em conjunto com outras mídias que se desenvolveram na internet, o podcast tem progressivamente ganhado público e espaço no Brasil. Em uma abordagem essencialmente qualitativa, apesar de considerar dados quantitativos, esta pesquisa tem como principal objetivo compreender quais as características da resistência feminista construída na podosfera brasileira pelas mulheres podcasters. Para alcançar os resultados, proponho primeiramente uma pesquisa bibliométrica e exploratória considerando os artigos sobre podcast publicados nos Congressos da Sociedade Brasileira de Comunicação Social – Intercom. A partir desses estudos foi possível iluminar questionamentos teóricos sobre as características da mídia, bem como reunir ponderações sobre seu funcionamento como ferramenta de difusão de conteúdo. Para a pesquisa empírica, realizei um levantamento dos programas mais escutados do país segundo os dados da PodPesquisa de 2018 que possuíam mulheres na equipe. Como ferramenta para coleta de dados, apliquei entrevistas semiestruturadas com mulheres produtoras desses programas que se voluntariaram a participar do estudo, e como método, a Análise Temática proposta por Laurence Bardin (2011). Foram entrevistadas 17 mulheres produtoras de podcasts, sendo todas elas mulheres cisgênero, em sua maioria na faixa dos 30 anos. Quase 90% das participantes se declararam brancas, e pouco mais da metade são heterossexuais. Apenas quatro entrevistadas têm filhos e 80% delas possui ensino superior completo. Entre os resultados encontrados destaca-se que mesmo não compondo um coletivo organizado, e possuindo divergências de concepções feministas, as mulheres podcasters entrevistadas formam uma militância feminista preocupada em fazer da podosfera um espaço de segurança e de igualdade para mulheres e outras minorias sociais.

  • MADIANNE CLEMILDES DE SOUZA NUNES
  • Narrativas sobre aparência e saúde do corpo feminino: a disputa por capitais sociais em perfis do Movimento Corpo Livre e da Cultura Fitness no Instagram
  • Orientador : TATIANA GUENAGA ANEAS
  • Data: 10/06/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O objetivo central desta pesquisa é compreender a disputa de narrativas sobre o corpofeminino em perfis do movimento Corpo Livre e Cultura Fitness no Instagram, aoentender como a estrutura da mesma plataforma modula as performances e posiçõessobre o corpo feminino, convertendo-se em espaço objetivo da disputa por narrativas,compreendendo também como são construídas as narrativas de si sob forma deinformação saúde/aparência nos mesmos perfis. E por último entender como seconfiguram as estratégias e disputas pela legitimidade do corpo nos mesmos perfis,estabelecendo as formas que as narrativas de si sob forma de informação saúde/aparência no Instagram mobilizam capitais e posições sociais em meio às disputas porconsagração e poder. Para tal, esta pesquisa parte da abordagem teórico-metodológicautilizando primeiramente as perspectivas dramatúrgicas de Goffman (2014) na coleta eprimeira parte da análise dos dados, e em seguida as perspectivas da Teoria dos Campos(BOURDIEU, 1996, 1998, 1999, 2011), principalmente os conceitos de capital einstâncias de consagração e poder. Esse modelo nos servirá para averiguar os pontosacima listados, uma vez que as narrativas de si as quais são criadas em perfis femininosno Instagram têm como base a legitimação do corpo feminino, o que tornam essesdiscursos ainda mais interessantes de se observar e estudar, já que disputas por umadefinição de como o corpo deve ser tratado e de como as pessoas devem se relacionarcom ele estão sendo pautadas em amplo alcance no Instagram e na lógica dosinfluenciadores digitais.

  • FERNANDO MOREIRA DE SOUZA
  • Comunicação Pública: a TV Legislativa local-regional como canal de informação de interesse público
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 28/05/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A proposta desta pesquisa é analisar o potencial das TVs legislativas enquanto veículos de informação de interesse público. Parte-se do entendimento de que as mídias estatais e públicas desenvolvem funções de comunicação pública não contempladas pelas mídias privadas, considerando as limitações impostas pelo modelo das redes comerciais e o pouco espaço destinado aos conteúdos locais e regionais. A pesquisa tem o objetivo geral de compreender em que medida as TVs legislativas estaduais e municipais podem contribuir para ampliar a visibilidade midiática de assuntos, temas, localidades e atores sociais nos contextos locais e regionais. Para isso, adotamos como objeto de estudo a TV Assembleia Legislativa de Sergipe (TV Alese) e a TV Câmara Municipal de Aracaju (TV CMA), como dois veículos locais que compõem a Rede Legislativa de TVDigital, mantida pela TV Câmara dos Deputados e pela TV Senado. A perspectiva que norteia a abordagem proposta é a de que as mídias legislativas realizam um trabalho deprodução de conteúdos informativos que amplificam a função de transparência das casas legislativas, constituindo-se como espaços de visibilidade midiática para questões e temas de interesse local. Assim, a pesquisa descreve e analisa o funcionamento das TVs legislativas. Metodologicamente, consiste em um estudo de dois casos e se utiliza das técnicas de revisão bibliográfica, análise documental e pesquisa de campo, com a aplicação de questionários e entrevistas em profundidade. Os resultados apontam que a TV Alese cobre as atividades legislativas e desenvolve um trabalho de cobertura jornalística local e regional, ao passo que a TV CMA se dedica somente às ações da Câmara.

  • ANA LAURA FARIAS GONÇALVES
  • “Estratégias de enfrentamento da desinformação na pandemia no Brasil e na Argentina: a atuação das agências de fact-checking Lupa e Chequeado”
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 07/05/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A dissertação aborda as estratégias adotadas pelas agências de fact-checking Lupa (Brasil) e Chequeado (Argentina) durante a pandemia de Covid-19 em 2020. As estratégias envolvem o desenvolvimento de novos produtos, a readequação de ferramentas já utilizadas e mudanças nos critérios de seleção. A investigação explorou o seguinte problema de pesquisa: “o enfrentamento à desinformação na pandemia levou ao desenvolvimento de estratégias específicas de fact-checking pelas agências Lupa (Brasil) e Chequeado (Argentina)?” Entre as hipóteses exploradas está a constatação de que as agências de fato fizeram readequações em seus procedimentos e tiveram suas rotinas modificadas na pandemia, adotando para isso estratégias diversas conforme as realidades locais em seus países. O percurso metodológico baseou-se em estudos de casos múltiplos, seguindo o protocolo de Yin. Foram aplicadas as seguintes técnicas de pesquisa: análise de conteúdo e entrevistas com integrantes das duas agências. O trabalho foi conduzido em três momentos: o primeiro capítulo focado em fundamentos normativos do jornalismo necessários à compreensão do surgimento e atuação das agências de fact-checking; o segundo direcionado ao entendimento da desinformação como fenômeno social; e o terceiro analisando a atuação das duas agências durante a pandemia de Covid-19.

  • EDUARDO VIEIRA TEIXEIRA
  • “De Cirurgião Plástico à “Digital Influencer”: Como a conquista da beleza é vendida em Sergipe”
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 26/02/2021
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Em meio às discussões contemporâneas sobre a conquista da beleza e sua difusão nas mídias sociais online, esta pesquisa buscou identificar as ações de autopromoção de Cirurgiões plásticos Sergipanos que atuam no Instagram. Para isso contextualizamos o cenário de relevância da medicina e da cirurgia plástica nas mídias sociais a partir da visão de Foucault (1984, 1988 e 2008), Zorzanelli e Cruz (2018), Schiavo (2014), Eco (2017), Poli Neto e Caponi (2017), Lemos (2019) e Helmond (2015); e, em seguida, explanamos o uso de mídias sociais por médicos e as nuances da produção de conteúdo digital pelo olhar de Latham (2004), Ramalho (2010), Conselho Federal de Medicina (2011), Bourdieu(1986, 2007), Karhawi (2016, 2017), Duffy (2017, 2020) e Jenkins, Green e Ford (2014). Nossos objetivos foram alcançados através da realização de um estudo de casos múltiplos (YIN, 2016a) analisados sob perspectivas holísticas e de casos incorporados, através de um conjunto de procedimentos que envolveu uma análise de conteúdo (BARDIN, 2016) das publicações compartilhadas entre julho e dezembro de 2019 por 5 cirurgiões plásticos, e entrevistas semiestruturadas com outros 2 profissionais responsáveis pelo gerenciamento de mídias sociais de cirurgiões. Conseguimos perceber que o uso do Instagram se dá em prol de gerar interações com os seguidores em diversos âmbitos, visando uma aproximação de laços e trocas simbólicas, à medida que os profissionais tentam equilibrar a exposição da sua vida pessoal e profissional, cometendo excessos de autopromoção capazes de acelerar a tomada de decisão dos potenciais pacientes. Este trabalho colabora com o aprimoramento de um setor pouco explorado da pesquisa em publicidade médica, e também compartilha com a sociedade uma reflexão quanto ao padrão de beleza vigente, podendo ainda auxiliar na construção de novas ações para cirurgiões plásticos, para o Conselho Federal de Medicina e para o próprio Instagram.

2020
Descrição
  • CRISTIANO LEAL DE BARROS LIMA
  • A construção do espaço urbano futurista distópico em Blade Runner através do tripé da visualização cinematográfica
  • Orientador : JEAN FABIO BORBA CERQUEIRA
  • Data: 18/12/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O clássico de ficção científica Blade Runner: O Caçador de Androides (1982) desenvolve uma narrativa centrada no futuro, retratando uma sociedade urbana em pleno ano de 2019. Prestes a completar quatro décadas desde o seu lançamento, o longa ainda é celebrado pela qualidade dos efeitos especiais (não digitais) na visualização de uma paisagem urbana futurista e decadente, de tal forma que é considerando um divisor de águas no cinema de ficção científica. Neste contexto, esta pesquisa objetiva investigar as estratégias de articulação do chamado tripé da visualização cinematográfica (direção geral, direção de fotografia e design de produção) na produção do espaço diegético que sustenta a narrativa do longa, ou seja, definindo os espaços cinematográficos -lugares da narrativa, o onde, dentro da megalópole cinematográfica representada. Procura-se, portanto, compreender como a articulação destas três funções foi essencial à criação de uma representação foto realística e distópica da cidade de Los Angeles, no então longínquo ano de2019. Em termos metodológicos, em um primeiro momento será realizada uma revisão teórica acerca dos conceitos de cidade-cinema, de paisagem e espaço, tanto no campo geográfico como no campo cinematográfico, e de ficção científica distópica. Como principais referenciais despontam as pesquisas de Barbosa (2013), Araújo (2011), Brandão (2006) e Rowley (2005), ambas sobre o filme Blade Runner. Para a análise imagética, ao nível do plano e da sequência, a análise dos diversos níveis urbanos encontrados na cidade-cinema será pautada pela perspectiva de Jullier & Marie (2009).

  • RICARDO LUÍS GUIMARÃES DOS SANTOS
  • The Walking Dead: Our World e o processo imersivo em Vídeo Games Pervasivos de Realidade Aumentada de segunda geração
  • Orientador : JEAN FABIO BORBA CERQUEIRA
  • Data: 18/12/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa insere-se no contexto das estratégias de produção de experiência imersiva a partir da integração conceitual de vídeo games pervasivos e vídeo games de realidade aumentada. Desta forma,o objetivo geral consiste em compreender como este gênerode vídeo game submete o jogador a uma mudança de esquema de uso do corpo, considerando-se que o dispositivo celular desponta menos como um computador de mão e mais como uma câmera de vídeo. Interessa-nos, portanto,compreender ainda como, neste processo imersivo, a carga simbólica do universo ficcional da franquia audiovisual relacionada é agregada pelo projeto de cada vídeo game, a fim de direcionar sua experiência. De forma mais específica, voltaremos nosso olhar para o título The Walking Dead: Our World, que ocupa, de forma relevante, este espaço de integração conceitual.

  • RENATA TAVARES BENIA
  • “Regime Absortivo No World Press Photo: O Testemunho Fotográfico para além do Instante Decisivo”
  • Orientador : GREICE SCHNEIDER
  • Data: 17/12/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação reflete sobre os motivos absortivos das fotografias premiadas na categoria long-form projects do World Press Photo. Por absorção, consideramos estado de espírito absorto em si mesmo ou execução de alguma atividade de maneira absorta, segundo definição de Michael Fried (1980). O problema deste estudo é determinante para que se possa averiguar a representação visual do acontecimento no relevo contemporâneo, a partir de tentativas que rompem com os tropos visuais reconhecíveis (drama e ação), buscando um teor mais contemplativo e atento, ao mesmo tempo em que revivem certas correntes da história da arte. As fotografias contempladas nesta dissertação emergem no cenário de saturação dos clichês de imprensa e crise dos modelos de produção do fotojornalismo (POIVERT, 2010). Na contracorrente deste terreno, surgem estratégias para reconfiguração temporal e referencial do acontecimento, para além do instante decisivo bressoniano e dos altos níveis de dramatização. Sob este realce, temos o objetivo de verificar como os temas absortivos são explorados na relação com os aspectos eloquentes da construção do acontecimento; o acoplamento na relação temporal e referencial (que tendem a celebrar o presente e imediatismo do acontecimento, e altos níveis de dramaticidade do pathos humano). Para tanto, o corpus deste estudo é composto por imagens de personagens que estão absortos localizadas na categoria long-form projects, premiadas pelo World Press Photo, nos últimos 5 anos. O nosso argumento habita na ideia de que para além de estas construções imagéticas possuírem a função de atrair os espectadores a partir do viés da inquietação e, por conseguinte, provável curiosidade, elas mobilizam a imaginação do leitor (em uma leitura mais atenta e lenta). Na abordagem de nossas discussões, partimos da dimensão estética e da história da arte para investigar as consequências destas imagens absortivas na relação com o observador do fotojornalismo. Tais dimensões estão em congruência com uma perspectiva histórica e psicológica, posto que os modos pelos quais percebemos algo tem bases históricas (CRARY, 2012); e partem de esquemas mentais provenientes do saber gerado através de convenções e estereótipos (GOMBRICH, 1950, 1977). Em união a estas abordagens, para a análise das imagens, nos sustentaremos no conceito de absorção formulado pelo historiador da arte Michael Fried (1980). Para o exame do regime absortivo nestas fotografias, elegemos propriedades analíticas que cumprem apontar a instância temporal, dramática (ação e fisionomia humana) e estética, a fim de entendermos como a absorção é explorada em diferentes ensaios fotográficos, e quais são as repercussões. O exame destas imagens possibilitará compreender como a transcendência do instante decisivo a partir do regime absortivo repercute consequências não somente no campo do fotojornalismo, mas na nossa cultura visual, a partir de uma experimentação estética, imaginativa e desacelerada do olhar.

  • MARIA LUIZA PEREIRA DE CASTRO
  • “Não preciso, mas quero”: O mito da beleza em Tempos de Femvertising
  • Orientador : MARIA EMILIA DE RODAT DE AGUIAR BARRETO BARROS
  • Data: 30/10/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Após décadas de representações midiáticas estereotipadas da mulher, surge o femvertising, vertente da publicidade promotora do empoderamento feminino. Com uma proposta de desconstruir antigos padrões estéticos, comportamentais, relacionados ao gênero feminino, tenta cumprir seu papel influenciador nas decisões de compra. Observamos a publicitária de femvertising “Rewind” que promove a linha de maquiagem Make B., criada por “O Boticário”, em 2018. A pesquisa se justifica por refletir sobre como os discursos do feminismo são transformados em ferramentas do neoliberalismo, ofertados a seus consumidores. Em consequência dessa reflexão, questionamo-nos: na condição de ser um discurso construído para atingir o consumo, de que maneira o comercial “Rewind” tenta apresentar um discurso feminista? Quais são os discursos perpassados nesta publicidade, com vistas à promoção de um possível despertar do sentimento de empoderamento feminino? O empoderamento na vida das mulheres pode ser uma tendência de publicidade? Para responder essas inquietações, apoiamo-nos nas obras de Foucault, uma abordagem arqueológica e genealógica. Para além desse enfoque, refletimos a respeito tanto do patriarcado como das distinções entre masculinidade e feminilidade, presentes na construção do sujeito mulher; discutimos também sobre a Indústria Cultural, atentando para a problemática da imagem da mulher; tratamos, enfim, da questão da beleza, à luz de “O Mito da Beleza: como as imagens de beleza são usadas contra as mulheres”, Wolf (1991). No final, compreendemos que, embora o femvertising não necessariamente promova a causa feminista, julgamos talvez ser um fator promissor na publicidade.

  • GUSTAVO DE MELO FRANÇA
  • “OS PROCESSOS DE HIBRIDISMO CULTURAL NA ANIMAÇÃO JAPONESA: UMA COMPREENSÃO DO CAMPO A PARTIR DO CASO “LITTLE WITCH ACADEMIA” E O SUBGÊNERO DE GAROTAS MÁGICAS”,
  • Orientador : JEAN FABIO BORBA CERQUEIRA
  • Data: 28/10/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Nos últimos anos a animação japonesa apresentou uma maior penetração em mercados estrangeiros, sobretudo por causa das plataformas de streaming, as quais despontam como novas forças que tencionam o campo da animação japonesa. Diante deste contexto, esta pesquisa assume como objetivo geral investigar os processos de hibridismos culturais na produção animada japonesa em resposta às tensões ocorridas em seu campo a partir do subgênero de garotas mágicas. Assume-se, portanto, que produções culturais e artísticas são históricas e que sua construção está imersa na dinâmica do campo. Como fundamento central deste trabalho, encontram-se os estudos de Pierre Bourdieu e Néstor García Canclini e suas considerações a respeito da capacidade de combinação, reprodução e renovação da cultura, e também do nivelamento, da convergência e das disputas de posição. Como de corpus de análise, serão contempladas a animação “Little Witch Academia” e outras produções animadas que fazem parte do subgênero Mahou shoujo (garotas mágicas), a partir dos contextos sociocultural, histórico, político e econômico, de modo a compreender como a animação japonesa mescla elementos culturais nacionais com os elementos estrangeiros, em sua configuração visual tanto na aparência das personagens quanto nos mundos narrativos representados.

  • MIRABEL DOS SANTOS
  • Competências Transmídia: entre usos e percepções dos estudantes do Colégio Estadual Barão de Mauá
  • Orientador : CARINA LUISA OCHI FLEXOR
  • Data: 27/10/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Com o surgimento da rede e das mídias digitais, as mensagens passaram a circular por distintas plataformas exigindo de seus usuários/leitores novas competências para utilizar os diversos hardwares, softwares e seus protocolos. As tecnologias da informação e comunicação vêm transformando a cognição dos sujeitos, exigindo – frente ao consumo de conteúdos distribuídos –, além de distintas habilidades, também competências específicas, estas, denominadas de competências transmídia. A presente dissertação, a partir do cenário encontrado no Colégio Estadual Barão de Mauá (Aracaju-SE), objetivou mapear as competências transmídia presentes no processo de escolarização dos estudantes da 3ª Série do Ensino Médio do referido colégio, contribuindo para guiar práticas, no espaço formal de educação, mais consonantes com a atual ecologia midiática e, consequentemente com o perfil dos estudantes em questão. Considerando as relações entre as mídias digitais, tecnologia e educação em uma era hiperconectada, buscou-se compreender como esses adolescentes estão consumindo, produzindo, compartilhando, criando e aprendendo em ambientes digitais. Assim, tomando como base o arcabouço teórico-metodológico do Projeto Transmedia Literacy, desenvolvido por Carlos A. Scolari e equipe, o presente trabalho, a partir de uma perspectiva dedutiva e de abordagem qualitativa com viés etnográfico, fez uso de técnicas como a observação participante, observação on-line, questionário on-line e entrevista semiaberta em profundidade. Os resultados confirmaram que as competências transmídia estão presentes no processo de escolarização dos estudantes, que o smartphone desponta como o principal artefato tecnológico utilizado e as mídias sociais digitais como principal canal de disseminação do conteúdo por eles produzido.

  • ROSELÍ PEREIRA NUNES BASTOS
  • BUSCA E CONSUMO DE INFORMAÇÃO DIGITAL EM SAÚDE POR MEMBROS DE COMUNIDADE QUILOMBOLA EM SERGIPE
  • Orientador : RAQUEL MARQUES CARRIÇO FERREIRA
  • Data: 27/10/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A informação em saúde sempre esteve presente na vida das pessoas. Assim, todo mundo tem algum tipo de experiência que envolve o uso ou recomendação de receitas caseiras, medicações farmacológicas, ou adoção de práticas curativas resultantes de conversas com amigos, familiares ou vizinhos. Contudo, o que temos no cenário contemporâneo é uma informação em saúde produzida, acessada e consumida em larga escala, por meio da utilização de aparatos tecnológicos e da conexão com a internet. Contudo, o que temos no cenário atual é uma informação em saúde produzida, acessada e consumida em larga escala, por meio da utilização de aparatos tecnológicos e da conexão com a internet. Essa é, portanto, uma realidade de alcance indiscriminado em diversidade econômica, cultural, geográfica e social. Como um estudo de recepção, nos dedicamos ao objetivo de compreender o processo de apropriação da informação digital em saúde pelos membros da comunidade remanescente quilombola bairro Porto D’areia (SE). O interesse por esses sujeitos está no entendimento, mesmo que equivocado, de que as comunidades tradicionais são agrupamentos isolados, sem acesso às estruturas urbanas básicas, bem como às novas tecnologias, com nenhum ou pouco letramento digital e de saúde, que se diagnosticam e tratam as condições de saúde majoritariamente por meio de heranças do conhecimento popular e ou de ritos religiosos. Com uma pesquisa qualitativa indutiva da Teoria Fundamentada em Dados, apreendemos evidências sobre as relações entre os sujeitos quilombolas e seus nexos com a busca de informação digital em saúde. Organizados em três categorias principais (motivos para a busca e o consumo, estratégias de usos da tecnologia e da internet, e os critérios para interpretação e tomada de decisão), os resultados nos mostraram as necessidades e limitações dos remanescentes quilombolas do Bairro Porto D’Areia (SE) acerca da busca de informação na internet para o autocuidado. Em suma, desvelamos que o acesso e o consumo de informação digital em saúde lhes possibilitam mitigar dificuldades relativas à saúde formal, à compreensão da informação médica, ao contato com conteúdos mais diversos em temática, linguagem e formato, cuja apropriação costuma perpassar pelo crivo de outras pessoas.

  • NAYARA DE ARÊDES OLIVEIRA
  • MULHERES E REPRESENTAÇÃO NA COLUNA SOCIAL: UMA ANÁLISE DO CADERNO THAÏS BEZERRA
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 23/10/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Os produtos midiáticos constituem-se como espaços de construção e reprodução de padrões que incidem de forma particular sobre as vivências e corpos das mulheres. Investigar a representação das mulheres nesses espaços, com foco nas colunas sociais, é o objetivo deste estudo, que se centra no caso do caderno Thaïs Bezerra. Esta publicação semanal integra o Jornal da Cidade (sediado em Aracaju, Sergipe) desde 1981, permanecendo em atividade até os dias atuais. O objetivo geral da pesquisa é identificar, acompanhar e discutir os modelos de representação feminina construídos pelo caderno Thaïs Bezerra ao longo de quatro décadas de história. Para tanto, são analisadas as capas de 140 edições do caderno divididas em quatro recortes temporais entre os anos 1981 e 2018. O suporte metodológico definido para a pesquisa alia técnicas e conceitos da Análise de Conteúdo e uma entrevista em profundidade com a autora da coluna que baseia este estudo, Thaís Bezerra. O referencial teórico inclui contribuições de Woodward (2014), Goffman (1985), Hall (2003, 2016), Butler (2003) e Cruz (2015), entre outros. A pesquisa se justifica pela necessidade de aprofundar a análise sobre as representações construídas pelo colunismo social, sobretudo em relação a grupos que ocupam posições sociais de subalternização.

  • AIANNE AMADO NUNES COSTA
  • Please come to Brazil: uma análise crítica dos fãs brasileiros como apreciadores de objetos culturais internacionais
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 18/02/2020
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Os fãs brasileiros são frequentemente referidos como os “melhores” e “mais apaixonados” do mundo, principalmente por artistas e celebridades internacionais. Seu engajamento por produtos culturais de outros países se destaca e chama atenção de produtores e estúdios, o que se evidencia ainda mais a partir da ascensão das mídias digitais. Na busca por entender as motivações e dinâmicas por trás desse comportamento, faço uma análise de conteúdo através da revisão de literatura de teses e dissertações já escritas sobre esse objeto, observando semelhanças e diferenças para traçar um perfil do fã nacional, discutindo os resultados a partir de teorias sobre cultura pop, fandoms transculturais e a formação da identidade nacional brasileira – que mostra que, devido ao nosso processo histórico de colonização, há uma tendência de valorização à cultura estrangeira. Toda a pesquisa é embasada pela perspectiva crítica da Economia Política da Comunicação, campo que estuda as relações de poder na Indústria Cultural e a inserção desta na lógica capitalista, que complemente o já estabelecido campo dos Estudos de Fãs, propondo um arcabouço de análise que permita a compreensão da totalidade do problema em questão.

2019
Descrição
  • MARCELO RANGEL LIMA
  • O engenho criativo da Mussuca: desenvolvimento e cultura no campo negro de Laranjeiras, Sergipe
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 30/08/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Na perspectiva do método histórico-estrutural, o trabalho problematiza relações entre desenvolvimento e expressões culturais na cidade de Laranjeiras, com destaque para a comunidade da Mussuca, notabilizada pela singularidade de seus ritos e celebrações, cujas referências e matrizes africanas se destacam na diversidade cultural de Sergipe. Com base no processo histórico que modelou o desenvolvimento local, marcado pela economia açucareira e a exploração do trabalho escravo, identificamos como rebeliões e estratégias de resistência cultural moldadas por anseios de liberdade e laços de solidariedade estabeleceram espaços de atuação na sociedade escravocrata, consolidando práticas simbólicas que acabam por se destacar frente às matrizes brancas e europeias. A historicidade da ocupação territorial na confluência dos rios Sergipe e Cotinguiba pela população descendente de mulheres e homens escravizados evidencia a formação de uma comunidade remanescente de quilombos, mas é através de celebrações tradicionais que a Mussuca consolida uma identidade cultural própria. A inserção de suas manifestações culturais comunitárias em eventos e celebrações oficiais provoca o rompimento do isolamento dos negros da periferia da cidade e propicia sua participação em círculos artísticos, sociais e políticos. Com base no pensamento de Celso Furtado e nas proposições de organizações intergovernamentais e à luz de dados apontados em pesquisas históricas e reflexões de viés antropológico, apresentamos linhas de argumentação sobre tais processos e sobre agentes locais de transformação, destacando suas capacidades criativas como indutoras de visibilidade e integração social.

  • JÔNATAS BRENO SILVA SANTOS
  • Perto do fim: os desfechos dos personagens gays no cinema brasileiro
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 30/08/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa busca analisar os desfechos dos personagens homossexuais masculinos nos filmes nacionais, de modo a verificar que destinos lhes são conferidos nas narrativas ao longo da trajetória do cinema brasileiro. Assim, a partir da pesquisa empreendida por Moreno (2002) no seu livro “A personagem homossexual no cinema brasileiro” e uma etapa de coleta própria dos dados, foi realizada uma Análise de Conteúdo de um corpus representativo de 61 filmes brasileiros, situados entre 1923 e 2017. Logo, trata-se de uma investigação longitudinal, de caráter quanti-qualitativo, que à luz de teorias como os Estudos Culturais, Estudos de Gênero e Teoria Queer, traz o esforço de não somente analisar o objeto comunicacional em questão, mas também propiciar uma discussão social pertinente em torno dele. Em vista disso, compomos um panorama acerca dos desfechos conferidos aos personagens gays nas narrativas cinematográficas brasileiras, descortinando e problematizando o tratamento final que tem sido dado a essas identidades no cinema nacional.

  • YASMIN BARRETO DÉDA CHAGAS
  • A mulher na coluna Retratos Femininos: tensão entre memória e esquecimento
  • Orientador : MARIA EMILIA DE RODAT DE AGUIAR BARRETO BARROS
  • Data: 30/08/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho aborda nossa pesquisa, cujo objetivo principal é analisar discursivamente a coluna Retratos Femininos, do jornal sergipano ‘A Semana’, circulado nos municípios de Simão Dias, Paripiranga, Lagarto, entre 1946 - 1969. A “Retratos” perfilava mulheres da cidade, consoante suas características físicas, psicológicas, sob a observação do autor. Buscamos analisar esta coluna, para entendermos os discursos que a atravessam: se machista, conservador ou, contrariamente, se há o rompimento dos valores tradicionais. Consequentemente, estudamos as condições de produção das descrições dos perfis, a autoria, a subjetividade, a verdade. Nesses termos, como aporte teórico, adotamos a Análise de Discurso de vertente francesa, com vistas às noções de discurso, Memória, Interdiscurso, conforme Orlandi; os conceitos de enunciado, autoria, sujeito, verdade, poder/saber, disciplina, desenvolvidos por Foucault; contamos ainda com as contribuições de Gregolin, quanto aos discursos da mídia. Inicialmente, traçamos um breve histórico sobre a mulher, suas representações em discursos circulados na sociedade, com enfoque na mídia, uma contribuidora da reatualização desses discursos. Ademais, destacamos o lugar do qual enuncia o jornalista responsável pela coluna, José de Carvalho Déda, diretor do jornal, assinante sob o pseudônimo de “Leonardo DeVinci”. Dando continuidade aos aspectos teóricos, estudamos os conceitos norteadores das análises, à luz das áreas a que este trabalho está circunscrito. Para efeitos de análise, selecionamos as colunas concernentes ao primeiro ano do jornal (1946), composta por dezesseis edições, por seu caráter ininterrupto atinente ao processo desde a produção à veiculação dos jornais. Quanto à metodologia de análise, empregamos os ensinamentos de Foucault, em “Arqueologia do Saber”, “A Ordem do Discurso, o conceito de Dispositivo (FOUCAULT, DELEUZE). Similarmente, utilizamos os conceitos de Orlandi. Como recurso de análise do corpus, destacamos quatro importantes eixos discursivos, quais sejam: religioso/mítico, pedagógico, institucional, literário. De igual modo, examinamos a ruptura discursiva. E, na medida em que destacamos esses eixos, como estamos lidando com textos fundamentalmente descritivos, consideramos as características físicas, psicológicas, as habilidades profissionais, como recursos de análises. Finalmente, identificamos alguns discursos conservadores sobre a mulher, com destaque às comparações da perfilada com elementos da natureza, numa aproximação com o discurso literário, para expressar a sua fragilidade. As representações encontradas nestes discursos contribuem para a docilização do feminino, apontando para uma tensão entre memória e esquecimento, na medida em que as características das perfiladas são apresentadas como qualidades dos sujeitos, promovendo um reatualização de discursos ditos e esquecidos. Com efeito, surge a impressão da necessidade de elas serem guiadas por um homem, enaltecendo-as a partir de padrões não correspondentes à realidade de todas as mulheres.

  • ADSON VINICIUS SANTOS SANTANA
  • A NARRATIVA TRANSMÍDIA NO JORNALISMO FACTUAL DE ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA: a cobertura jornalística realizada pela BBC News Brasil no site, Twitter e Instagram
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 29/08/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem como objetivo principal analisar se a narração transmídia atende as demandas da cobertura factual diária, bem como se as experiências temporais do jornalismo se modificam e alcançam novas formas com a incorporação de narrativas transmidiáticas no jornalismo em ambientes digitais. Em sentido mais específico, busca-se investigar se as narrativas transmídiáticas no ambiente digital modificam as estruturas textuais a partir da sua utilização para qualificar a cobertura jornalística diária e, em consequência, as experiências do leitor do jornalismo factual. A metodologia de pesquisa consiste em pesquisa bibliográfica e documental, com análise da literatura recente sobre os aspectos da cobertura factual, temporalidade e da transmidialidade, e da aplicação do método de Análise de Conteúdo em estudo de caso de uma produção jornalística multiplataforma, a BBCNewsBrasil em seu website, e nas suas contas de Twitter e Instagram. Foram estabelecidos indicadores e questões para análise, tais como dados de publicação, modos de repercussão (distribuição, compartilhamento), tipos e interações entre linguagem e integração entre plataformas, a fim de explorar categorias baseadas na proposta de Jenkins (2009): capacidade de perfuração; continuidade x multiplicidade; imersão x capacidade de extração; construção do universo; subjetividade; espelhamento seu imbricamento.

  • EDNILSON BARBOSA SANTOS
  • Do impresso ao digital: o processo de transição no jornalismo local e do ‘interior’
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 17/06/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O principal objetivo desta pesquisa foi investigar as especificidades do processo de transição do meio impresso para o digital no ‘jornalismo local’ e do ‘interior’. Partiu-se da premissa de que a literatura sobre o jornalismo praticado no ambiente da Internet (sob diferentes denominações) tem concentrado seus estudos empíricos na chamada grande imprensa, desconsiderando variáveis presentes em outros contextos. Ao reconhecer essa lacuna, esta pesquisa de Mestrado procurou refletir sobre os modelos de negócios, as opções tecnológicas e a influência do contexto geográfico observáveis em duas experiências recentes dessa transição na Região Nordeste: a do jornal semanal Cinform, de Aracaju, capital de Sergipe, e a do diário O Mossoroense, de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte. Nessa direção, buscou identificar as singularidades desses dois processos, com base nas características e “fases” do jornalismo digital observadas em estudos sobre jornais de “prestígio nacional”. Para fundamentação teórica, utilizou aportes das Geografias da Comunicação, da Comunicação Regional, e do Jornalismo Digital e Hipermídia. E como percurso metodológico lançou mão de uma combinação de procedimentos de observação sistemática, análise documental e análise de conteúdo, já que se trata de uma pesquisa exploratória (sem parâmetros de estudos semelhantes consolidados anteriormente) com fins descritivos, diagnósticos e prospectivos. Foi possível demonstrar, então, que o centenário diário potiguar manteve-se atualizado com as tecnologias de produção jornalística até aderir de vez ao mundo digital, enquanto o jovem semanário sergipano adotou como “inovação” um modelo de jornalismo transpositivo, típico da primeira era da Internet, cuja novidade consiste em distribuir a edição semanal em pdf,via aplicativo de mensagens de celular.

  • MARIA SOL SILVA SANTOS
  • Agenda jornalística de saúde no Jornal Nacional: Avaliação de qualidade e proposta de gestão editorial com base no critério de relevância
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 05/06/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O principal objetivo deste estudo é realizar uma avaliação da qualidade jornalística da agenda
    de notícias que constituem a agenda de saúde do JN e propor uma ferramenta de planejamento
    e gestão editorial, baseada no critério de relevância. As perguntas norteadoras desta pesquisa são: Qual a qualidade da agenda jornalística de saúde no Jornal Nacional? E como medi-la sistematicamente, com base no parâmetro de relevância jornalística, de modo a se produzir um diagnóstico da cobertura? Este estudo é teoricamente alicerçado no Jornalismo por meio da discussão sobre qualidade e relevância, no campo da Comunicação e Saúde, através do entendimento da saúde pública no Brasil e das condições e indicadores de saúde dos brasileiros. O desenho metodológico foi do tipo experimental e se deu através da comparação entre as agendas governamental, pública e jornalística, observando a relevância ocupada pelos principais temas de saúde. Para compor a gestão editorial, foi utilizada a metodologia do Guia da Agenda Jornalística (GUERRA, 2016). Os fatores de
    relevância encontrados na agenda jornalística tenderam ao distanciamento dos valores de
    relevância pontuados nas agendas de referência (governamental e pública), indicando que a
    cobertura jornalística de saúde do Jornal Nacional pode ser classificada como ruim. A gestão
    editorial proposta sugere o número de matérias a serem produzidas para cada tema (Índice de
    Resolução Semântica) de acordo com o Fator de Relevância das temáticas listadas na Matriz
    de Relevância. Este trabalho contribui com a produção de informação de qualidade, e
    consequentemente na formação de uma sociedade melhor informada, democrática e um setor
    produtivo com credibilidade diante da audiência.

  • CAMILA SILVA SANTOS
  • “REDUZIR, REUTILIZAR E RETUITAR: Instituto Akatu, comunicação ambiental e o discurso do consumo consciente nas mídias sociais”.
  • Orientador : JEAN FABIO BORBA CERQUEIRA
  • Data: 31/05/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A crise ambiental, simbolizada pelo fenômeno macro das mudanças climáticas, é talvez a maior questão social global contemporânea. Sua discussão atravessa todos os contextos socioeconômicos, nos quais tem ganhado, cada vez mais, visibilidade o deslocamento do foco de preocupação da produção para o consumo. Numa sociedade em rede, marcada pela comunicação mediada pelas novas tecnologias digitais e pelo estatuto da hiperconexão, esta discussão circula de forma intensa entre os mais diversos atores sociais, estando presente nas modernas e populares plataformas e sites de redes sociais eletrônicas. O presente estudo procura, a partir da Sociologia Ambiental e dos Estudos do Consumo, sob a perspectiva da Análise Crítica de Discurso, caracterizar e analisar a Comunicação Ambiental realizada pelo Instituto Akatu para o Consumo Consciente nas chamadas mídias sociais, nas quais esta Organização Não Governamental empresarial está presente, sendo muito atuante no empenho de legitimar um discurso ambientalista revestido de um apelo direcionado ao “consumo consciente”. Tal discurso é efetivado em diferentes modalidades comunicativas através da Internet, com destaque para sua participação em duas das principais plataformas de redes sociais amplamente utilizadas no Brasil - Twitter e Facebook. Para fins de análise, a pesquisa priorizará um corpus delimitado pelas publicações realizadas pelo Instituto nos seus UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Cidade Universitária Prof. José Aloísio de Campos - Av. Marechal Rondon, S/N - Jardim Rosa Elze CEP: 49100-000 - São Cristóvão/SE –Prédio do DCOS Telefone (79) 3194-6390 -Site: http://www.posgraduacao.ufs.br/ppgcom perfis nestas duas “redes sociais” eletrônicas, apoiando-se em aplicativos de análise de dados, sobretudo o NVivo, para codificar postagens realizadas nos doze meses do ano de 2017. De caráter essencialmente qualitativo, mas sem ignorar aspectos quantitativos relevantes, em uma primeira fase estabeleceu um comparativo da estratégia discursiva do Akatu em ambas as plataformas, para então, num segundo momento, proceder a análise discursiva propriamente dita, de modo a compreender aspectos constitutivos e pragmáticos desta matriz discursiva, sobretudo no âmbito da atribuição de responsabilidade, na definição e delimitação da problemática do consumo e de possíveis soluções sugeridas pela comunicação ambiental praticada pela ONG.

  • DIOGO COSTA DOS SANTOS
  • #MídiaNinjaAoVivo: estratégias de programação de efeitos em lives de vigilância policial no contexto de manifestações sociais
  • Orientador : GREICE SCHNEIDER
  • Data: 29/05/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A dissertação identifica as estratégias empregadas pelo coletivo Mídia Ninja (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação) na programação dos efeitos de sentido de repressão e sentimento de indignação em lives de vigilância policial no contexto de manifestações sociais. Compreende o grupo midiativista como um ator sociopolítico (GOHN, 2003; 2005; 2014) com atuação no campo da comunicação popular alternativa (PERUZZO, 2008; 2018), que busca disputar com a grande mídia as narrativas sobre tais eventos a partir da revelação pública (FRANCISCATO, 2005) de ações ou vestígios de ações policiais violentas durante sua vigilância “ao vivo” (BRUNO, 2013) no durante ou após o contexto de manifestações. A pesquisa emprega o método de análise poética do filme (GOMES, 1996; 2004a; 2004b) na investigação de 34 transmissões ao vivo (pouco mais de 20h) realizadas pela Mídia Ninja em sua página na rede social digital Facebook entre abril de 2016 e setembro de 2018, totalizando o contexto de 19 manifestações sociais ocorridas no Brasil no respectivo período. A pesquisa averigua o emprego de recursos audiovisuais e narrativos para a programação de efeitos nas lives (BORDWELL; THOMPSON, 1995), (GAUDREAULT; JOST, 2009). Como resultado, apresenta as estratégias de caracterização de indícios e do caos, associando suas realizações nas narrativas com ao tempo atual (passado) e tempo real (presente), respectivamente (FECHINE, 2008; GUTMANN, 2014).

  • ÉRIKA LETÍCIA DE OLIVEIRA RODRIGUES
  • “Pluralidade e qualidade no Jornal Nacional: índice de Pluralidade Jornalística (IPJ) da cobertura sobre a reforma da Previdência”
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 28/05/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa desenvolve uma avaliação experimental da qualidade da cobertura do Jornal
    Nacional (JN) sobre a proposta de reforma da Previdência (PEC 287/2016) apresentada
    pelo governo Temer, a partir do requisito Pluralidade. A análise, que teve como objetivo
    identificar a expressão dos conflitos de pontos de vista e assim determinar o Índice de
    Pluralidade Jornalística (IPJ), foi realizada em três etapas: montagem da matriz de
    problemas, análise de conteúdo e cálculo do IPJ. A avaliação considerou o espaço
    temporal compreendido entre a apresentação da Proposta de Emenda à Constituição
    pelo Governo Federal (dezembro de 2016) e a suspensão da tramitação (fevereiro de
    2018) o que resultou em um corpus empírico de 54 reportagens sobre o eixo temático
    analisado. Ao final da análise é possível determinar o Índice de Pluralidade Jornalística
    (IPJ) dos principais subtemas relacionados às alterações na Seguridade Social, bem
    como calcular o IPJ de toda a cobertura sobre a reforma da Previdência. Que no caso do
    Jornal Nacional se mostrou predominantemente parcial. Além da avaliação de qualidade
    a partir dos pontos de vista em disputa no debate sobre a reforma da Previdência, houve
    ainda a perspectiva de contribuir para o desenvolvimento experimental de uma
    metodologia de pesquisa, que atualmente se encontra configurada em um software de
    gestão da produção jornalística orientado para a qualidade editorial – Qualijor.

  • MARCILIO JOSÉ DE SOUSA COSTA
  • A comunicação pública da ciência nos portais das universidades federais da Região Nordeste.
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 29/04/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Com o objetivo de diagnosticar ferramentas potenciais para comunicar a ciência aopúblico, esta pesquisa analisou os portais das universidades federais da região Nordeste,de modo a identificar o uso de recursos das tecnologias digitais proporcionados pelainternet para a Comunicação Pública da Ciência. Para isso, realizamos uma pesquisaexploratória na estrutura e nos conteúdos dos portais das instituições, documentando osresultados da forma mais exaustiva possível. A literatura necessária ao embasamento dainvestigação centrou-se nas abordagens da Comunicação Pública da Ciência (CPC) e daMidiatização da Ciência. A pesquisa empírica sustentou-se em uma leitura geográficadas condições de produção da ciência e de sua comunicação pública, a partir doconceito de meio técnico-científico-informacional, de Milton Santos, associado a sérieshistóricas de dados sobre o ensino de graduação e da pós-graduação no Brasil, entre osanos 1960 e 2015. Com isso, identificamos que as condições de surgimento emanutenção das universidades contribuem para sua atuação na pesquisa, mas nãonecessariamente para a comunicação da ciência. Das 18 universidades federaisexistentes no Nordeste, apenas cinco possuem ações sistemáticas de CPC. Praticamentetodas as demais promovem ações isoladas, carecendo de uma articulação estratégicacom a comunicação institucional. Verificou-se também que na maioria dasuniversidades foram executadas ações que acabaram sendo descontinuadas com otempo. Concluímos, então, que fatores institucionais – como políticas internas eestrutura de pessoal – influenciam nas condições para comunicar (ou não) a ciência.

  • GILSON SOUSA SILVA
  • DESAFIOS DA INOVAÇÃO NO JORNALISMO: A MIGRAÇÃO DO MODELO IMPRESSO AO DIGITAL NO JORNAL CINFORM
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 08/04/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa aborda aspectos das transformações do jornal Cinform, de Aracaju (SE), que em 2017 migrou da plataforma impressa para a digital. Com isso, busca responder quais tipos de inovação na prática do jornalismo ocorreram nesse processo de migração. A partir da literatura sobre inovação, este estudo contemplou a análise de processos e produtos inovadores, seja no aspecto das tecnologias, formas organizacionais e de mercado. Nesse sentido, no caso do Cinform, há inovações no produto, ao publicar edições do jornal digital com a extensão PDF; e no processo, ao se utilizar da tecnologia das redes sociais digitais para a produção e distribuição de notícias. Além disso, o caráter de ineditismo no mercado aponta para uma inovação. No entanto, o processo torna o modelo de negócio da organização jornalística inseguro e pouco sustentável. Também afeta a profissão de jornalista, modificando rotinas, espaços e o modo de produzir notícias.

  • YURI NASCIMENTO COSTA
  • Com quantos seguidores se faz um food truck? A influência do Instagram na comunicação dos food trucks Aracajuanos
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 04/04/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O início do século XXI presenciou um fenômeno desencadeado pelos avanços tecnológicos epela massificação da comunicação em rede. Esse novo contexto modificou profundamente aspráticas sociais, em especial, a relação de consumo entre os indivíduos e as organizações. Já ohábito alimentar consiste num dos fatores culturais mais tradicionais da vida em sociedade,todavia, o advento das mídias sociais digitais permitiu que um dos mais antigos segmentoscomerciais, a alimentação de rua, pudesse ser reformulado a partir de novos conceitos deconsumo e da comunicação. O food truck, modelo de negócio que aportou no Brasil no iníciode 2012, teve sua origem nos EUA, país que criou e desenvolveu o formato ao longo dos doisúltimos séculos e uniu o consumo de alimentos à comunicação realizada por meio das redessociais. Essa tendência chegou a Aracaju, capital sergipana, no final do ano de 2014, quetambém passou a utilizar as plataformas digitais para dialogar com seus consumidores. Diantedesse fenômeno contemporâneo, o presente estudo decidiu analisar o papel do Instagramcomo ferramenta de comunicação entre os food trucks de Aracaju/SE e seus consumidores. Apesquisa, que contou com três fases, iniciou suas investigações com um levantamento dereferências científicas sobre o tema e uma imersão documental que possibilitou a construçãodo referencial teórico. Na perspectiva metodológica, foi adotada uma abordagem exploratóriaqualitativa, utilizando como instrumentos para coleta de dados a observação direta do segmento no ambiente físico e virtual, e entrevistas semiestruturadas com os proprietários detrês food trucks aracajuanos. No decorrer da investigação, fez-se necessária a triangulação demétodos entre a abordagem quantitativa e qualitativa objetivando a plena interpretação dasinformações colhidas (DENZIN; LINCOLN, 2006). Em seguida, foi realizada uma análise deconteúdo, com base em Bardin (2016), no tocante às publicações divulgadas no Instagram dostrês food trucks aracajuanos entre 18 de julho de 2017 e 18 de julho de 2018. Por fim, foiestruturada, com fundamento em Jensen e Jankowski (1993), uma triangulação dos dados einformações coletadas em cada etapa da pesquisa. Essa triangulação permitiu a compreensãoda obra no que tange a fundamental importância que o Instagram exerce na comunicação entreos food trucks aracajuanos e seus clientes. Além disso, foi possível o mapeamento do perfildos empreendedores desse segmento e o registro de todos os food trucks que atuaram entre2017 e 2018 na capital sergipana. Por fim, concluiu-se, através do conteúdo digital, que osfood trucks vêm executando estratégias comunicacionais sem o devido planejamentoestratégico prévio. Isso acarreta em ações incoerentes com o conceito de comunicação daempresa, além de impedir uma diversificação capaz de tornar mais eficiente o laço social dopúblico com as instituições. Ainda assim, as características do Instagram permitiram que acomunicação praticada desencadeasse interações significativas entre os food trucks e seusconsumidores.

  • ANTONIO HELENO CALDAS LARANJEIRA
  • A comunicação dos mapas: um estudo comparado das plataformas Google Maps e OpenStreetMap.
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 25/02/2019
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem como objetivo analisar as comunicabilidades das plataformas de cartografia digital Google Maps e OpenStreetMap a partir da experiência colaborativa da cidade de Cachoeira, situada na região do Recôncavo da Bahia, no Nordeste do Brasil. O referencial teórico que orienta a pesquisa é oriundo da confluência interdisciplinar das Geografias da Comunicação e das Geocomunicações, novos subcampos da Comunicação que abordam a cartografia digital enquanto técnica e os mapas online enquanto produto sociotécnico. Para o estudo destes mapas a partir do seu potencial midiático, propõe-se uma abordagem dialética baseada nas visibilidades e nas territorialidades dos mapas em relação à realidade socioespacial. Para a análise empírica, apresenta-se um método experimental comparativo entre dois diferentes mapas online de Cachoeira, produzidos com a mesma escala cartográfica, com objetivo de aferirmos criticamente as dicotomias de representação socioespacial dos territórios do mundo.

2018
Descrição
  • EVERTON DE ALMEIDA NUNES
  • DA COZINHA OU DA SALA? "QUE HORAS ELA VOLTA?" ESTUDO DE RECEPÇÃO COM DOMÉSTICAS E PATROAS
  • Orientador : RAQUEL MARQUES CARRIÇO FERREIRA
  • Data: 31/08/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa é um estudo de recepção realizado com domésticas e patroas que utilizou como produto de mediação o longa-metragem brasileiro "Que horas ela volta?", roteiro e direção da cineasta Anna Muylaert. O objetivo central do trabalho foi evidenciar a variedade de sentidos produzidos por domésticas e patroas acerca do produto fílmico, buscando possíveis construções simbólicas que perpassam a dimensão sociocultural das relações do trabalho doméstico. A pesquisa foi realizada junto às mulheres voluntárias que vivenciaram de alguma maneira, a dinâmica do trabalho doméstico, seja na condição de trabalhadora ou de contratante desse tipo de serviço. O que se observou com o trabalho desenvolvido foi o surgimento de categorias de análise interconectadas com aspectos socio-históricos e socioculturais do trabalho doméstico, assim como o de categorias interpretacionais condicionadas a nova relação trabalhista impulsionada pela promulgação da PEC das domésticas em 2015. O método utilizado na pesquisa foi a Teoria Fundamentada (Grounded Theory), portanto, foram utilizados os pressupostos metodológicos desenvolvidos por Strauss e Corbin (1997), além das análises desenvolvidas por Charmaz (2006) e Ferreira (2011). As etapas percorridas incluíram a descrição do filme, destacando-se o direcionamento semântico e a evidenciação dos momentos chaves da obra. Posteriormente, com a apresentação do filme para os grupos de domésticas e patroas, desenvolvemos uma dinâmica focal e procedemos às etapas subsequentes de análise dos dados preconizados pela Teoria Fundamentada. Na última etapa do processo de pesquisa, avaliamos os resultados encontrados à luz dos estudos dedutivos, a que pudemos verificar ponderações relevantes a cerca da cultura do trabalho doméstico por intermédio do cinema.

  • ANA ALINNY CRUZ REIS
  • O Papel da Mulher Como Mulher no Papel: Representações Femininas Em Anúncios De Jornais Impressos Sergipanos
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 30/08/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A publicidade como produção cultural se mostra influenciadora do papel da mulher em sociedade, corroborando para reforçar padrões sociais, culturais e estéticos sobre o comportamento feminino aceitável. Partindo desta premissa, baseando-nos nos Estudos Culturais e de Gênero - Hall (2003; 2005), Woodward (2007), Silva (2009) Kellner (2001), Butler (2003) e Buitoni (1981), entre outros -, buscaremos observar como se dão os discursos que colocam a mulher como centro da mensagem publicitária, em uma perspectiva comparativa, a partir de anúncios publicitários inseridos nos principais jornais do Estado. A pesquisa se divide em duas etapas complementares, a bibliográfica e documental e a empírica, essenciais para que o objetivo proposto seja cumprido. A abordagem metodológica é a Análise de Conteúdo proposta por Laurence Bardin (2009). O corpus da pesquisa é composto por anúncios publicitários impressos em jornais de circulação em Sergipe, num período de 1948 a 2015, criteriosamente selecionados tendo como fonte o acervo do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. Como resultados esperados da análise, buscamos identificar aspectos e características que emergem da exposição da mulher em anúncios publicitários impressos, e se esta publicidade é um retrato da cultura em que está inserida e reflete os valores culturais e ideológicos em voga.

  • DANIEL PEREIRA BRANDI
  • A Agenda do meio ambiente no Jornal Nacional: Avaliação da qualidade da relevância temática
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 29/08/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa realiza uma avaliação de qualidade experimental da cobertura do Jornal Nacional (JN) sobre a temática do meio ambiente, com base no requisito relevância (Feitoza, 2016). A verificação se deu em três movimentos: montagem do mapa de unidades temáticas ambientais; a Análise de Conteúdo (Bardin, 1977), que registrou os macro e microtemas presentes na cobertura; e a construção das matrizes de relevância, conforme metodologia proposta pelo Guia da Agenda Jornalística (Guerra, 2016). O objetivo central é demonstrar que a adoção de parâmetros de qualidade amplia o cumprimento das expectativas demandadas pelo grupo prioritário: a audiência. Definimos um modelo de referência aplicável às redações de jornalismo, com base em três esferas da agenda ambiental (McCombs, 2009): midiática, representada pelo levantamento empírico de 12 meses de exibição do JN; pública, com base em consulta a especialistas ambientais; e política, a partir de documentos do Ministério do Meio Ambiente do governo federal brasileiro e da Organização das Nações Unidas (ONU). A Pesquisa Aplicada mergulha no conteúdo oferecido pelo produto jornalístico, de modo a revelar traços de prioridade temática e de inobservância a aspectos éticos de accountability, ou seja, atendimento insuficiente a bandeiras da essência democrática moderna, como direito a informação, transparência e prestação de contas. Ao fim da análise, é possível identificar o grau de correspondência entre o Fator de Relevância de Referência, definido pelas agendas pública e política, e o Fator de Relevância Apurado na cobertura do JN. Oferecemos principalmente um conjunto de indicadores de mensuração das notícias, que pode colaborar para a qualificação dos processos de planejamento, produção, acompanhamento e divulgação de resultados.

  • RUHAN VÍCTOR OLIVEIRA DOS SANTOS
  • “O gênero à margem: a representação da travestilidade na página do Facebook Travesti Reflexiva’’
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 23/06/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Potencialmente subversiva, a experiência transexual e a perspectiva do não binarismo são constantemente pontos de embate na discussão atual sobre questões de gênero. Esta pesquisa visa investigar de que forma a página do Facebook Travesti Reflexiva, maior página de destaque sobre a transexualidade em atividade no Brasil, com cerca de 214.168 curtidas (acesso em 29/12/2016), representa a mulher transexual. Através do arcabouço teórico dos Estudos Culturais, das contribuições de Judith Butler (2003) e dos trabalhos sobre cibercultura e movimentos sociais de Manuel Castells (2013), Pierry Levy (1999), Maria Gohn (1997) e outros pesquisadores, busca-se compreender quais significados implícitos e explícitos referentes à identidade transexual podem ser percebidos através de suas publicações online e se, em alguma instância, essa página potencializa discussões e ativismo relacionados às questões de gênero também off-line. Adota-se para o desenvolvimento metodológico a junção de procedimentos presentes nos campos da Análise de Conteúdo, Análise de Discurso e o uso de entrevistas para compreender a atuação da Travesti Reflexiva também como um discurso ideológico, com possibilidades representativas para a experiência transexual, a travestilidade e as vivências e reivindicações desses indivíduos.

  • FÁBIO VIVAS DE SOUZA BARRETO
  • DÓ-RÉ-MI-FÉ: O CONSUMO DE MÚSICA ENTRE OS JOVENS DA IGREJA SARA NOSSA TERRA EM ARACAJU, SERGIPE".
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 21/06/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O avanço das correntes religiosas neopentecostais no Brasil, abrangendo cerca de 25,5% da população, segundo o último censo do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010), fez emergir uma nova classe consumidora, cujas crenças podem acabar interferindo nas suas decisões por consumir ou não determinado produto. No universo da fé, os evangélicos neopentecostais destacam-se não apenas pelo fervor com que professam seus credos, mas também pela retidão com que conduzem suas posturas diante das mais variadas situações, sempre pautados pelos ditos ensinamentos da palavra de Deus. Neste ínterim, entende-se a música como elemento de alteridade e pertencimento do público jovem, assim como instrumento de evangelização. Desse modo, pretendeu-se apreender como e quais são as escolhas musicais dos jovens seguidores da Igreja Sara Nossa Terra entre o universo gospel e não-gospel, compreendendo se há ou não a interferência dos seus preceitos religiosos nestas escolhas. Como modelo de análise, foi utilizado o Encoding and Decoding de Stuart Hall (1973), no que concerne às vertentes de representação, identidade e consumo. Foram usados ainda, para análise, os preceitos de Max Weber (2014) e Pierre Bordieu (2015), sob o viés de análise de recepção de Néstor Canclíni (1990) e Jésus Martín-Barbero (2003), além de Immacolata Lopes (1993), Nilda Jacks, e Elisa Piedras (2008). Este estudo propõe a construção de uma rede semântica que se proponha a compreender a interferência da religião nas escolhas musicais dos indivíduos. Como procedimento metodológico, utilizou-se a realização de entrevistas e a amostragem por meio da saturação teórica, alcançando um estrato de repetição de respostas que, estatisticamente, induz a uma visão geral do universo pesquisado. Esta pesquisa concluiu, corroborando uma de suas hipóteses, que a atmosfera religiosa neopentecostal acaba por influenciar sim os indivíduos, mesmo que estes mantenham uma posição firme de negativa desta prerrogativa.

  • AMANDA NEUMAN MONTE ROCHA NASCIMENTO
  • Milhões de seguidores, milhões em reais – como as blogueiras de moda transformam sua visibilidade em dinheiro
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 21/06/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O número de indivíduos que utilizam a internet tem crescido, junto a isso tantas outras novas tecnologias de informação surgem. Tal avanço gerou possibilidades diversas para criação e divulgação de conteúdo, e mais, as novas possibilidades permitem que esse mesmo conteúdo alcance tipos diferentes de público em territórios distintos que, no ambiente digital, conseguem compartilhar das mesmas informações, ao mesmo tempo e com a mesma intensidade. Os blogs e as redes sociais surgem, então, como palco onde tais discussões se expandem, constituindo-se como um novo local de produção de conteúdo, divergindo dos meios, até então, tradicionais de comunicação. Quanto à moda, nela se considera todas as vertentes sociais e culturais que a envolvem, é um objeto de estudo amplo que abrange a história da humanidade. Então pensar em moda é o mesmo que pensar em diferentes setores da vida em sociedade, dentro e fora do mundo virtual. Mas dentro do virtual, especificamente, significa considerar que diante das mais variadas formas de utilização das ferramentas de comunicação na internet, os influenciadores digitais que falam de moda podem ser considerados uma vertente de destaque, visto que o surgimento de páginas relacionadas a esse tipo de conteúdo cresceu consideravelmente nos últimos dez anos. Nesse contexto, esta pesquisa visa compreender de que forma as influenciadoras digitais de moda, muitas vezes tidas como celebridades no mundo fashion, transformam sua visibilidade na internet em um negócio rentável, especialmente na região Nordeste. Para isso, foram escolhidas três influenciadoras, de três estados diferentes – Sergipe, Bahia e Ceará. Metodologicamente esse trabalho é configurado como um estudo de casos múltiplos – com base nos estudos de Yin (2015) –, além de serem utilizados, para a análise de resultados, procedimentos baseados em Bardin (1977) referentes ao campo da Análise de Conteúdo. Com um recorte que abrange todas as publicações relacionadas à categoria Moda em seus blogs e também nas redes sociais a eles atreladas (Youtube e Instagram) feitas no período de setembro a dezembro de 2016, a análise identificou, no primeiro momento, as postagens sinalizadas como publicidade e as que não são sinalizadas como tal para, a partir de então, perceber que tipo de empresa utiliza de tais possibilidades virtuais para a divulgação de seus produtos, além de compreender quais as ferramentas mais utilizadas por tais influenciadoras nas parcerias com as marcas, bem como as semelhanças e divergências entre seus negócios. Com base nos estudos sobre moda e beleza de Barnard (2003) e Wolf (1992), nos trabalhos sobre cibercultura e redes sociais de Lemos (2002; 2004; 2008), Lévy (1999) e Recuero (2012), e nos estudos sobre marketing digital de Torres (2009) e Vaz (2012), além de outros pesquisadores, buscou-se compreender a presença desses indivíduos em suas páginas, não apenas como criadores de conteúdo, mas especialmente como donos de espaços pessoais que se transformam em um espaço de publicidade rentável. Pôde-se, então, concluir que, ainda que atuando na região Nordeste, as influenciadoras firmam parcerias com marcas de todo o país, geralmente por meio de campanhas exclusivamente digitais, sendo maior a variedade de parcerias quando há maior visibilidade, e que, embora trabalhando no mesmo ambiente – o virtual –, cada influenciadora firma seus próprios objetivos e as estratégias para alcançá-los também são particulares em cada modelo de negócio.

  • PEDRO ALEXANDRE DE OLIVEIRA SANTOS
  • A Política de Distribuição da Verba Publicitária do Governo Federal no Brasil (2000/-2014)
  • Orientador : CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
  • Data: 14/06/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A política de comunicação do Estado brasileiro baseada na distribuição verba publicitária ou verba de mídia do Governo Federal, consiste no montante de recursos públicos destinados para a compra de espaço publicitário nos diferentes meios e veículos de comunicação no país para veiculação da propaganda institucional do governo. A distribuição dessa verba de mídia, geralmente, é direcionada para o sistema industrial de comunicação formado pela rede de radiodifusão nacional, que por sua vez, é responsável por grande parcela da comercialização da mercadoria audiência produzida sob a égide da industria cultural durante o desenvolvimento do capitalismo monopolista. Nesse sentido, acredita-se que o Governo Federal na condição de anunciante e respectivamente comprador da mercadoria audiência, contribui para manutenção do mercado oligopolico de comunicação no país em detrimento do sistema público. Baseado nos estudos de César Bolaño (2000 e 2004), Valério Britos (2000), Dallas Smythe (1977), Celso Furtado (2005) e Maria Arminda (2015): o presente trabalho visa compreender os aspectos históricos, econômicos políticos que respaldam apolítica de distribuição da verba publicitária do Governo Federal, bem como a localização deste no circuito da comunicação alimentado pela industria cultural no Brasil. para tanto, a metodologia inicial a ser aplicada está baseada na revisão bibliográfica e na análise dos dados quantitativos do montante de verba de mídia distribuída para os meios de comunicação ofertados pela secretaria de comunicação social da Presidência da República de 2000 a 2014.

  • JOSÉ SAMPAIO DE MEDEIROS NETO
  • Instâncias de Narração no Jornalismo em Quadrinhos
  • Orientador : GREICE SCHNEIDER
  • Data: 30/05/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa investiga de que maneira as especificidades do pacto de leitura previsto no jornalismo se manifestam no jornalismo em quadrinhos. Valores como a objetividade, a imparcialidade e a neutralidade, bem como as temporalidades próprias das rotinas produtivas jornalísticas serão tensionadas com as características do sistema quadrinhos. Serão analisadas reportagens brasileiras em quadrinhos publicadas pela agência Pública de jornalismo investigativo. O primeiro capítulo será dedicado a um histórico das possíveis aproximações entre os dois termos, desde o aparecimento de tirinhas e caricaturas publicadas em jornais até o processo de legitimação do formato quadrinístico como possibilidade jornalística, institucionalizado com o surgimento do termo jornalismo gráfico e a publicação de diversas reportagens em revistas de grande circulação. Esse processo de consolidação também será avaliado em seu viés temático. Especial destaque será dado às razões possíveis para uma prevalência de pautas de conflitos. O segundo capítulo terá como foco o modo como categorias narrativas são mobilizadas pelo jornalismo gráfico, em especial, os conceitos de estilo gráfico e de narrador-repórter. Também é identificada uma aproximação deste gênero com o jornalismo literário, em especial com o novo jornalismo de Tom Wolfe. Um primeiro momento será dedicado à tentativa de compreender as diferentes maneiras pelas quais o estilo gráfico pode se manifestar nas narrativas jornalísticas apresentadas em quadrinhos, mais precisamente o modo como os traços autorais podem afetar o registro documental específico no pacto de leitura jornalístico. Para tratar dessas tensões, partimos do conceito de estilo visual gráfico, mais especificamente o conceito de grafiação, encontrado na obra de Philip Marion. Em um segundo momento irá investigar a instância da narração propriamente dita, a maneira como o repórter-narrador ou o narrador-repórter enuncia sua história amparada em critérios pertinentes à sua profissão, bem como a natural tensão provocada por disponibilizar um ‘produto’ que se ampara em relatos ‘não-ficcionais’, em um formato normalmente reconhecido por seus enredos fantasiosos. Assim, objetiva-se saber como é o processo diegético no jornalismo em quadrinhos, principalmente quando o repórter está nele inserido, criando assim uma espécie de avatar-repórter. No terceiro capítulo, quatro reportagens em quadrinhos disponibilizadas pela agência A Pública serão examinadas a partir dos critérios elencados no sistema de quadrinhos (Groensteen) a saber: vozes narrativas, estilo gráfico, espaçotopia e artrologia.

  • GEILSON DOS SANTOS SILVA
  • Formas de financiamento e sustentabilidade do jornalismo alternativo no ambiente digital: as experiências da Agência Mural e da Marco Zero
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 27/04/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação partiu da vontade de investigar as principais formas de financiamento das mídias alternativas contemporâneas, marcadas pela constante apropriação social das tecnologias digitais de informação e comunicação (TDICs). Para seguir este caminho, foi necessário enfrentar, primeiro, as ambiguidades e imprecisões do termo “alternativo” aplicado à comunicação, à mídia e ao jornalismo. Para isso, foi feita uma pesquisa sobre as experiências e discussões conceituais que pautaram essas práticas alternativas, desde a década de 70 do século passado. Nesse percurso, foi possível identificar elementos e processos sociais característicos do jornalismo praticado por veículos que emergiram no século XXI, como a seleção de notícias, o tratamento das fontes, o trabalho desempenhado pelos profissionais, entre outros. Percebeu-se, também, que essas propostas de jornalismo alternativo e independente são indissociáveis das novas formas de sustentabilidade financeira dos veículos, que não mais se restringem à publicidade. Para compreender essas especificidades foram escolhidas duas experiências para análise empírica: Agência Mural, de São Paulo, e Marco de Zero, de Pernambuco. Com modelos de negócios diferenciados, estas iniciativas revelam novas possibilidades de exercício profissional no jornalismo alternativo à mídia hegemônica e financeiramente independente do mercado publicitário tradicional. Por fim, com base em noções das Geografias da Comunicação, analisamos como os territórios locais e regionais influenciam e são influenciados pelas ações e narrativas produzidas pela Agência Mural e pela Marco Zero.

  • FLÁVIO MARCÍLIO MAIA E SILVA JÚNIOR
  • MÚSICA EM FLUXO: TRANFORMAÇÕES NA INDÚSTRIA FONOGRÁFICA A PARTIR DO STREAMING
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 03/04/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Com a popularização do streaming na indústria fonográfica, novos atores e modelos de produção surgem e fortalecem a ideia de exclusão das gravadoras mundiais de etapas como gravação e distribuição de música. Esta pesquisa analisa duas articulações musicais relacionadas ao streaming que fortalecem a hipótese de enfraquecimento dessas empresas: a produção de músicas realizadas pelo Spotify e a intermediação das empresas agregadoras na distribuição de música digital. Porém, as grandes gravadoras, também conhecidas como majors, ainda sustentam uma posição hegemônica e buscam alternativas de se manterem rentáveis nesse meio. Dessa forma, a inserção do streaming na cadeia produtiva de música é um fenômeno em desenvolvimento que atende às majors e a artistas considerados independentes. Para entender o crescimento do streaming como tendência para o consumo de música na internet, foi necessário realizar uma revisão de literatura e uma análise dos relatórios e documentos divulgados pela Pró-Música Brasil nos últimos dez anos. Entrevistas com profissionais da música também foram realizadas com o objetivo de identificar novas relações com a música no cenário digital.

  • BRUNO ARAÚJO BRANDÃO
  • Conversações eleitorais no Facebook: um estudo a partir das timelines dos candidatos à Prefeitura de Aracaju em 2016,
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 28/02/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa que orientou o desenvolvimento desta dissertação partiu do interesse pelasrelações entre agentes políticos e potenciais eleitores, observáveis nas páginas doFacebook, sobretudo em períodos eleitorais. Parte-se da premissa de que, nesseambiente tecnológico, o candidato ganha uma nova plataforma para a disputa pelo votoe o eleitor passa a ter, em tese, um canal de comunicação direta com o político, sem amediação dos tradicionais veículos de comunicação. O problema de pesquisa que daídecorre é: como os eleitores se apropriam do Facebook em uma campanha eleitoralmunicipal, considerada a maior proximidade com os candidatos em disputa? Paraabordar tal questão, optou-se por investigar as conversações entre eleitores e candidatosà prefeitura de Aracaju no pleito de 2016, tendo como corpus de trabalho as timelinesdo Facebook nos perfis dos candidatos que disputaram aquela eleição. Com base nametodologia de análise da conversação, foi possível observar, nos 28.067 comentáriospostados naquele período, que a grande maioria dos usuários que frequentaram taisperfis no Facebook ainda se limitam a conversações lacônicas, com pouca ou quasenenhuma interação mútua, na qual debates cívicos pudessem emergir. Por outro lado,constatou-se o imenso potencial que a ferramenta apresenta para que os anseios doseleitores sejam expostos por eles mesmos e, assim, possam chegar aos políticos sem a
    interferência de terceiros. Assim, o presente trabalho busca contribuir para novaspesquisas que tenham como foco o uso do Facebook em campanhas políticas, visandoacompanhar como essa plataforma de rede social influencia o processo eleitoral e asescolhas dos internautas-eleitores.

  • FLÁVIO COSTA DE MENDONÇA
  • A HOMOAFETIVIDADE NA PUBLICIDADE: UM ESTUDO DE RECEPÇÃO
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 26/02/2018
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho propõe uma pesquisa de recepção sobre as peças publicitarias que abordam em suas campanhas conteúdos homoafetivos, veiculados principalmente na televisão e o seu papel na luta contra a homofobia e na formação de identidade. De acordo com a vertente dos Estudos Culturais, principalmente a perspectiva teórico-metodológica latino-americana das mediações de Jesús Martín-Barbero. O objetivo geral desta pesquisa é verificar qual a percepção da audiência jovem acerca das produções publicitárias que apresentam em seu conteúdo referências a homoafetividade, por isso buscamos fazer um levantamento teórico sobre a maneira com que esses indivíduos são representados no cinema ou nas novelas brasileiras. Metodologicamente, foi realizado um estudo de recepção, qualitativo, com jovens heterossexuais e homossexuais de diferentes níveis de escolaridade de classes sociais diferentes, entre 18 e 24 anos que residem na cidade de Aracaju, Sergipe. As técnicas utilizadas para coletar os dados foram o questionário e a entrevista em profundidade, sendo o questionário responsável pela primeira parte da pesquisa e a entrevista pela segunda. Dessa forma verificamos como os jovens enxergam os homossexuais que são representados nas propagandas e na sociedade. Encontramos dois fatores principais de incomodo por parte dos jovens que não concordam com a presença de casais gays em peças publicitárias, são eles a religião e o machismo.

2017
Descrição
  • CLECIA CARLA SILVA SANTOS
  • Geografias da TV por Assinatura na Região Nordeste: opções tecnológicas e modelos de negócios
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 31/08/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Com base na lacuna de estudos sobre a regionalização da comunicação e das telecomunicações, este trabalho propõeum mapeamento da televisão por assinatura nas capitais do Nordeste brasileiro, analisando suas opções tecnológicase seus modelos de negócios. Considera que as reestruturações do Estado e do capital da década de 1990 mudam arealidade brasileira, ao propiciarem as privatizações a a abertura de mercado no setor das telecomunicações. Sob osreferenciais da Economia Política de Comunicação e a restrita bibliografia sobre a comunicação regional, este estudodiscorre sobre a evolução tecnológica e a oferta dos serviços combinados da TV por Assinatura no Brasil, abordandodesde os aspectos históricos do processos normativos até os marcos regulatórios determinantes, da Lei do Cabo8.977/95 à Lei 12.485/2011, que prioriza a produção do conteúdo nacional. O período coberto pela dissertação vai de2012 a 2016, com foco na Região Nordeste, identificando os grupos que atuam no segmento nos nove estadosnordestinos, agrupados nos seguintes recortes geográficos: Nordeste Setentrional, que compreende os estados doCeará, Piauí e Maranhão; Nordeste Central, composto por Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte; e o Nordestemeridional, que abrange a Bahia, Sergipe e Alagoas.

  • IVAN KELLEROS BALBINO
  • “A utilização do site de redes sociais de internet Facebook em campanhas eleitorais. Um estudo de caso a partir da campanha eleitoral para governador de Sergipe em 2014”
  • Orientador : RAQUEL MARQUES CARRIÇO FERREIRA
  • Data: 31/08/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Com 99 milhões de usuários no Brasil conforme dados divulgados pelo próprio Facebook (2016), as redes sociais têm crescido em tamanho e importância na mobilização de temáticas diversas, incluindo a política e eleitoral. A partir de 2008, com a campanha presidencial de Barack Obama nos EUA, as redes sociais na internet ganham espaço no cenário político e passam a ser incorporadas oficialmente e legalmente nas eleições brasileiras de 2010. Desde então, tal utilização, com destaque para o Facebook, tem ganhado a atenção dos gestores de campanha político-partidária. Este estudo de caso investiga a utilização do Facebook na campanha eleitoral para governador de Sergipe em 2014 do candidato eleito em primeiro turno Jackson Barreto e tem como locus de pesquisa a linha do tempo da fan page do candidato escolhido. Importa refletir sobre qual as potencialidades de uso que o Facebook permite e como ele foi usado pelo candidato estudado, identificando tipos de postagens, de interação e temáticas trabalhadas. Como objetivos específicos: (i) identificar as transformações, no campo da comunicação, que os sites de redes sociais proporcionam para seus usuários - candidatos e eleitores - nas campanhas eleitorais; (ii) categorizar dados e indicadores da fan page no Facebook do candidato eleito a governador do Estado de Sergipe, durante o período eleitoral de 2014, evidenciando a utilização desse site de redes sociais de internet para fins comunicacionais mais amplos e eleitorais; (iii) reconhecer o conteúdo das postagens realizadas pelo candidato e a interação gerada em sua fan page, de forma a qualificar o uso da plataforma Facebook em termos de comunicação eleitoral. O delineamento metodológico desta pesquisa quali-quantitativa conta com a análise de conteúdo como procedimento complementar ao estudo de caso, realizado através das postagens do candidato escolhido no período eleitoral de 2014. Parte-se da hipótese de que o Facebook oferece uma plataforma dinâmica para uma variedade de interações e ações de campanha do candidato, alcançando, diuturnamente, um número muito grande de eleitores. Os resultados do caso estudado apontam para: (i) a disposição do receptor em interagir pelos dispositivos de curtir, compartilhar e comentar; (ii) um reduzido número de postagens durante o período da campanha; e (iii) conteúdos de postagens que fizeram do Facebook do candidato um espelhamento da campanha não digital.

  • ANTÔNIO VINÍCIUS OLIVEIRA GONÇALVES
  • Contra-hegemonia, mediação e apropriação social: um estudo sobre o MTST e a ocupação urbana como meio de comunicação.
  • Orientador : CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
  • Data: 30/08/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Na relação entre mercadorias que se desenvolve a universalização das relações sociais coisificadas e o fetiche da mercadoria acontece quando a mercadoria ganha status de vida e a própria vida subjuga-se à condição de objeto. Através dessa naturalização, adominação é universalizada como hegemonia, que não se resume a uma coerção pura, mas também a uma direção cultural e à consolidação de consenso social entre a classe dominante e a classe dominada. Com o capital reestruturado, as tecnologias de informação e comunicação (TICs) tem centralidade na afirmação da hegemonia. Os estudos da comunicação a partir da Economia Política da Comunicação (EPC) têm um papel crucial nesse aspecto, porque passará sobre ela a tarefa de entender a função de mediação da indústria cultural e, com isso, estudar se outra mediação é possível na contra-hegemonia, entendendo como a classe que vive do trabalho realiza suas resistências e suas disputas de concepção de mundo. O presente trabalho, através da metodologia da etnografia urbana e de uma revisão de bibliografia a partir da economia política da cidade, pretende compreender se o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), através de sua ação espacial de ocupação urbana e forma de organização, cria um espaço contra-hegemônico realizando uma outra mediação e somado a apropriação social das TICs potencializa sua comunicação popular.

  • EDSON RAMOS DE OLIVEIRA COSTA
  • Mercado de música gospel: como nasce uma indústria cultural
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 30/08/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa tem como problema central entender o que caracteriza e como funciona no Brasil o processo de geração de valor no mercado de produtos culturais evangélicos, comumente chamado gospel. O campo recortado é o mercado brasileiro de música gravada e suas ramificações, o objeto é a cadeia produtiva da música, analisada por meio do trabalho de artistas e executivos de gravadora, aplicativo de streaming de música e loja física de discos. O referencial teórico adotado é o da Economia Política da Comunicação, por meio de dois conceitos centrais: Indústria Cultural e mediação. O método expositivo adotado é o materialismo histórico/dialético, por meio do qual se pretende pensar o mercado gospel como um fenômeno complexo, formado pela relação entre as macroestruturas sociais e econômicas e pelas particularidades históricas e culturais de um segmento. A hipótese de partida é que o termo gospel discrimina a música evangélica das demais em função de responder a uma característica da cultura evangélica brasileira; porém, isso não fere a geração de valor na cadeia produtiva da música, nem impede que esse mercado segmentado se transforme em mais uma manifestação do papel de mediação cumprido pela indústria cultural. As técnicas empregadas foram análise bibliográfica e documental, entrevista estruturada e semiestruturada com artista e executivos, e o método biográfico, por meio da narrativa das carreiras de alguns artistas não entrevistados. A hipótese foi confirmada, e mais: a diferenciação que o termo gospel trás não depende da música ou do público, mas sim do artista, e dos demais executivos, e da fé que professam. Assim, as particularidades da música gospel também estão adequadas ao surgimento de uma indústria cultural.

  • EGICYANE LISBOA FARIAS SANTOS
  • QUALIDADE JORNALÍSTICA: UMA AVALIAÇÃO DOS INDICADORES PLURALIDADE E CONFIABILIDADE NO JORNALISMO LITERÁRIO DA REVISTA PIAUÍ
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 29/08/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Este projeto de pesquisa se preocupa em avaliar a confiabilidade e a pluralidade das reportagens produzidas pela Revista piauí dentro da perspectiva do jornalismo literário para fins de avaliação de sua qualidade editorial aplicando a matriz de confiabilidade e pluralidade. Antes de realizar a aplicação da matriz a que o trabalho se propõe, todavia, é necessário aprofundar o tratamento sobre jornalismo literário, que se caracteriza por visar qualidade em suas matérias, tornando muitas vezes o processo de produção mais demorado, por potencializar os recursos do jornalismo. E que se diferencia do jornalismo factual por reivindicar uma descrição mais detalhada da realidade, a construção cena a cena, diálogos, caracterização dos personagens, hábitos, maneiras, captação mais densa e completa da realidade que o relato reproduz. Além de exercitar a veia literária em um texto jornalístico e ser um gênero que busca perenidade e profundidade aos relatos, sem um controle pré-estabelecido no tamanho do texto apresentando informação de forma mais criativa. Abordamos também confiabilidade e pluralidade com requisitos de qualidade apontando as possibilidades de verificação, dentro de uma proposta de avaliação de qualidade editorial que reflita compromissos relativos à accountability de mídia. O termo accountability liga-se à capacidade de averiguar e cobrar responsabilidade e transparência no cumprimento de determinadas obrigações, sejam elas de cunho legal ou moral. Ainda que a responsabilidade social seja essencial para os sistemas de monitoramento, o que mais interessa aos estudos de accountability não é a responsabilidade social em si, mas a capacidade de verificar seu efetivo cumprimento. Logo em seguida abordamos, o indicador pluralidade, que sugere apresentar grandes variedades de pontos de vistas opostos, além de ser conceituado como algo independente de um quadro político de um pais, sendo indicador de liberdade de imprensa. A pesquisa aplicou e usou como base a análise de conteúdo (Bardin 2011) a partir das categorias constantes da matriz de confiabilidade, através do software de gestão da produção jornalística denominado Qualijor, que possui, entre outras estruturas, uma matriz especifica para a avaliação da veracidade, ambos instrumentos de avaliação desenvolvidos no âmbito do Programa de Pesquisa em Qualidade, Inovação e Tecnologia Aplicadas ao Jornalismo (Qualijor) na Universidade Federal de Sergipe-UFS. A pesquisa procurou, após aplicar a matriz, avaliar e reformular quando necessário suas categorias, sistemas de pontuação e modo de aplicação, propondo ajustes e melhorias, ao mesmo tempo em que utilizou para avaliar a confiabilidade e pluralidade da informação jornalística na revista citada, gerando índices de confiabilidade das matérias avaliadas para fins de qualidade editorial. O uso do software reforçou a efetividade da metodologia, demonstrando que é capaz de gerar avaliações condizentes e dados detalhados.

  • CLÁUDIA SANTOS DE OLIVEIRA
  • JOVENS SERGIPANOS E JORNALISMO: uma análise sobre o acesso de conteúdo jornalístico por meio do smartphone em escola estadual de Sergipe
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 24/08/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Como os jovens sergipanos acessam conteúdo jornalístico por meio do smartphone? Essa é a questão inicial desta dissertação. Para respondê-la, o cenário escolhido para a pesquisa foi uma escola estadual, localizada em Aracaju/SE, onde foi realizada a observação e a entrevista com 10 estudantes do 3º Ano do Nível Médio. Buscou-se descobrir se esses jovens nativos digitais – que cresceram imersos na cultura digital acompanhando o surgimento e a evolução das tecnologias – são leitores imersivos em conteúdos jornalísticos ou se são meros usuários inseridos no ciberespaço. Em outras palavras, se esses jovens são apenas transeuntes entre as informações, sem qualquer atuação e reflexão sobre o que consomem ou se esses jovens se aprofundam na leitura, refletem sobre o que leem, considerando os novos ambientes digitais criados a partir de plataformas da comunicação móvel, particularmente a produção e circulação de conteúdos jornalísticos em aparelhos celulares no padrão smartphone. Seis hipóteses foram levantadas na pesquisa: 1) os jovens utilizam o smartphone como principal fonte de informação em detrimento de outras tecnologias e meios de comunicação; 2) a escola tem ambiente favorável para o uso da tecnologia de comunicação móvel – smartphone – para fins educativos e informativos; 3) os jovens não se aprofundam e nem buscam novas informações sobre o que leem no dia a dia; 4) as novas tecnologias possibilitaram jovens mais participativos, criadores de conteúdo e com um olhar mais crítico sobre o que acessam; 5) em ambiente digital os jovens são cautelosos e não dão credibilidade a todo conteúdo divulgado na internet; 6) o ambiente escolar influencia e motiva os jovens ao consumo de informação jornalística. No decorrer da pesquisa, outras questões foram percebidas, como ‘o que’ os jovens consomem no âmbito jornalístico utilizando o smartphone e o ‘porque’ da escolha desse consumo. Para tanto, o método de abordagem escolhido foi o indutivo e o método de procedimento o etnográfico, mais propriamente um trabalho de observação de inspiração etnográfica, com vistas a possibilitar um olhar mais aprofundado sobre o objeto estudado. As técnicas utilizadas para a coleta de dados consistiram na observação direta não participante e na entrevista semi-aberta em profundidade. Todo esse processo possibilitou resultados que comprovaram ou não as hipóteses: três confirmadas, duas não confirmadas e uma confirmada parcialmente, já que a hipótese não se comprovou acima da media.

  • ANELIESE DE CASTRO CARLOS
  • “ENTRE A ACADEMIA E O MERCADO – ONDE COMUNICAÇÃO E MARKETING SE ENCONTRAM: Um caso de empresas da Rede Petrogás.”
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 27/07/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho propõe uma discussão sobre a ligação existente entre comunicação organizacional e marketing. Apesar de serem assuntos correlatos, são frequentemente analisados sob óticas diferentes. Seu objetivo geral é entender como acontece a integração entre comunicação e marketing, tanto na teoria quanto na prática, observando como exemplo casos empresas participantes da Rede Petrogás SE. Tais empresas são certificadas pelas ISO e auditadas periodicamente, além disso tem como sistema de gestão o Sistema de Gestão Integrada (SGI). A partir do protocolo criado por Yin (2015) foi feita uma pesquisa sobre como a comunicação integrada de marketing vem sendo trabalhada nesses ambientes institucionais. Nosso intuito foi perceber se o fato de terem um Sistema de Gestão Integrada faz com que a comunicação e o marketing dessas empresas sejam profissionais, ou se aproximem do que é dito na teoria. Para tanto foi feita uma pesquisa qualitativa, com utilização da metodologia Estudo de caso único e holístico proposto por Yin (2015) sendo utilizados como método de coleta observação participante e entrevistas semiestruturadas. Através do estudo pode-se perceber que mesmo atendendo a métodos rígidos propostos por normas internacionais, tanto a comunicação, quanto o marketing vem sendo muito negligenciados nessas instituições. Existe um grande desconhecimento e despreparo com relação as áreas abordadas por parte dos administradores e ausência de profissionais específicos para implantação de ações de comunicação organizacional e sua integração ao marketing.

  • MÁRCIO RENAN CORRÊA RABÊLO
  • CULTURA PARTICIPATIVA E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA CULTURAL ATRAVÉS DA INTERNET: O CASO DO CANTOR JOSÉ AUGUSTO “SERGIPANO”
  • Orientador : LILIAN CRISTINA MONTEIRO FRANCA
  • Data: 05/07/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação tem por objetivo analisar as possibilidades de preservação da memória cultural através da internet, estudando o caso do cantor José Augusto “Sergipano”. O artista fez sucesso no cenário nacional e internacional durante as décadas de 1960 e 1970, tendo gravado pela Chantecler, uma das mais importantes gravadoras do Brasil à época, 19 LPs e 10 compactos (singles), além de realizar mais de quinhentos shows. Após sua morte, em um acidente de carro em 1981, a trajetória do cantor foi perdendo destaque, transformando o antes ídolo em “ilustre desconhecido”. Para o estudo de caso, foram estabelecidos os seguintes objetivos específicos: abordar a música como um produto cultural; relacionar a biografia do cantor José Augusto “Sergipano” com a evolução dos meios de comunicação, em especial o rádio e a televisão; discutir o papel da gravadora Chantecler na divulgação da música popular brasileira, sobretudo da chamada música romântica; conceituar memória cultural e analisar o uso da internet como plataforma de preservação da memória cultural. A pesquisa articula-se em torno das seguintes perguntas: A internet pode ser utilizada como plataforma de preservação da memória cultural? As redes sociais, através de suas fanpages, podem contribuir para a preservação da memória cultural? Como a indústria da música vem tratando a distribuição de produtos culturais digitais? A presença nas redes tornou-se indispensável para a preservação da memória de trajetórias artísticas com as mudanças na indústria da música? Os pressupostos metodológicos fundamentam-se na revisão da literatura e nos princípios da netnografia. A revisão foi pautada nas obras de pesquisadores das áreas de cultura, música, memória, convergência e redes sociais (ADORNO e HORKHEIMER, 1982; BENJAMIN 1994; LOTMAN, 1979; VICENTE, 2010; HALBWACHS, 2006; ASSMANN, A., 2008, 2011, 2011b; ASSMANN, Jan. 2005, 2008b; ASSMANN e CZAPLICKA, 1995; JENKINS 1992; 2006ª, 2006b e 2008; AMARAL, 2007; AMARAL, RECUERO E MONTARDO, 2009 e RECUERO, 2009). A netnografia, tomada na acepção de Kozinets (1997), estruturou-se em quatro fases: Entrée cultural; Coleta e análise de dados; Ética de pesquisa; Feedback e checagem de informações. A entrée cultural, que representa o primeiro contato com o campo, teve como instrumentos centrais a construção de um site e de uma fanpage sobre o cantor analisado, que foram acompanhados por cerca de seis meses antes do início da coleta de dados. A seguir iniciaram-se três fases de coletas sobrepostas: questionários online através da plataforma SurveyMonkey, sites, blogs e YouTube. Os princípios de ética de pesquisa, feedback e checagem de informações foram estritamente observados. Os dados indicam que a memória cultural do cantor José Augusto “Sergipano” tem encontrado na internet um importante aliado no sentido de sua preservação, assegurada, sobretudo, pela ação de fãs que agem no âmbito de uma cultura participativa.

  • SAMIA LORENA MORAIS DA FONSECA
  • Do cotidiano ao artifício: Estratégias para produção de emoção em filmes da nova geração do cinema de horror nacional
  • Orientador : GREICE SCHNEIDER
  • Data: 25/04/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Este texto dedica-se ao estudo da produção de afetos no novo cinema brasileiro de horror pós anos 2000, em especial à relação existente entre a expressão emocional de seus personagens e a reação da apreciação dos efeitos programados no texto fílmico, através de um processo de artificialização do cotidiano e do uso deliberado de convenções do gênero horror. A pesquisa tem como pressuposto uma abordagem cognitivista, desenvolvida para o cinema a partir dos anos 90, e baseia- se na perspectiva teórico-metodológica da Poética do filme, que entende uma obra cinematográfica como uma composição expressiva em busca de causar efeitos no espectador, percebendo a apreciação como uma experiência subjetiva em três dimensões: cognitiva, sensorial e emocional. A junção das abordagens teórica e metodológica resultou na execução de exercícios de análises fílmicas e na observação da programação emocional elaborada nas obras cinematográficas do horror brasileiro. Foram analisados quatro filmes do gênero horror, sendo um longa- metragem e três curtas-metragens: Quando eu era vivo (2014), Vinil Verde (2004), O Duplo (2012) e Estátua (2014). As análises permitiram identificar certa padronização de procedimentos estratégicos do cinema brasileiro de horror em sua função de convocar emoções.

  • LUZILEIDE SILVA DOS SANTOS
  • A Montagem nos Documentários Sergipanos: Uma análise dos premiados da Mostra Competitivas de Curtas Sergipanos
  • Orientador : GREICE SCHNEIDER
  • Data: 20/04/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa busca observar como a montagem empregou os diversos elementos imagéticos e sonoros para constituir as narrativas do documentários sergipano. Ao entendermos que a montagem cinematográfica, mais do que uma simples técnica, é um princípio de criação através do qual os elementos são estruturados por uma determinada ordem forjando histórias dramática, cômicas, abstratas, reflexivas, etc., procuramos verificar como a seleção e ordenação das tomadas, dos planos, das falas, dos sons que compõem a narrativa são escolhas e guardam uma determinada vinculação com a representação do real. Neste estudo buscamos compreender a estruturação dos documentários sergipanos contemporâneos que compreendem os vencedores da Mostra Competitiva de Curtas Sergipanos, realizada pelo Festival Ibero Americano de Cinema – Curta-Se, entre 2005 e 2015. Para isso observaremos os processos operacionais, que de acordo com Fernando Morales Morante (2013) consistem em operações técnicas que selecionam e ordenam os elementos e também conceituais com procedimentos que elaboram a produção de discursos, sensações e sentimentos.

  • IRLA SUELLEN DA COSTA ROCHA
  • MUSEU, CULTURA E CRIATIVIDADE: o Museu da Gente e as políticas públicas no Brasil
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 18/04/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • As mudanças nas políticas públicas de cultura entre os anos de 2003-2014, especialmente no que tange a política nacional de museus, trazem à baila os movimentos semânticos sobre os museus e o patrimônio histórico e cultural acerca do debate da criatividade. A presente pesquisa utiliza o Museu da Gente Sergipana Governador Marcelo Déda como objeto empírico e locus de materialização das políticas culturais propostas pelo governo estadual, em consonância com as diretrizes estabelecidas pelo governo federal, através da política nacional de museus. Para situar o museu dentro da temática das políticas públicas foi necessário fazer uma reconstituição conceitual sobre as instituições museais, a partir da proposta de Oliveira (2008), Choay (2008), Funari e Pelegrini (2008 e 2009) que abordam a temática na relação com a política, memória e da história. A partir desse ponto, o que propomos é situar os museus no aspecto da economia criativa que remete à ideia da dimensão econômica proposta pelas políticas públicas dos governos Lula (2003-2010) e Dilma (2011-2014) através da abordagem crítica da Economia Política da Comunicação da Cultura. Por último então escolhemos informações sobre a política para museus em Sergipe e analisamos a programação do Museu da Gente Sergipana por ser um dos museus mais importantes de Sergipe, e do Brasil, pela sua expografia que usa os recursos tecnológicos para narrar a cultura material, imaterial e ambiental do estado. Por meio da análise das atividades do Museu da Gente foi possível perceber o quanto a política pública federal tenta se adequar a uma economia criativa que tem a diversidade cultural como ativo para o desenvolvimento em que a cultura. O Museu como um lugar de tensões e ferramentas criativas e inovadoras para a promoção de novos objetos de consumo cultural. Os resultados encontrados apontam que, em Sergipe, no Museu da Gente Sergipana, o museu não suporta, ainda, a ideia de gerar um serviço que possa movimentar a cadeia produtiva da economia local, uma vez que os museus lidam com paradigmas inerentes a sua composição institucional tal como a gratuidade, o caráter educacional e empreendimento para a formação cultural da população. O que nos permite afirmar que o Museu da Gente constitui-se como um espaço de disseminação de ideias e a visão política sobre a identidade sergipana como constitutivo para a formação de um consumidor local.

  • THALES BRANDÃO FERREIRA
  • COMUNICAÇÃO E MARKETING: Um estudo das interações comunicacionais entre feirantes e fregueses na feira livre de Paripiranga-BA
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 29/03/2017
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Apesar da modernização do varejo e crescimento urbano, as feiras livres continuam sendo um espaço de sociabilidade em uma dinâmica econômica, social e cultural. O problema central de pesquisa foi entender se as interações comunicacionais adotadas pelos feirantes de FLV (frutas, legumes e verduras) tem influenciado à percepção dos fregueses sob o composto mercadológico, na feira livre de Paripiranga-BA. A feira da cidade acontece às terças e sextas feiras e a configuração desse trabalho limitou-se a pesquisar os feirantes e fregueses que circulam no comércio no início da semana, ou seja, às terças-feiras. A hipótese fundamental do trabalho, orientadas aos feirantes que comercializam frutas, legumes e verduras foi devido à preferência dos fregueses por feiras livres, terem a crença de que os alimentos ali comercializados são sempre frescos e de qualidade superior, além de negociáveis. Esse espaço do comércio é geralmente o coração da feira, local de maior fluxo de fregueses e com um elevado grau comunicacional e mercadológico. A justificativa para estudar esse comércio ao ar livre provém da sua representatividade histórica por meio de elementos simbólicos que traduzem a memória e valorização cultural da região, destacando também a movimentação comercial, pois a cidade fica localizada na divisa entre Sergipe e Bahia, reunindo assim, um grande número de feirantes das regiões circunvizinhas dos dois Estados. O objetivo principal da pesquisa foi avaliar as interações comunicacionais dos feirantes FLV (frutas, legumes e verduras), no ponto de venda, a partir da percepção dos fregueses diante do composto mercadológico, na feira livre da cidade de Paripiranga-BA. Para esse recorte foi adotado referencial teórico da administração mercadológica (conceito do marketing, valor para o cliente, composto de marketing, commodities e marketing de serviço) e comunicação (questões de interações comunicacionais: popular, verbal e não verbal). Em termos metodológicos, foram realizadas as técnicas de observação participante e entrevistas. Tratou-se de um estudo etnográfico que durou 15 meses sobre as práticas mercadológicas e comunicacionais de 8 (oito) feirantes com olhar da antropologia (sociabilidade, fotografias e anotações em diários de campo) e uma análise do comportamento de consumo de 65 (sessenta e cinco) fregueses. Os resultados obtidos por meio de observação, diálogo com os feirantes e registros de imagens revelaram que a comunicação verbal através da oralidade se torna mais evidente no processo de negociação, modificando a maneira de se comunicar, se organizar e vender, pelo fato de os produtos comercializados no segmento de FLV (frutas, legumes e verduras) não serem frescos devido ao deslocamento dos feirantes para outras feiras.

2016
Descrição
  • MARCELA PRADO MENDONÇA
  • As Jornadas de Junho de 2013 e as estratégias de ação da Mídia Ninja no campo do jornalismo
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 30/08/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem como objetivo compreender como a Mídia N.I.N.J.A. (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação) emergiu de ator político, dentro do campo político, para ator de mídia, dentro do campo das mídias, e sua movimentação dentro do campo do jornalismo durante as Jornadas de Junho de 2013 para a conquista do capital simbólico da visibilidade. O fenômeno conhecido como “Jornadas de Junho” oferece o recorte temporal dessa pesquisa. Em junho de 2013, a Mídia Ninja (MN) ganhou as páginas dos jornais da imprensa tradicional no Brasil e no exterior. Para compreender o objeto Mídia Ninja, seguimos a construção conceitual de campo de Pierre Bourdieu, com o objetivo de relacionar as diferentes esferas de atuação deste ator coletivo, analisando as lutas por capital simbólico e sua relaçã o com a imprensa tradicional no campo do jornalismo. Investigamos a Mídia Ninja enquanto movimento social de atuação em rede e na rede com base nas autoras Maria da Glória Gohn e Ilse Scherer-Warren, a fim de compreender a configuração do coletivo como novo movimento social e analisar sua apropriação das novas tecnologias da informação e comunicação (TIC’s) para o ciberativismo midiático, bem como o conceito de repertório de ação coletiva de Charles Tilly. A partir da identificação do repertório de ação do grupo, localizamos a MN no campo do jornalismo e relacionamos suas ações com as ações da imprensa tradicional utilizando os jornais Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo. Essa análise no s permitiu investigar as hipóteses: (1) de que a mídia Ninja constrói novas estratégias de disputas narrativas com a mídia tradicional, propondo novas formas de ação e organização coletiva; (2) de que a mídia ninja gera narrativas novas e diferentes do jornalismo tradicional, principalmente por meio do elemento testemunhal; e, por fim, (3) analisar as estratégias de ação que a Mídia Ninja utilizou para subverter o campo do jornalismo durante as Jornadas de Junho.

  • LAILA THAISE BATISTA DE OLIVEIRA
  • A MULHER NEGRA NA PRIMEIRA PESSOA: UMA CONSTRUÇÃO DE RAÇA E GÊNERO NAS PERSONAGENS DE TAÍS ARAÚJO
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 29/08/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação tem como objetivo compreender de que forma a telenovela, como narrativa audiovisual, contribui para a construção da categoria raça e gênero através das personagens protagonistas interpretadas por Taís Bianca Gama Araújo Ramos nas produções globais selecionadas, são elas Da Cor do Pecado, Cobras e Lagartos, Cheias de Charme, Viver a Vida e Geração Brasil. Essa investigação parte da observação de uma retórica da narrativa que irá considerar os diálogos e cenas onde a protagonista está presente ou é citada. Para este fim será aplicado o procedimento metodológico proposto por Diana Rose (2002), denominado por ela de Análise de Imagens em Movimento. Ainda que tenhamos identificado confluência do método citado com a Análise de Conteúdo, de Laurence Bardin, entendemos que as etapas propostas pela autora são de extrema valia para o objeto da presente pesquisa. O trabalho está dividido em dois momentos, a primeira parte se debruçará em traçar um apanhado da trajetória da mulher negra na sociedade brasileira, considerando seus aspectos socioeconômicos desde o período império até o pós-abolição, perpassando pela organização da população negra como movimento social com o surgimento do movimento negro e do movimento de mulheres negras. A segunda parte tratará de abordar a mídia, a telenovela e suas técnicas, trazendo uma discussão sobre as representações sociais e ideologia midiática, refletindo de que forma a retórica contribui para a construção das representações e estereótipos das mulheres negras nas produções veiculadas, e como tais representações ainda são reféns de um sistema que mantem essas mulheres hierarquicamente inferiores em detrimento de outras representações. Ao final, o trabalho tratará de analisar meticulosamente os diálogos e cenas que apresentam as personagem protagonistas das produções selecionadas, com o objetivo de compreender de que forma a telenovela, como narrativa seriada mais consumida e difundida no país, contribui através de sua retórica para a construção da categoria “negra” como raça.

  • BÁRBARA NASCIMENTO DE OLIVEIRA
  • Além dos boletins de ocorrência: análise das narrativas midiáticas sobre a violência contra a mulher nos impressos Super Popular e Jornal da Cidade
  • Orientador : FERNANDA RIOS PETRARCA
  • Data: 10/06/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa busca analisar a cobertura midiática sobre a violência contra a mulher em dois jornais impressos produzidos e veiculados no território sergipano, o semanário Super Popular (fora de circulação) e o Jornal da Cidade, de circulação diária. Fazem parte do corpus notícias relativas ao tema publicadas nos meses de julho, agosto e setembro de 2013, quando foram registradas 125 aparições da temática. O material coletado é analisado a partir da metodologia de Análise de Conteúdo (AC). Sendo possível verificar a pertinência do tema a partir da freqüência/ausência, bem como realizar reflexões sobre essas narrativas jornalísticas através elementos intrínsecos à construção de notícias, como enquadramento, tratamento, escolha da rubrica, desdobramentos, relevância do tema, fontes, entre outros critérios que possibilitam mensuração quantitativa e inferências a cerca da produção de sentido apresentada pelos veículos (elementos qualitativos). A partir dos dados coletados e das categorias criadas pudemos efetuar interpretações que nos permitiram chegar à conclusão tanto da pertinência do tema quanto da necessidade de um tratamento midiático mais cuidadoso e reflexivo.

  • AGUIMARIO PIMENTEL SILVA
  • ENTRE A PARÁFRASE E A POLISSEMIA: O DISCURSO DA EDUCAÇÃO FEMININA NOJORNAL DAS SENHORAS (1852-1855)
  • Orientador : RAQUEL MARQUES CARRIÇO FERREIRA
  • Data: 10/06/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho consiste numa abordagem discursiva do periódico O Jornal das Senhoras, que circulou, na cidade do Rio de Janeiro, entre os anos de 1852 e 1855, tendo sido o primeiro fundado na Corte por uma mulher, a argentina Joanna Paula Manso de Noronha. O periódico, semanal, tinha a pretensão declarada de contribuir para a emancipação moral da mulher e sua educação/ilustração. Nosso objetivo é identificar, no discurso veiculado pelo jornal, pistas de ruptura e de continuidade de sentidos em relação à temática da educação feminina. Tal trabalho analítico, de cunho qualitativo, é realizado a partir do arcabouço teórico-metodológico da Análise de Discurso (AD) de linha francesa, com algumas contribuições das teorias de Michel Foucault e de Mikhail Bakhtin acerca do discurso, tendo em vista a sua pertinência para a consecução do objetivo da pesquisa. Assim, empreendemos primeiramente uma mirada sobre os construtos teóricos da AD que são fundamentais para o trabalho. Destacamos os processos de constituição de sentidos, através da exploração dos conceitos centrais de paráfrase e de polissemia. Além disso, realizamos uma investigação acerca da situação da mulher, no Brasil patriarcal oitocentista, atribuindo ênfase à questão da sua educação: nesta etapa, a proposta é possibilitar uma compreensão precisa das condições de produção nas quais se deu a formulação/circulação dos discursos do Jornal das Senhoras. Evidenciamos, também, as quatro principais representações que estavam ligadas à figura da mulher, no período: filha, esposa, mãe e dona de casa. Partindo do contexto exposto, fazemos então uma investigação em torno do Jornal das Senhoras, procurando caracterizá-lo enquanto periódico e situando-o no âmbito da imprensa feminina brasileira do século XIX. Dentre as 209 edições do periódico, foram localizados apenas 20 textos que versam sobre a educação feminina, no que se refere à sua relação com as quatro representações supracitadas. Desses textos, foram selecionados os segmentos discursivos para as análises. Os resultados alcançados na investigação são discutidos a partir de uma aproximação com as considerações em torno da noção de gênero (que perpassa todo o trabalho), como forma de se compreender o processo discursivo subjacente aos textos do Jornal das Senhoras. Como conclusão, indicamos que, embora os textos do periódico declarem contribuir para a mudança de sentidos em torno da educação feminina, retomam, de maneira significativa, discursos institucionais (especialmente o da religião) que, no período, ratificavam a ideia de superioridade do elemento masculino sobre o feminino. Apesar da tensão entre novos e velhos sentidos, o discurso perpassado pelo Jornal das Senhoras tende a uma configuração muito mais parafrástica, de retomada e reformulação de sentidos preexistentes, do que polissêmica. São discursos que tendem para o mesmo, para a reprodução e manutenção das condições e relações sociais existentes, o que quebra o suposto caráter progressista muitas vezes atribuído ao periódico.

  • SUYENE CORREIA SANTOS
  • SAINDO DO ARMÁRIO: REPRESENTAÇÃO DO PERSONAGEM GAY NOS FILMES DE ANIMAÇÃO “MARY E MAX” E “PARANORMAN”
  • Orientador : RENATA BARRETO MALTA
  • Data: 18/05/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa surgiu do interesse de investigar como ocorrem os modos de representação dos personagens gays no cinema de animação. Para verificar as características e especificidades dessas representações, elencamos como objeto de estudo os personagens Damian e Mitch, respectivamente, dos filmes de animação “Mary e Max” e “ParaNorman”, por terem sido os primeiros homossexuais assumidos dessa vertente cinematográfica. De início, buscamos sustentação teórica nos estudos de Stuart Hall, Michel Foucault e Judith Butler para compreendermos os conceitos de identidade, representação, sexualidade e gênero. Em nossa trajetória teórica, pareceu-nos pertinente observar como se configuraram as representações de personagens homossexuais no cinema hollywoodiano e no cinema de animação desde sua invenção até a contemporaneidade. Para tanto, contribuíram as pesquisas de Vito Russo e William Mann sobre a temática em questão. No campo do empírico, optamos pela Análise de Conteúdo, amparada pela Análise Fílmica, como abordagem metodológica e partimos de cinco categorias, embasadas nos aspectos comportamentais e psicológicos de Damian e Mitch, para chegarmos às respostas de três questionamentos: 1) quais tipos de representações surgem da mediação realizada pelo cinema de animação, especificamente, do corpus em questão? 2) essas representações permitem uma revisão dos espaços ocupados por esses grupos na sociedade ou reafirmam uma estereotipia? 3) qual o grau de importância desses personagens na trama e como eles se relacionam com os seus companheiros? Ao final das análises, concluímos que os modelos de representação dos personagens gays estudados são estereotipados e estigmatizados, alicerçados de algum modo no sistema hegemônico heteronormativo, ainda que reconheçamos a importância da visibilidade de personagens homossexuais em um produto cultural como o filme de animação, na abertura de caminhos para uma possível conscientização dos espectadores infanto-juvenis sobre diversidade sexual.

  • ELOY SANTOS VIEIRA
  • “O lugar do fandom no processo produtivo das indústrias culturais no contexto da cultura da convergência: os casos de ‘Doctor Who Brasil’ e ‘Universo Who’”
  • Orientador : LILIAN CRISTINA MONTEIRO FRANCA
  • Data: 29/04/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa tem a intenção de apontar qual o lugar que os fandoms podem ocupar dentro do processo de produção coordenado pelas insdústrias culturais no contexto da cultura da convergência. Para isto, escolhemos a série britânica "Doctor Who" como ponto de partida por reunir diversas dessas características apontadas pelos mais diversos autores que versam sobre o tema e também pela sua longevidade e capacidade de apatação ao longo de seus mais de 50 anos no ar. Em seguida levantamos o conceito de convergência e seguimos a proposta de Aquino (2012) que aborda a convergência através de um tripé teórico: tecnologia, sociedade e cultura. A partir daí, o que propomos é adicionar o aspecto da economia à ideia da autora através de uma abordagem que preza pela “interdiscipliniridade teórica” (KLEIN, 2010) na tentativa de compreender a questão de uma forma mais geral e só então é que propomos o nosso modelo genérico. Por último então escolhemos os dois maiores fandoms brasileiros da série para ilustrar esse modelo. Foi analisado todo o conteúdo que ambos os grupos produziram durante o mês de novembro de 2013 dentro do Twitter. Foi neste período em que a campanha de aniversário dos 50 anos de “Doctor Who” foi intensificada pela BBC e foi dentro do Twitter que se deu a parte mais importanet da mobilização dos fãs em relação à exibição do especial de aniversário. A partir de uma aliança entre análise de conteúdo (BARDIN, 1995) e entrevistas com os administradores dos grupos, foi possível constantar que o modelo genérico seria aplicável nesses casos em específico e que os players das indústrias culturais têm proposto novas estratégias que, ao mesmo tempo em que contribuem para a manutenção de um ciclo produtivo comandado por eles, abre espaço para a inserção dos fandoms como uma espécia de instância intermediária capaz de guiar o consumo das audiências.

  • CAROLINA BUENO RODRIGUES
  • DA RETÓRICA AO RETWEET: OS ELEMENTOS PUBLICITÁRIOS APLICADOS NOS DISCURSOS DO EX-GOVERNADOR DE SERGIPE, MARCELO DÉDA, PUBLICADOS NO TWITTER
  • Orientador : MATHEUS PEREIRA MATTOS FELIZOLA
  • Data: 30/03/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • E

    RESUMO

    Este trabalho propõe-se a investigar os elementos persuasivos presentes nos discursos do ex-governador sergipano, Marcelo Déda, publicados na sua conta pessoal do Twitter. Marcelo Déda foi um dos principais representantes do Nordeste e do Brasil - entre 2010 e 2013 - no uso das redes sociais digitais para fins políticos e governamentais. Devido à necessidade de analisar as instâncias de produção e de circulação desses discursos, em função das estratégias argumentativas utilizadas por Déda, a proposta deste estudo está embasada no método de Análise Textual Discursiva, proposto por Galiazzi e Moraes (2007), que utiliza a análise de discurso na etapa de produção e a análise de conteúdo, na etapa de circulação dos tweets. Em razão das especificidades do objeto, também foi realizado um estudo biográfico do ex-governador, de acordo com as orientações sugeridas por Gobbi (DUARTE org., 2010), para contextualizar seu perfil discursivo. Além desse estudo, é apresentado aqui todo material coletado e os conceitos norteadores que embasaram esta pesquisa. O resultado das análises realizadas revela que a comunicação política-governamental apropria-se de diversas técnicas e elementos retóricos de linguagem, também comuns na publicidade, e está cada dia mais adequada à nova realidade de convergência dos múltiplos fluxos informacionais das mídias sociais, na busca da adesão coletiva de ideias.

  • LILIANE DO NASCIMENTO SANTOS FEITOZA
  • Relevância jornalística: análise e teste de ferramenta para fins de avaliação de qualidade e accountability
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 28/03/2016
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Rotular o que é e o que não é notícia faz parte das atribuições básicas de qualquer jornalista. Por mais que estas avaliações sejam corriqueiras e hábeis ao lidar com as pressões de tempo e recursos, elas deixam de aproveitar os conhecimentos processados para refletir sobre sua própria efetividade, bem como para gerar vantagens organizacionais e instrumentos de accountability. Interessado na qualidade da produção jornalística, este trabalho objetiva contribuir para o desenvolvimento experimental de uma metodologia de avaliação da relevância jornalística, que, em via oposta, seja capaz de gerar dados sobre si e de instrumentalizar outros avanços. Tal metodologia encontra-se embarcada em um software de gestão da produção jornalística denominado Qualijor, que possui, entre outras estruturas, uma matriz específica para a avaliação da relevância. Devido ao período de desenvolvimento experimental do software, que já é um protótipo, a contribuição em questão diz respeito a uma experimentação da sua estrutura e a soma de algumas bases conceituais úteis para a interpretação dos dados avaliativos e para possíveis incrementos futuros. Antes de realizar a avaliação experimental a que o trabalho se propõe, todavia, é necessário aprofundar o tratamento do termo relevância, refletindo não só sobre sua definição, mas também sobre saberes que a tangenciam, destacadamente os valores-notícia, que serão apresentados como indicadores da relevância. Ainda é necessário situar a relevância, conforme definida, dentro de uma proposta de avaliação de qualidade editorial que reflita compromissos relativos à accountability de mídia e aproximar o requisito e o software de uma proposta de gestão do conhecimento organizacional. Quanto aos procedimentos metodológicos, dessa forma, o trabalho pode ser descrito como uma pesquisa de desenvolvimento experimental, que testa a efetividade de um protótipo através da realização de um experimento. Durante a avaliação experimental foram analisadas 180 matérias jornalísticas que ocuparam posição de destaque diversas em três importante veículo de comunicação dos meios on-line, impresso e televisivo. Em busca de perceber um incremento na geração de dados e na sistematicidade dos resultados, cada conteúdo foi submetido a dois tipos de avaliação, uma tradicionalmente realizada pelos veículos de comunicação e outra proposta pela metodologia em teste. Como resultado foi possível visualizar nas avaliações realizadas com o auxílio do Qualijor um efetivo incremento na externalização dos saberes, repercutindo não só na geração de dados, mas também no processamento mais vinculado a normas, no atendimento às demandas de accountability de mídia e no estímulo a uma gestão do conhecimento organizacional.

2015
Descrição
  • ENEIDA DOS SANTOS TRINDADE
  • Modos de leitura em jornais digitais: Uma análise discursiva do papel interativo do leitor
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 30/09/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa aborda o reposicionamento do papel do leitor no jornalismo diante das novas tecnologias de comunicação e informação multiplataformas, interativas, móveis, táteis, colaborativas e instantâneas. Entendendo que nesse ambiente o leitor tem a possibilidade de modificar suas experiências comunicacionais com as instituições jornalísticas e as formas como interage com outros leitores, vemos a participação do leitor no jornalismo digital como um elemento que transcende a informação jornalística. Nesse sentido, o estudo tem como objetivo compreender de que maneira as mudanças nas práticas de leitura de jornais, em decorrência desse novo ambiente tecnológico, agregam sentidos ao conteúdo jornalístico. Desenvolvida como um estudo de caso, a pesquisa teve como foco a análise de textos jornalísticos e comentários de leitores publicados nos sites G1 e Universo Online (UOL) sobre a cobertura da morte do estudante Victor Hugo Deppman, morto por um adolescente em 2013. Para alcançar os resultados propostos nesta pesquisa, utilizamos duas metodologias combinadas: análise de conteúdo e análise do discurso, à luz dos estudos de Bahktin sobre o dialogismo. Nossa expectativa é que o trabalho possa contribuir para a discussão sobre o papel do leitor no jornalismo e sobre as relações interativas desenvolvidas no ambiente de comentários online, além de servir como um documento para estudos posteriores acerca da ferramenta e do seu uso no jornalismo.

  • POLIANA MARQUES CORDEIRO COSTA
  • Evangélicos na Mídia: A atuação dos Novos Agentes Evangélicos Midiáticos no Brasil, análise do caso Pr. Silas Malafaia
  • Orientador : FERNANDA RIOS PETRARCA
  • Data: 31/07/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Pesquisa em processo de conclusão prevista para março de 2015, texto atual refere-se ao levantamento teórico e metodológico da pesquisa desenvolvida para o Exame de Qualificação. Esse trabalho tem como objetivo geral entender como se tem dado a expansão da Cultura Evangélica nos meios de comunicação midiáticos, suas principais características, e suas consequências, através da identificação e análise do processo histórico dos Evangélicos no Brasil e sua projeção e conflitos no meio midiático, recortando para esta análise o período da década 1990 até agosto de 2014. Buscando assim descrever e analisar, alguns conceitos, que possam ajudar na compreensão de como se tem dado a relação dos Evangélicos com os meios de comunicação, observando suas relações sociais, culturais, políticas e econômicas. Tendo como foco e objeto de estudo principal os Novos Agentes Evangélicos Midiáticos, analisando-os através de sua atuação, da sua participação, e das suas contribuições para a formulação conceitual do que se entende por evangélico hoje no Brasil, procurando entender como esses Novos Agentes fazem uso, e se apossam do termo Evangélico em várias formas de mídia.

  • DIEGO LIMA FERREIRA
  • "Que obra fez Deus!": O lifecasting entre a vigilância e o espetáculo na sociedade conectada 24/7
  • Orientador : LILIAN CRISTINA MONTEIRO FRANCA
  • Data: 10/07/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação pretende estudar o lifecasting, transmissão contínua por vídeo através da internet, em especial aquele em que o lifecaster transmite a sua vida ininterruptamente, como fenômeno integrante da sociedade conectada 24/7, como a entende Jonathan Crary (2014), e como mediação sócio técnica, intensificada pela ampliação do acesso à internet, pelo aumento da velocidade de conexão, o barateamento do custo dos equipamentos, a utilização de dispositivos móveis e de uma série de práticas de vigilância que vem se desenvolvendo, particularmente, a partir da década de 1980. Através da pesquisa bibliográfica, da web archival research (com o levantamento de vídeos, depoimentos e matérias publicadas acerca dos pioneiros no lifecasting 24/7 e de seus seguidores e a organização de um arquivo pessoal composto por gravações de vídeos das transmissões e por prints de chats) e da aplicação de questionários a lifecasters e lifeviewers, procurou-se traçar um percurso histórico para identificar as motivações que os levaram a tal prática. O estudo de caso acompanhou sistematicamente a transmissão dos três mais importantes lifecasters da atualidade (dentre os que utilizam os idiomas português, inglês e espanhol): o americano Frank Taylor, o dinamarquês Jan Billy e o finlandês Ari Aarne Antero Kivikangas (Cyberman). O lifecasting foi analisado tomando como base quatro eixos principais: como prática integrante da sociedade conectada 24/7, como forma de vigilância, de espetacularização do eu e de resistência. As motivações apresentadas por lifecasters e lifeviewers encontram-se em consonância com as práticas correntes na sociedade conectada 24/7, na qual os sistemas de vigilância, a exposição da vida pessoal e os hábitos de consumo encontram no lifecasting um exemplo extremo.

    Palavras-chave: Lifecasting; Vigilância; Motivação; Sociedade conectada 24/7.

  • ANA CAROLINA WESTRUP
  • 1º Conferência Nacional de Comunicação e o mercado de televisão no Brasil: Propostas, atores e resultados”
  • Orientador : CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
  • Data: 30/06/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O objetivo geral da dissertação é a análise das resoluções sobre o mercado brasileiro de televisão na 1º Conferência Nacional de Comunicação (1º CONFECOM), identificando os atores envolvidos com a aprovação e rejeição das propostas, os seus interesses e os resultados destas resoluções no ambiente regulatório do setor de radiodifusão no Brasil e para a pauta do movimento pela democratização da comunicação no Brasil. Esse estudo se justifica pelo próprio desenvolvimento da 1º Conferência Nacional de Comunicação, seja no seu ineditismo – momento histórico de participação popular sobre as políticas de comunicação do país - seja nas suas contradições. A hipótese a ser trabalhada neste trabalho está na limitação da 1º Conferência Nacional de Comunicação, do ponto de vista da mudança da legislação para o setor de radiodifusão brasileiro, tendo em vista que a comunicação/informação, no sistema capitalista, não se trata de uma política pública em si,mas de uma forma de poder estabelecida no sistema capitalista, sem deixar de analisar, entretanto, as suas contradições no que diz respeito a possível reorganização dos movimentos progressistas pós - Confecom, em torno da democratização dos meios de comunicação no Brasil.

  • ARTHUR LEONARDO ROEDER NETO
  • Práticas Publicitárias e Representações da Sociedade e da Cultura de Sergipe sob a ótica do Jornal VIDA LARANJEIRENSE entre 1930 a 1936
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 26/06/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa em questão é caracterizada como sócio-histórica, tendo como objeto empírico de análise os anúncios do Jornal Vida Laranjeirense, veiculados durante os anos de 1930 a 1936 na cidade de Laranjeiras/SE. O objetivo geral é o estudo das práticas e representações da sociedade na época analisada, suas imbricações e evolução no que diz respeito à comunicação publicitária de medicamentos. Para tal objetivo, definiu-se a história cultural como base teórica, bem como uma análise da história da publicidade de medicamentos no Brasil, da comunicação e da saúde em Sergipe e das funções e linguagem da publicidade. A metodologia utilizada na pesquisa foi a pesquisa documental e a análise de conteúdo. Os resultados obtidos sugerem que: a) a publicidade de medicamentos no Jornal Vida Laranjeirense expressou modelos sócio-culturais de compreensão da saúde e da doença existentes na localidade de Laranjeiras no período compreendido entre 1930 a 1936; b) a produção da anúncios de medicamentos descreve formas como a publicidade se constituiu como técnica e como prática social no período; c) os anúncios de medicamentos seguiram o modelo de anúncios praticados em âmbito nacional e d) o conceito de auto medicação, percebido como prática comum com os remédios de cunho popular, são ratificados pela publicidade de medicamentos industrializados e de base científica.

  • WERDEN TAVARES PINHEIRO
  • OS SISTEMAS PÚBLICOS DE COMUNICAÇÃO E A POLÍTICA: O CONTEXTO ECONÔMICO E POLÍTICO DAS EMISSORAS PÚBLICAS BRASILEIRAS (O CASO APERIPÊ).
  • Orientador : CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
  • Data: 10/03/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Nossa investigação procura fazer uma leitura das transformações pelas quais passa o campo público brasileiro de comunicação. Para tanto, buscamos entender as emissoras públicas como parte da estrutura de mercado, ao lado das as comerciais. Nessa perspectiva, procuramos debater, a função de cada um dos tipos de emissoras do campo público, sua cronologia e o seu uso histórico por políticos, mas também sua relação com o campo privado e com a audiência. Fazemos, por outro lado, um resgate histórico relacionando os acontecimentos da política aos que fazem parte da narrativa das emissoras públicas brasileiras. A pesquisa incluiu como entrevistas e uma exaustiva análise de documentos, leis e impressos. Como estudo de caso, escolhemos focar na história da Fundação Aperipê de Sergipe, procurando entender como funciona a Gestão, a Estrutura e a Participação Popular nas emissoras do Sistema Público Sergipano. Ou seja, pretendemos entender a estrutura e apontar as suas contradições, aproximando teoria e realidade, para discutir a relevância dos meios públicos de comunicação para a sociedade como instrumento de Estado, suas próprias definições e razões de ser.

  • BRUNA TÁVORA DE SOUSA MARTINS
  • HEGEMONIA E MEDIAÇÃO: REFLEXÕES SOBRE O TRABALHO CULTURAL A PARTIR DO PROGRAMA DE TV ESQUENTA
  • Orientador : CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
  • Data: 11/02/2015
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho apresenta, a partir do programa de TV Esquenta, os mecanismos ativados pela organização cultural hegemônica que possibilitam que a indústria televisiva se constitua como espaço de mediação e hegemonia. Para isso, são apresentados os processos de hegemonia que vem se realizando no Brasil desde a instituição da “modernidade” brasileira, bem como explícita os processos de trabalho que possibilitam a apropriação do conhecimento do trabalhador cultural nesse processo, e ainda aponta as funções sistêmicas que cumpre a Indústria Cultural no capitalismo brasileiro. Tomando como fio condutor a análise sobre o trabalho cultural e sua importância fundamental no processo de mediação para impulsionar uma organização cultural solidária à expansão produtiva do sistema, o trabalho apresenta como resultado as estratégias do programa frente a necessidade de reprodução social da classe dirigente no que toca .Tomando como ponto de partida a produção da dupla mercadoria: audiência e produto cultural, analisa-se a centralidade do trabalho cultural e a dupla apropriação operada sobre ele. Uma caracterizada pela generalização das relações de produção de cultura e a submissão da mediação desse trabalho ao setor capitalista o que implica refletir sobre os processos de hegemonia inerentes à natureza intelectual desse trabalho, e outra definida pela internalização de uma aprendizagem técnica, o que implica refletir sobre a apropriação de seu conhecimento na consolidação de modelos hegemônicos de produção cultural. Para análise do objeto estudado, foio utilizada uma revisão de literatura que abarcou tanto as reflexões teóricas e abstratas, quanto aquela referente especificamente ao programa Esquenta. Além disso, para que fosse possível captar algumas especificdades e caracterizações do programa, foi realizada uma observação aleatória de sua exibição entre os meses de Julho e Novembro de 2014, além de pesquisas em sites e redes sociais dos trabalhadores culturais que o compõe e de instituições da sociedade civil que se posicionam à respeito do Esquenta.

2014
Descrição
  • NAJARA LIMA BARROS GARCIA
  • A internet como ambiente de Comunicação Pública: uma análise do perfil do Governo de Sergipe no Twitter
  • Orientador : EDNA MIOLA
  • Data: 16/12/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O surgimento e crescente utilização das novas tecnologias da informação e da comunicação abriu as portas para um novo cenário para a comunicação, permeado por características como rapidez, descentralização da produção, maior volume de informação disponível, interatividade, baixo custo de transmissão, entre outros. Neste ambiente, a relação existente entre as novas tecnologias, mais especificamente a internet, e os sistemas políticos, gerou nos últimos 20 anos uma significativa bibliografia que explora o potencial dessa interação para criar mecanismos de democratização e estimular a ideia de acesso mais facilitado aos processos de tomada de decisão. Diversas pesquisas têm sido realizadas com o intuito de verificar se e em que medida as tecnologias digitais influenciam os processos desenvolvidos no cenário político, contribuindo para alterar a natureza do diálogo estabelecido entre governos e cidadãos e, consequentemente, ampliando a participação política. Somando-se às referidas pesquisas que discutem questões relacionadas ao impacto da utilização das ferramentas da internet na política, esta dissertação pretende tratar da interface entre a comunicação pública e as TIC. A proposta deste trabalho é avaliar, especificamente, se a comunicação realizada pelo Governo do Estado de Sergipe em sua conta oficial do Twitter prioriza valores democráticos como a transparência, a accountability, a participação e o oferecimento de serviços públicos através das ferramentas do governo eletrônico. O corpus do trabalho é composto por 1.898 publicações dos meses de outubro e novembro de 2013. Ambiciona-se investigar em que medida a comunicação pública efetivada pelo governo estadual através do uso do microblog vem apresentando características vinculadas a valores democráticos e ao interesse público, ou se, ao contrário, o Governo de Sergipe tem utilizado a plataforma com maior ênfase na comunicação estratégica, ligada a elementos não democráticos da política, como a construção e o controle da imagem pública de seus gestores.

  • DEMÉTRIO RODRIGUES VARJÃO
  • INDÚSTRIA CULTURAL E MÚSICA: reestruturação da indústria fonográfica e o mercado da música em Sergipe
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 30/06/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho é analisar o efeito das transformações ocorridas na indústria da música nas últimas décadas, decorrentes do processo de reestruturação capitalista e do avanço das tecnologias digitais sobre as indústrias culturais, sobre os mercados de âmbito local, que se desenvolvem à margem dos principais agentes da indústria – as grandes gravadoras. A questão central está em propor a retomada de questões de ordem teórico-conceitual desenvolvidas no âmbito da Economia Política da Comunicação e da Cultura (EPC) para a elaboração de um amplo modelo de análise aplicável ao mercado da música, que permita evidenciar os elementos determinantes da sua estrutura e as hierarquias e relações de contradição entre os seus principais agentes. Tem como objeto de estudo o mercado da música do estado de Sergipe, mais especificamente, o seu principal segmento, o negócio da música ao vivo, que tem como principais agentes o poder público, grandes empresas de entretenimento (produção de eventos e bandas) e alguns grupos musicais que orbitam em torno de “gêneros da moda”, como o Sertanejo, Axé/Pagode, Forró Eletrônico e Arrocha. Os resultados apontam que o eixo dinamizador desse mercado é a articulação entre Estado e capital na persecução das condições de funcionalidade da Indústria Cultural (funções publicidade, propaganda e programa).

  • BRUNO DA SILVA TAVARES
  • PLURALIDADE NA COBERTURA DO JORNAL NACIONAL SOBRE OS PREPARATIVOS PARA COPA DO MUNDO 2014: Avaliação da conformidade do conteúdo jornalístico com as garantias do documento editorial da Globo
  • Orientador : JOSENILDO LUIZ GUERRA
  • Data: 30/06/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem como objetivo avaliar o grau de conformidade da cobertura do Jornal Nacional com os requisitos de pluralidade assegurados no documento “Princípios Editoriais das Organizações Globo”, na cobertura dos preparativos para os eventos Copa do Mundo e Copa das Confederações. O trabalho está dividido em duas partes: na primeira é discutida a noção de pluralidade no jornalismo; como este valor está relacionado com o modelo pluralista das teorias democráticas; em qual conjuntura política esta exigência da atividade jornalística ajuda a legitimar o jornalismo como fórum de mediação de posicionamentos diversos e antagônicos. Em paralelo, identificamos o documento de orientação editorial da Rede Globo como ferramenta de processos de accountability, que possibilita a fiscalização do conteúdo jornalístico por parte dos usuários, de modo a verificar se a empresa entrega aquilo que assegura produzir. Os dispositivos orientados para cobrar publicidade dos processos jornalísticos e responsabilização dos que produzem um serviço de natureza pública são entendidos como uma via de fortalecimento da relação produtor-usuário, que concorre para ampliação da responsabilidade social da atividade. Para avaliação da pluralidade, foi empregada uma metodologia, desenvolvida no âmbito do Programa de Pesquisa em Qualidade, Inovação e Tecnologia Aplicadas ao Jornalismo (Qualijor), que avaliou dois aspectos da empresa: o documento de princípios editoriais da Globo; e a cobertura do Jornal Nacional sobre os preparativos dos eventos citados, no tocante ao respeito aos requisitos e à condição para uma cobertura plural: 1) autonomia do veículo em relação às partes; 2) acessibilidade ao debate pelos agentes potencialmente envolvidos; 3) equilíbrio na participação dos envolvidos e 4) responsividade entre as partes e seus pontos de vista. A Rede Globo, enquanto parceira da FIFA e promotora da realização da Copa do Mundo, sedia o debate sobre o evento em seu telejornal, mas é também parte interessada, configurando assim, uma situação de conflito de interesses que põe em xeque a condição elementar para promoção de uma cobertura plural, contradizendo garantias previstas em seu documento. Neste cenário, a pesquisa apura indícios de assimetria entre o que é garantido e o que, de fato, é oferecido pelo jornalismo da emissora no tocante à pluralidade, sugerindo assim, a ampliação no debate sobre mecanismos de fiscalização do conteúdo jornalístico em razão da qualidade pretendida por seus produtores.

  • RICARDO GOMES COSTA FILHO
  • OLHAR HUMANO, VIDA ANIMAL: SUBSÍDIOS PARA UM ESTUDO SOBRE OS WILDLIFE FILMS
  • Orientador : LILIAN CRISTINA MONTEIRO FRANCA
  • Data: 27/06/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem como objetivo oferecer, a partir de uma perspectiva principalmente exploratória e bibliográfica, um olhar para os chamados wildlife films ou filmes de vida selvagem. Esse esforço é realizado em um primeiro momento com o auxílio do recente campo de pesquisa dos Human-Animal Studies, que buscam compreender de maneira interdisciplinar as diversas problemáticas que afetam a imensa gama de interações – éticas, afetivas, psicológicas, simbólicas – entre os humanos e os animais não humanos. A pesquisa também empreende, nesse bojo, um estudo do documentário e do subgênero em questão em uma análise teórica e na descrição de um breve trajeto historiográfico. Em seguida, em um segundo momento, é realizada uma análise, ainda dentro da proposta exploratória do estudo, dos filmes Migração Alada, de Jacques Perrin, e A Marcha dos Pinguins, de Luc Jacquet.

  • PAULO VICTOR PURIFICAÇÃO MELO
  • Estado e Comunicação – Uma análise das TVs Legislativas estaduais no Brasil
  • Orientador : CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
  • Data: 29/04/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação investiga o segmento das TVs Legislativas estaduais no Brasil, estabelecendo como objeto específico a análise do tipo de tecnologia disponibilizada para o acesso à programação, os modelos de gestão e o perfil de programação dessas emissoras. A pesquisa se detém sobre a estrutura e organização dessas TVs, entendendo-as como parte de um complexo sistema de comunicação pública, que teve o seu desenvolvimento histórico marcado por uma condição de complementaridade marginal frente à opção do Estado brasileiro em privilegiar a iniciativa privada na exploração do serviço de radiodifusão. Com menos de 20 anos de existência no país, as TVs Legislativas têm se constituído como importantes instrumentos de aproximação e diálogo dos parlamentos com a sociedade, além de representarem um avanço na perspectiva da democratização dos meios de comunicação, especialmente por possibilitar conteúdos distintos dos veiculados na mídia comercial. Além disso, especialmente no que diz respeito às instâncias de gestão, as TVs Legislativas estaduais ainda se configuram como espaços de propriedade das Mesas Diretoras das Assembleias Legislativas, em que a garantia da participação social, elemento determinante para o cumprimento do seu papel de accountability e a sua condição de veículo do campo público de comunicação, ainda se revela como um desafio necessário. Isso se agrava com a ausência de uma legislação que estabeleça as condições de funcionamento, gestão e utilização dessas TVs, sejam elas federais, estaduais ou municipais, o que dificulta as possibilidades de acompanhamento e controle por parte da sociedade.

  • CAROLE FERREIRA DA CRUZ
  • Ativismo anti-homofobia: embates político-midiáticos da Rede LGBT na Internet
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 25/04/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho se propõe a investigar a crescente apropriação da Internet para o fortalecimento do ativismo anti-homofobia no Brasil, que tem como principal referência a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). A entidade constitui atualmente a maior rede LGBT da América Latina e se articula via grupo de discussão eletrônico, utilizado como ferramenta para produção de informação, comunicação e mobilização de ativistas, militantes e apoiadores. Em razão das especificidades do objeto e da consequente necessidade de adequações teórico-conceituais, este estudo está embasado em duas metodologias complementares: análise de conteúdo e etnografia virtual. A coleta de dados abrangeu os tópicos que motivaram maior participação e repercussão midiática, os quais se concentraram nos anos de 2012 e 2013. Essa coleta resultou em quatro estudos de caso representativos dos eixos paradigmáticos norteadores do ativismo dentro da rede: antagonismo político-institucional (embates com a bancada evangélica); e antagonismo midiático (embates com a grande mídia). Entre as conclusões da pesquisa estão: os repertórios de ação (em rede, midiáticos, ciberativistas) surgem como táticas de reforço para dar uma maior dimensão e tornar mais eficiente o ativismo político; a busca da visibilidade midiática é uma estratégia imbricada nas ações ativistas que abrange as mobilizações “intermídia” nas plataformas digitais e as tentativas recorrentes de pautar os veículos jornalísticos; as articulações, mobilizações e intervenções online e off-line estão correlacionadas, podendo tanto começar nos espaços de interação mediada quanto nos espaços políticos tradicionais e vice-versa; a mobilização de ativistas ocasionais e demais parceiros informais é uma prática estratégica para visibilizar e reforçar os mecanismos de pressão; o grupo de discussão é potencialmente mais ativo nas conversações civis para fins de troca de informações, análise de conjuntura, consulta especializada, planejamento e avaliação de ações; o ciberativismo é notadamente mais bem-sucedido nas situações em que a Internet exerce um papel relevante na disseminação de canais informativos alternativos para a conscientização e o engajamento coletivos; a associação do ativismo político a uma série de repertórios midiáticos, online e em rede tem contribuído para ampliar a visibilidade, o conjunto de alianças e o apoio da sociedade em torno das lutas anti-homofobia no país.

  • WESLEY PEREIRA DE CASTRO
  • INTERSTÍCIOS DA PORNOCHANCHADA BRASILEIRA: Relações Ambíguas entre Vendabilidade e Contestação Política nos Filmes Produzidos pela Boca do Lixo na Primeira Metade da Década de 1980.
  • Orientador : VERLANE ARAGAO SANTOS
  • Data: 24/04/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho dissertativo ora apresentado tem como objetivo trazer à luz acadêmica algumas questões de sumo interesse para os comunicólogos que se debruçam sobre as contradições elementares do cinema brasileiro, atravessado por um traço perene de subdesenvolvimento, conforme alegou o crítico Paulo Emílio Salles Gomes. O foco da pesquisa é o cinema produzido na região paulistana da Boca do Lixo, precisamente entre os anos de 1980 e 1985, quando os cineastas lá estabelecidos haviam conseguido fixar algumas marcas autorais atreladas a um modelo de produção deveras particular, autoralidade que foi progressivamente extinta pela introdução massiva dos filmes de sexo explícito durante a reabertura política do Brasil, o que, de fato, culminou na decadência definitiva da região, hoje conhecida pelo apelido ainda mais demeritório de Cracolândia. Se, desde o final da década de 1960, o quadrilátero regional batizado pelos policiais de Boca do Lixo (por causa do sobejo de atividades criminais, predominantemente relacionadas à prostituição) se destacava por sediar algumas importantes empresas produtoras de cinema do país – inclusive, a Cinedistri, que, em 1962, orgulhou-se de ter produzido o vencedor da Palma de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Cannes, “O Pagador de Promessas” (dirigido por Anselmo Duarte) – na primeira metade da década de 1980, as carreiras dos diretores que se consolidaram a partir do ciclo comercialmente bem-sucedido das pornochanchadas foram ameaçadas tanto pela perseguição inclemente da censura militar e da imprensa preconceituosa do período quanto pelas exigências cada vez mais impositivas dos ditames pornográficos advindos da penetração de cinematografias estrangeiras. As estratégias encontradas pelos cineastas da Boca do Lixo para resguardarem seus traços estilísticos ao mesmo tempo em que atendiam às obrigações por vendabilidade e filiavam-se aos clamores contestatórios do período é o que se tentou perscrutar nesta pesquisa.

  • ANA LÚCIA ASSUNÇÃO DA SILVA
  • Processos participativos na produção audiovisual: o caso do vídeo Mulheres Mangabeiras, de Sergipe
  • Orientador : SONIA AGUIAR LOPES
  • Data: 21/02/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa tem como objeto a investigação do processo produção do vídeo "Mulheres Mangabeiras", visando verificar se e como houve emprego de métodos participativos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de natureza descritiva, tendo como procedimentos metodolà ³gicos a revisão bibliográfica e a pesquisa de campo através de entrevistas abertas. A análise dos dados, realizada a partir de indicadores nas falas, buscou verificar o tipo de participação dessas extrativistas na produção, bem como suas percepções acerca da visibilidade pública e das ações de empoderamento proporcionadas pelo do vídeo. Os resultados demonstram que as mangabeiras foram protagonistas de um tipo de comunicação participativa, apontandopara aspotencialidades dos processos participativosna produção audiovisual enquanto ferramenta de reafirmação de identidades individuais e coletivas, reflexão crítica, promoção de diálogo e administração de conflitos.

  • JOSÉ CRISTIAN GOÉS
  • Jornalismo e sensacionalismo: enquadramento, criminalização da pobreza e implicações éticas no jornal Cinform
  • Orientador : CARLOS EDUARDO FRANCISCATO
  • Data: 20/01/2014
  • Dissertação
  • Mostrar Resumo
  • Rotular que este ou aquele meio é sensacionalista apenas porque se dedica à exploração da violência, com generosa medida de crimes, sexo e miséria humana e afirmar que essa prática atrai amplas audiências nas camadas populares impõe certa obviedade e uma constatação que se encerra em si mesma. Este trabalho é fruto dessa inquietação. Buscase aqui ir além de observações reducionistas sobre o sensacionalismo, a partir de três movimentos intersecionados: a inserção desse formato na teoria do jornalismo, a partir dos estudos sobre enquadramento; a relação desse frame com as representações sociais sobre pobreza e violência; e a avaliação desse quadro sensacionalista à luz da ética jornalística. Há um esforço em discutir jornalismo, acontecimento e cotidiano e de fazer uma revisão sobre o processo histórico do sensacionalismo na imprensa. Como objeto foi escolhido o Jornal Cinform, periódico semanal que circula em Aracaju/SE. Foi investigada a manchete principal desse jornal identificada como sensacionalista e a reportagem dela decorrente entre os anos de 2008 a 2012. Utilizando-se da análise de conteúdo e das entrevistas com repórteres e com o diretor de jornalismo do jornal, chegamos à conclusão de que o sensacionalismo pode se constitui um enquadramento, articulado entre repórteres e empresa e que é aplicado em determinados acontecimentos com carga dramática latente de violência, transformando-os em relatos de barbárie. Esse modo interpretativo e saliente da realidade, através da prática sensacionalista, acaba reafirmando representações sociais que criminalizam a pobreza. Nessas condições, sob a luz da ética jornalística, esse enquadramento se torna um flagrante desvio de conduta profissional, mas que diante da naturalização do quadro, alguns pressupostos éticos ficaram relativizados. Ao enfrentar a análise do sensacionalismo a partir de três claros movimentos: enquadramento, representa ção social e ética apresentamos contribuições de que o enquadramento sensacionalista é resultado de um processo articulados de categorias que se entrecruzam com as representações sociais. Além dessas constatações, salientamos que esse processo não é neutro e isento e à luz da ética jornalística impõe uma conduta ética reprovável. Ao final, esperamos ter sinalizado outras questões que ajudam a melhor compreender o cotidiano no jornalismo

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - dragao2.dragao2 v3.5.16 -r17718-4d8e4e57be