UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 11 de Maio de 2021


PROPADM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Integração com a Graduação

O PROPADM/UFS desde a sua implantação, em 2011, tem uma forte vinculação com o bacharelado em Administração, pois, em essência, originou-se a partir do quadro de professores do Departamento de Administração (DAD/UFS). Portanto, tem desenvolvido suas atividades com estreita cooperação com a graduação, contribuindo para a manutenção da qualidade dos cursos nos diferentes níveis, tendo em vista a integração entre o conhecimento produzido no Programa de Pós-Graduação e a disseminação na graduação.

 

Além de docentes provenientes do DAD/UFS, um fator interessante a se considerar é que o corpo docente do PROPADM/UFS é composto também por professores vinculados a outros departamentos da universidade, como o Departamento de Secretariado Executivo (DSE/UFS), Engenharia de Produção (DEPRO/UFS) e Psicologia (DPS/UFS), contribuindo também com essa interlocução de saberes entre as áreas.

 

Diante disso, nessa seção são apresentadas algumas iniciativas e ações que reforçam o caráter colaborarivo da produção do conhecimento e formação profissional em níveis de graduação e pós-graduação.

 

Todos os docentes do PROPADM/UFS, permanentes e colaboradores, lecionam disciplinas na graduação e/ou na pós-graduação, bem como desenvolvem outras atividades como orientações de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC’s), Estágios de Docência e monitorias, desenvolvimento de pesquisas de iniciação científica e projetos de extensão, entre outras atividades; articulando ambos os níveis de formação de nível superior.

 

Uma prática expressiva que contribui para a integração com a graduação, culminando no desenvolvimento do interesse pela pós-graduação, é o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), tendo o aporte financeiro de instituições como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgãos locais como a Fundação de Apoio à Pesquisa e a Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (FAPITEC) e a própria UFS por meio da Coordenação de Pesquisa (COPES); o que compõe um mecanismo que estimula o envolvimento de docentes e discentes. O resultado dessa ação concretiza-se, por exemplo, na procura de alunos da graduação interessados nas pesquisas de iniciação científica intencionando a futura pós-graduação.

 

Alguns exemplos são ilustrados na aba “Projetos de Pesquisa” e demonstram o compromisso dos docentes com o desenvolvimento e a disseminação de conhecimentos científicos, associando graduação, pós-graduação e outros espaços locais e nacionais de fomento. Essas pesquisas são discutidas no âmbito dos respectivos grupos de pesquisa do PROPADM/UFS, quais sejam: Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas Sergipanas (EGPES) e Observatório de Tecnologia, Inovação e Organizações (OTIO).

 

Salienta-se que muitos desses projetos de pesquisa e outros de extensão, além de contribuir para a integração com a graduação, desempenham um significativo papel no desenvolvimento socioeconômico local, como aqueles apresentados na aba “Outras Opções” -> “Inserção Social e Parcerias Institucionais”.

 

De modo a reforçar ainda mais essa articulação entre a graduação e a pós-graduação, atuais mestrandos e egressos do PROPADM/UFS desenvolvem ou já desenvolveram atividades como professores voluntários em cursos de graduação da UFS, conforme a Resolução nº 23/2016/CONEPE que regulamenta o Programa de Professor Voluntário (PPVOL) no âmbito dessa universidade.

 

Uma outra ação importante a ser destacada, refere-se à atuação de professores do PROPADM/UFS na orientação e supervisão de projetos de consultoria e serviços, conforme sua especialidade, desenvolvidos pela Empresa Júnior de Administração da UFS (EJAUFS Consultoria), formada genuinamente por alunos de graduação. A instrução dos docentes tem sido essencial para o alcance dos objetivos relacionados.

 

No PROPADM/UFS, o Estágio de Docência (ED), regulamentado pela Instrução Normativa (IN) n.º 07/2018/PROPADM-UFS, também tem se demonstrado uma iniciativa de singular contribuição para a preparação, qualificação e formação didático-pedagógica dos alunos para a atuação na docência do ensino superior. De modo concernente, o ED também colabora com o indicador de integração com a graduação, tendo em vista que os mestrandos desenvolvem os seus estágios nos cursos de graduação, preferencialmente, em Administração da UFS sob a orientação, supervisão e avaliação dos docentes responsáveis pelas disciplinas, auxiliando na preparação deles para a prática docente.

 

Por fim, registra-se que grande parte dos docentes permanentes do PROPADM/UFS participam efetivamente das reuniões colegiadas do DAD/UFS e, portanto, das decisões estratégicas que culminam no desenvolvimento do curso de graduação. Um fator importante a ser constatado é que, como resultado da edição de 2018 do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE/2018), o bacharelado em Administração da UFS saiu do conceito 3 (nota mínima suficiente para o funcionamento) para o conceito 5, passando a ser considerado um curso de “excelência” e o único curso de graduação em Administração do estado de Sergipe a obter nota máxima no ENADE. Isso demonstra os esforços quanto ao comprometimento dos docentes do DAD/UFS e PROPADM/UFS no desenvolvimento e manutenção dos níveis de qualidade de ensino, pesquisa e extensão, além do efetivo envolvimento institucional e dos alunos.

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r14897-f22248cd05